Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Guerra Ucrânia e Rússia ao vivo: o que se sabe até agora, 06/04

Veja as principais notícias de hoje sobre o conflito iniciado com a invasão russa autorizada pelo presidente Vladimir Putin a Kiev e ao leste ucraniano

O Liberal

A guerra entre Ucrânia e Rússia tem assustado o mundo desde a madrugada da quinta-feira (24/02), quando o presidente russo, Vladimir Putin, autorizou e já iniciou o ataque a bombas ao território ucraniano. O bombardeio começou na capital Kiev e em outras cidades do leste da Ucrânia. A ação resultou em dezenas de mortos e feridos. Veja abaixo as principais notícias sobre a guerra:

O ataque da Rússia à Ucrânia

23/02 • O presidente da Rússia, Vladimir Putin, fez um pronunciamento aos cidadãos russos, na noite desta quarta-feira (23), em tom de ameaça aos demais países. “Quem tentar interferir, ou ainda mais, criar ameaças para o nosso país e nosso povo, deve saber que a resposta da Rússia será imediata e levará a consequências como nunca antes experimentado na história”, declarou, ao anunciar o início da operação militar no leste da Ucrânia.

Rússia X Ucrânia: 'Quem interferir levará a consequências nunca antes experimentadas', diz Putin
O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zenlensky, adotou a Lei Marcial (quando regras militares substituem as leis civis comuns de um país) e pediu calma aos cidadãos

Tropas russas avançam sobre Kiev e migração se intensifica na região de fronteira
Enquanto as tropas de Valdimin Putin seguem mostrando força, mais de 120 mil ucranianos, segundo a ONU, começam a se deslocar em direção de países como Polônia, Eslováquia, Romênia e Hungria

24/02 • A Rússia iniciou ataque a bombas em uma operação militar contra a Ucrânia, no início da madrugada desta quinta-feira (24). O ataque foi autorizado pelo presidente russo, Vladimir Putin. De acordo com as agências de informação da Rússia - RIA e Interfax - e sites brasileiros, as explosões aconteceram no leste da Ucrânia, principalmente na capital, Kiev.

Guerra na Ucrânia: Putin autoriza e Rússia inicia ataque a bombas durante a madrugada; vídeo
Explosões aconteceram no leste da Ucrânia, especialmente em Kiev, segundo informações das agências russas de informação RIA e Interfax

24/02 • As tropas russas conseguiram tomar o controle da antiga usina nuclear de Chernobyl, após uma batalha militar contra os ucranianos, que tentavam a todo custo defender a área da usina, que estava sendo invadida. A notícia foi dada pelo assessor do ministro do Interior da Ucrânia, na tarde desta quinta-feira (24).

Usina de Chernobyl é invadida por tropas russas, confirma autoridade ucraniana
Os militares russos conseguiram invadir a antiga usina nuclear de Chernobyl, na tarde desta quinta-feira (24). A atitude é vista por autoridades como declaração de “guerra contra a Europa"

02/03 • Um míssil explodiu um prédio em Kharkiv, na Ucrânia, enquanto um voluntário gravava vídeo para comentar sobre as doações destinadas às vítimas do conflito com a Rússia. Nas imagens, é possível ouvir o barulho do artefato se aproximando em alta velocidade, até o momento em que ele atinge o prédio. A cena aconteceu em fração de segundos, sem haver chance do voluntário deixar o local antes da colisão. O impacto fez com que o homem fosse arremessado no chão. Apesar da queda, a câmera seguiu ligada e registrando o ocorrido.

02/03 • O major-general Andrei Sukhovetsky, general que comandou a 7ª Divisão Aerotransportada russa e atualmente era tornou-se vice-comandante do 41º Exército de Armas Combinadas, foi morto em combate na Ucrânia, na quarta-feira (2). Ele é o oficial russo de mais alto escalão morto até o momento na invasão.

02/03 • 

Segundo levantamento feito pela agência de refugiados da ONU (ACNUR), mais de 1 milhão de pessoas já saíram da Ucrânia desde o início da guerra contra a Rússia. A contagem equivale a mais de 2% da população da Ucrânia em movimento em menos de uma semana. O Banco Mundial contabilizou a população em 44 milhões no final de 2020.

ONU diz que mais de um milhão de pessoas já deixaram a Ucrânia
O número se torna surpreendente pela velocidade, uma vez que aconteceu no intervalo de uma semana

Míssil atinge prédio enquanto voluntário gravava vídeo
O impacto fez com que o homem fosse arremessado no chão

04/03 • Maior avião do mundo, o cargueiro Antonov An-225 ficou totalmente destruído após bombardeio no aeroporto de Gostomel, a cerca de 20 minutos de Kiev, no último domingo (27). Imagens da aeronave foram exibidas por uma TV estatal russa.

Rússia x Ucrânia: veja como ficou o maior avião do mundo após bombardeios
Aeronave foi destruída no último domingo

04/03 • O incêndio na maior usina nuclear da Europa (a Zaporizhzhia) causado por um bombardeio russo nesta quinta-feira, 3, foi extinto, segundo confirmou serviço de emergência estatal da Ucrânia, nesta sexta-feira, 4. O fogo foi controlado pelos bombeiros às 6h20 (horário local).

Incêndio em usina nuclear de Zaporizhzhia, na Ucrânia, foi extinto
Estrutura essencial do complexo não foi atingida

04/03 • O presidente da Rússia, Vladimir Putin, afirmou nesta quinta-feira (3) que “todos os alvos que estabelecemos [na Ucrânia] estão sendo atingidos”. De acordo com ele, a “operação militar especial” segue conforme o esperado e irá acabar “com essa anti-Rússia criada pelo Ocidente”.

Putin diz que alvos estabelecidos na Ucrânia estão sendo atingidos
Em seu pronunciamento televisionado, o líder russo fez uma série de alegações sem provas contra as forças ucranianas

04/03 • A Marinha ucraniana afundou seu maior navio de guerra, a fragata Hetman Sahaidachny, que estava parcialmente desmontado, passando por reparos, na cidade de Mykolaiv, perto do litoral do Mar Negro. Era impossível montá-la e restaurar sua capacidade de combate a tempo de enfrentar os russos. A inteligência ucraniana obteve a informação de que uma operação especial das forças especiais navais de Moscou havia sido planejada para apreender o Hetman Sahaidachny.

Ucrânia afunda seu maior navio de guerra para evitar que seja tomado pelos russos
A inteligência ucraniana obteve a informação de que uma operação especial das forças especiais navais de Moscou havia sido planejada para apreender o navio

04/03 • As ações dos ucranianos “pararam” o grande comboio militar russo em direção à Kiev, disse o porta-voz do Pentágono John Kirby durante um briefing nesta sexta-feira (4) no Pentágono.

Ucranianos 'pararam' grande comboio que seguia à Kiev, diz Pentágono
Há relatos de que uma ponte que levava à capital ucraniana foi explodida

04/03 • O presidente russo Vladimir Putin negou nesta sexta-feira (4) que as tropas russas tenham bombardeado Kiev e outras cidades da Ucrânia. Segundo afirmou o líder do governo da Rússia, essas acusações seriam "falsidades grosseiras". "Informações sobre o suposto bombardeio de Kiev e de outras grandes cidades são falsidades grosseiras e propagandísticas", disse Putin durante uma conversa telefônica com o chefe do governo alemão, Olaf Scholz, disse o Kremlin em um comunicado oficial.

Rússia x Ucrânia: bombardeios russos deixam 47 mortos em Chernihiv; Putin nega ataques
Presidente da Rússia diz que tropas não bombardearam Kiev ou outras cidades da Ucrânia: para ele, acusações são "falsidades grosseiras"

04/03 • Sete pessoas morreram durante um ataque aéreo russo em uma área residencial rural na região de Kiev, nesta sexta-feira (4). Por meio de um comunicado, a polícia ucraniana confirmou que entre as vítimas estão duas crianças. A polícia disse que o ataque atingiu a vila de Markhalivka, a cerca de 10 km da periferia sudoeste da capital.

Guerra na Ucrânia: duas crianças e cinco adultos morrem durante ataque aéreo, em Kiev
Informação foi confirmada pela polícia ucraniana

04/03 • O presidente da Rússia, Vladimir Putin, pediu que o Ministério da Indústria e Comércio da Rússia solicitasse aos fabricantes russos de fertilizantes que suspendessem a exportação do produto. O governo e o agronegócio do Brasil acompanham com preocupação o desdobramento da guerra entre Rússia e Ucrânia, porque cerca de 60% de tudo o que o País importou da Rússia no ano passado foram desses insumos.

Presidente da Rússia pede que fabricantes suspendam exportação de fertilizante, o que afeta o Brasil
Agronegócio brasileiro importa em maior número da Rússia e da Belarus

04/03 • A Rússia está tornando mais dura a pena para quem espalhar informações falsas sobre as forças armadas do país. Conforme Lei aprovada pelo parlamento russo nesta sexta-feira (4), a pena nesses casos pode chegar a 15 anos de prisão. O argumento é de que o país sofre o que eles chamam de ‘guerra de informação’ sobre o conflito na Ucrânia, com a disseminação de fake news pelos inimigos, como os Estados Unidos e seus aliados, numa tentativa de semear a discórdia e dividir seu povo.

Rússia aprova Lei que prevê até 15 anos de prisão por espalhar informações falsas sobre a guerra
A agência de comunicação da Rússia também restringiu o acesso a sites de várias organizações de notícias estrangeiras

04/03 • A abertura dos Jogos Paralímpicos de Inverno de Pequim foi realizada durante a manhã desta sexta-feira (horário de Brasília). Pontualmente às 9h no Brasil, pode-se se ver uma cerimônia marcada pelo discurso antiguerra em meio à invasão de Rússia e Belarus à Ucrânia. Atletas dos dois países invasores foram excluídos dos Jogos em decisão anunciada nesta quinta-feira (3).

Cerimônia de abertura dos Jogos Paralímpicos de Pequim tem protestos contra guerra na Ucrânia
Brasileiro presidente do Comitê Paralímpico Internacional faz discurso incisivo antiguerra da Rússia na Ucrânia

04/03 • Alto Comissariado das Nações Unidas para refugiados afirma que Mais de 1,2 milhão de pessoas já mfugiram da Ucrânia desde o início da ofensiva russa. Mais da metade dos refugiados foi acolhido na Polônia, um total de 649.903 pessoas. A maior parte é de mulheres e crianças que chegam de toda a Ucrânia. A Hungria, que  possui cinco postos fronteiriços com a Ucrânia e várias cidades limítrofes, acolheu 144.738 refugiados. A Moldávia é o terceiro destino dos refugiados com 103.254 pessoas. A lista segue em ordem com Romênia, Eslováquia e Rússia.

Cidade portuária ucraniana de Mariupol foi bloqueada pelas forças russas, diz prefeito
Se for capturada, cidade com 450 mil habitantes representará mais uma vitória para Moscou na invasão da Ucrânia


05/03 • A cidade portuária de Mariupol, no leste da Ucrânia,foi atacada e bloqueada pelas forças russas, conforme declarou o prefeito Vadim Boitchenko. Ele pediu que fosse formado um corredor humanitário para levar mantimentos essenciais à cidade. Se for capturada, a cidade de Mariupol, com 450 mil habitantes, localizada à beira do Mar de Azov, representará mais uma vitória para Moscou na invasão da Ucrânia, pois conectaria as forças russas na península ocupada da Crimeia com as tropas separatistas pró-russas no leste ucraniano.

Cidade portuária ucraniana de Mariupol foi bloqueada pelas forças russas, diz prefeito

05/03 • A Rússia anunciou um cessar-fogo parcial, por cerca de cinco horas, para viabilizar a evacuação de civis por meio de “corredores humanitários” nas cidades de Mariupol e Volnovakha, na Ucrânia.

Guerra: Rússia anuncia um cessar-fogo parcial de cinco horas
Medida será para facilitar a evacuação de civis

06/03 • O gabinete do presidente ucraniano Volodymyr Zelensky disse que as evacuações de civis foram interrompidas em Mariupol, onde autoridades de defesa russas haviam anunciado um cessar-fogo mais cedo. Kyrylo Tymoshenko, vice-chefe do gabinete de Zelensky, afirmou que o esforço para a evacuação foi interrompido porque a cidade de Mariupol permaneceu sob ataque.

Ucrânia diz que Rússia não cumpriu cessar-fogo para evacuações em Mariupol e Volnovakha
Autoridades afirmam que os bombardeios continuaram nas cidades

06/03 • O presidente russo Vladimir Putin disse que os países que tentarem impor zona de exclusão aérea na Ucrânia assumirão uma postura declarada de guerra contra a Rússia. "Qualquer movimento nesta direção será considerado por nós como uma participação no conflito armado por aquele país", pontuou.

Putin diz que país que impuser zona de exclusão aérea na Ucrânia será parte do conflito
"Qualquer movimento nesta direção será considerado por nós como uma participação no conflito armado por aquele país", pontuou o presidente russo

06/03 • O escritório de Direitos Humanos das Nações Unidas atualizou o número de vítimas confirmadas na Ucrânia desde o início da invasão russa, em 24 de fevereiro. Segundo a ONU, pelo menos 364 civis foram mortos na Ucrânia. Desse total, 25 são crianças. Há também outros 759 feridos. A ONU acrescenta que os verdadeiros números são provavelmente “consideravelmente maiores”.

Mais de 360 civis já morreram na Ucrânia; 25 são crianças, segundo a ONU
A maioria das mortes de civis registradas foi causada por armas explosivas com uma área de impacto ampla, incluindo bombas de artilharia pesada e sistemas de lançamentos múltiplos de foguetes, e de ataques aéreos ou de mísseis

06/03 • O presidente da Ucrânia, Volodimir Zelensky, afirmou que haverá, nesta segunda-feira, 7, um "assassinato deliberado" contra o seu país, em razão dos bombardeios russos.

07/03 • A Rússia anunciou um cessar-fogo para às 10h (horário local) desta terça-feira, 8, em várias cidades ucranianas para a evacuação de civis, por meio de corredores humanitários. A Ucrânia ainda não concordou formalmente com a proposta de cessar-fogo temporário, pois metade dos corredores, porém, segue em direção à Rússia e Belarus, e o governo ucraniano rejeitou a proposta. "Não é uma opção aceitável", disse a vice-primeira-ministra ucraniana, Iryna Vereschuk.

Rússia anuncia cessar-fogo temporário para esta terça-feira (8); Ucrânia ainda não aceitou
Tréguas locais anunciadas nesta segunda-feira (7) servirão para retirar civis de várias cidades por meio de corredores humanitários

07/03 • O Ministério da Defesa da Ucrânia disse que o general russo Vitaly Gerasimov foi morto durante combate na cidade de Kharkiv. Ele ocupava o cargo de major-general e, segundo as informações ucranianas, era chefe de gabinete e primeiro vice-comandante do 41º Exército do Distrito Militar Central da Rússia. 

Mais um general russo morre durante os conflitos na Ucrânia
Vitaly Gerasimov era chefe de gabinete e primeiro vice-comandante do 41º Exército do Distrito Militar Central da Rússia

07/03 • O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky usou as redes sociais, nesta segunda-feira (7), para provar, através de um vídeo, que está em Kiev. “Eu fico em Kiev. Na rua Bankova. Não estou a esconder-me. E eu não tenho medo de ninguém”, escreveu Zelensky, no Instagram.

'Não tenho medo de ninguém', diz Zelensky em vídeo para provar que está em Kiev
O presidente ucraniano foi acusado, na semana passada, de ter deixado o seu país

07/03 • Os Estados Unidos decidiram mandar mais 500 militares para a Europa para reforçar a segurança da Otan, anunciou nesta segunda-feira (7) o Pentágono, que estima que a Rússia já tenha enviado ao território ucraniano quase todas as tropas que estavam concentradas na fronteira.

EUA decidem enviar mais 500 militares à Europa por conflito na Ucrânia
Objetivo é reforçar as tropas que já estão no continente

07/03 • O ministro das Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, disse em suas redes sociais que o país tem boas perspectivas relacionadas a uma admissão no grupo dos países que fazem parte da União Europeia (UE). "A situação mudou. Não vou falar sobre quais países específicos estão céticos agora, mas alguns desses países que eram negativos agora realmente nos apoiam. Alguns ainda não. Mas espere. Esta semana serão notícias sérias relacionadas com a nossa adesão à União Europeia", disse Kuleba.

Ucrânia está cada vez mais perto de se tornar parte da União Europeia, acredita Kuleba
A agenda desta segunda-feira, 7, do ministro incluiu ligações para o chefe da diplomacia da UE, Josep Borrell, a secretária de Relações Exteriores do Reino Unido, Liz Truss, e para o secretário de Estado dos EUA, Anthony Blinken

08/03 • A Polônia anunciou, nesta terça-feira, 8, que está pronta para colocar todos os seus jatos MIG-29 para a Base Aérea de Ramstein, na Alemanha, e colocá-los à disposição dos Estados Unidos, e pediu aos outros membros da Otan que possuem aviões desse tipo que façam o mesmo.

Polônia põe todos os seus caças MIG-29 à disposição para guerra e pede que EUA façam o mesmo
A Polônia está apoiando Kiev com armas defensivas, mas disse que não enviaria jatos para a Ucrânia, pois não é parte direta do conflito entre a Ucrânia - que não é aliada da Otan - e a Rússia.

09/03 • A Rússia bombardeou um hospital pediátrico em Mariupol, um porto do sudeste da Ucrânia, nesta quarta-feira (9), anunciou um alto funcionário regional, Pavlo Kirilenko. Ao menos dezessete adultos ficaram feridos. 

Bombardeio a hospital pediátrico em Mariupol, na Ucrânia, deixa 17 feridos
Zelensky chama de ‘atrocidade’ o ataque; alto funcionário diz que piloto russo sabia onde cairia a bomba

09/03 • Mais de 35 mil pessoas foram resgatadas nesta quarta-feira, 9, de cidades ucranianas sitiadas por tropas russas, segundo informou o presidente da Ucrânia, Volodimir Zelensky. A retirada de civis deve ser retomada nesta quinta-feira (10), através de corredores que serão abertos nas cidades de Mariupol, há vários dias sob cerco russo; Volnovakha, no sudeste; e Izium, no leste do país.

Corredores humanitários: mais de 35 mil pessoas foram resgatadas nesta quarta-feira (9)
A retirada de civis deve ser retomada nesta quinta-feira (10), através de corredores que serão abertos nas cidades de Mariupol, há vários dias sob cerco russo; Volnovakha, no sudeste; e Izium, no leste do país.

10/03 • O bombardeio a um hospital pediátrico ucraniano localizado na cidade portuária de Mariupol (que está sitiada por tropas russas) causou indignação ao redor do mundo nesta quarta-feira, 9.

Autoridades repudiam bombardeio a hospital infantil na Ucrânia
O ataque deixou 17 pessoas feridas, entre elas funcionários da instituição de saúde. Nenhuma criança foi atingida, segundo informações preliminares.

10/03 • Chegou à Ucrânia o atirador canadense Wali, conhecido como o atirador "mais letal" de todos, sendo capaz de entregar "40 inimigos mortos por dia”. Os feitos do novo reforço na luta contra os russos estão sendo explorados pela propaganda ucraniana. Apesar da força militar razoável, o país governado por Volodymyr Zelenski tenta derrotar uma das maiores potências bélicas do mundo. 

Atirador 'mais mortal do mundo' se junta às forças da Ucrânia contra a Rússia: 'mata 40 por dia'
Estima-se que Wali, atirador canadense, seja capaz de matar até 40 inimigos por dia

11/03 • O Conselho de Segurança da ONU deve se reunir nesta sexta-feira (11), para discutir a denúncia feita pela Rússia de que os Estados Unidos estariam envolvidos no desenvolvimento de armas biológicas na Ucrânia. Os russos têm acusado a Ucrânia de ter ao menos 30 laboratórios para a produção de armas com doenças fatais como a peste bubônica, antraz e cólera.

Conselho de Segurança da ONU discute denúncia da Rússia sobre uso de armas biológicas na Ucrânia
Os russos têm acusado a Ucrânia de ter ao menos 30 laboratórios para a produção de armas com doenças fatais como a peste negra, antraz e cólera.

11/03 • A Ucrânia acusou, nesta sexta-feira (11), as forças russas de violar a lei internacional ao sequestrar o prefeito de Melitopol, uma cidade no sudeste da Ucrânia que está sob controle russo durante a invasão. 

Ucrânia acusa Rússia de sequestrar prefeito de Melitopol, no sul do país
Ivan Fedorov teria sido capturado após ser falsamente acusado de terrorismo

12/03 • Equipes de reportagens que estão na Ucrânia relataram ter ouvido fortes explosões nas proximidades de Kiev, capital ucraniana, nas primeiras horas da manhã de sábado, horário local). A cidade está sendo cercada há dias pelas tropas russas.

Novas explosões são ouvidas em Kiev, na Ucrânia
Jornalistas de guerra também relatam ter ouvido sons de sirenes no local

13/03 • Duas detenções “inusitadas” foram registradas na Praça Manezhnaya, no centro de Moscou. Nas imagens feitas por uma organização ativista russa, no último domingo, cinegrafistas perguntam às pessoas que passam no local a opinião sobre uma "operação militar especial" na Ucrânia.

Manifestantes pró e anti-Putin são presas em frente ao Kremlin
Elas foram levadas no momento em que se posicionavam sobre 'operação militar especial' na Ucrânia

14/03 • Um jornalista americano foi morto e outro ferido a tiros neste domingo (13) em Irpin, no extremo noroeste de Kiev. Nessa área estão se desenrolando intensas batalhas pelo domínio da região. Forças ucranianas tentam defender a cidade invadida pela Rússia.

Jornalista americano é morto a tiros enquanto dirigia com civil a noroeste de Kiev
Outro jornalista foi ferido em zona de guerra que tenta resistir à ocupação russa

14/03 • O bombardeio lançado pela Rússia a uma base militar no oeste da Ucrânia, perto da fronteira polonesa, neste domingo (13), matou 35 pessoas. A investida sangrenta faz parte do cerco das forças russas para tomar a capital Kiev. 

Bombardeio da Rússia mata 35 em base militar no oeste da Ucrânia, perto da Polônia
Instalações estavam sendo usadas para treinamento de militares por forças estrangeiras

14/03 • O papa Francisco se somou às vozes que pedem pelo fim da guerra na Ucrânia e se dirigiu, neste domingo (13), aos fiéis reunidos na Praça São Pedro no Vaticano para a oração do Angelus. 

Durante a oração do Angelus, Papa Francisco pede pelo fim da guerra na Ucrânia
Pontífice criticou hoje a "inaceitável agressão armada" na Ucrânia, embora sem mencionar a palavra Rússia

14/03 • Mais de 5.550 pessoas foram retiradas das cidades na linha de frente do enfrentamento entre russos e ucranianos. Eles puderam escapar por nove corredores humanitários. Pelo menos 3.950 foram retirados de vilas e cidades da região de Kiev.

Guerra na Ucrânia: Mais de 5 mil civis foram retirados neste domingo
Eles puderam escapar por nove corredores humanitários

Alemanha e Itália protestam, neste domingo, contra a guerra na Ucrânia
Milhares de pessoas aderiram às manifestações a favor do fim dos conflitos

;

14/03 • A Rússia e Ucrânia afirmaram, neste domingo (13), que a próxima rodada de negociações sobre a guerra entre os dois países, a quarta até então, vai acontecer nesta segunda-feira (14). 

Rússia e Ucrânia realizam, virtualmente, quarta rodada de negociações nesta segunda (14)
A informação foi confirmada, neste domingo (13), por representantes dos países que estão em conflito desde 24 de fevereiro

15/03 • Uma mulher grávida que havia sido ferida na maternidade de Mariupol, na Ucrânia, na semana passada, não sobreviveu aos ferimentos, de acordo com o Ministério de Relações Exteriores da Ucrânia. O bebê que ela esperava também morreu. 

Morre grávida resgatada após ataque a maternidade de Mariupol, na Ucrânia
O bebê que ela esperava também não sobreviveu aos ferimentos

15/03 • Enquanto muitos repórteres brasileiros dos principais veículos de comunicação do país estão deixando a capital ucraniana por causa das crescentes tensões entre Ucrânia x Rússia, o fotógrafo paraense Gabriel Chaim é o único que segue por conta própria cobrindo a guerra internacional há mais de duas semanas.

Gabriel Chaim: conheça o fotográfo paraense que está registrando a angústia dos ucranianos
Gabriel Chaim está em Kiev fotogrando destruição deixada por russos em guerra Ucrânia x Rússia

15/03 • Novas imagens de satélite divulgadas nesta segunda-feira (14) mostram a destruição em Mariupol, cidade portuária do Mar Negro, ao sul da Ucrânia, em meio à guerra da Rússia com o país governado por Volodymyr Zelensky. 

Novas imagens de satélite mostram destruição em Mariupol
A cidade está totalmente cercada por soldados russos desde a primeira semana da invasão ao país governado por Volodymyr Zelensky

15/03 • O assessor da presidência ucraniana, Kyrylo Tymoshenko, disse que nesta terça-feira (15) cerca de 29 mil pessoas foram retiradas de áreas de conflito por meio de corredores humanitários.

Ucrânia x Rússia: 29 mil civis deixaram as áreas de conflito nesta terça, 15
A maior parte dos civis deixou a cidade de Mariupol

15/03 • O cinegrafista da Fox News, Pierre Zakrzewski, que cobria o conflito provocado pela a invasão russa à Ucrânia, foi morto na segunda-feira (14), enquanto cobria ataques nos arredores de Kiev. A notícia foi confirmada esta terça (15), pela CEO do canal jornalístico, Suzanne Scott.

Cinegrafista do canal norte-americano Fox News é morto na Ucrânia
Pierre Zakrzewski acompanhava o jornalista Benjamin Hall quando o carro onde os dois estavam foi atacado, nas proximidades de Kiev

15/03 • A jornalista ucraniana Oleksandra "Sasha" Kuvshinova, de 24 anos, que atuava como consultora da Fox News no terreno durante a invasão russa, foi morta na segunda-feira ao lado do cinegrafista da Fox News Pierre Zakrzewski quando seu veículo foi atingido por um tiroteio, segundo o site oficial da Fox News.

Ataque que matou cinegrafista da Fox News também vitimou jornalista
Oleksandra "Sasha" Kuvshinova, de 24 anos, estava atuando como consultora do canal na Ucrânia

15/03 • O presidente da Ucrânia, Volodmir Zelensky, disse nesta terça-feira, 15, que pode buscar outras formas de garantias de segurança que não sejam por meio da adesão à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). A fala ocorre em meio a mais uma rodada de negociações entre Rússia e Ucrânia sobre um possível cessar-fogo. 

Zelensky pode ceder e desistir de entrar na Otan para pôr fim à guerra Ucrânia x Rússia
Presidente ucraniano mostra desapontamento com europeus e entende que as ‘portas não estão abertas’

15/03 • Equipes jornalísticas que estão trabalhando na cobertura da guerra da Ucrânia ouviram novas explosões próximo de Kiev, nesta terça-feira (15), e sirenes de ataque aéreo soaram novamente na capital ucraniana. As explosões começaram após o anoitecer, logo depois da imposição de um toque de recolher prolongado pelo prefeito Vitali Klitschko.

Sirenes soam e anunciam novos ataques a Kiev
As explosões começaram após o anoitecer

15/03 • Rússia e Ucrânia devem retomar nesta quarta-feira (16) as negociações que têm como objetivo acabar com a guerra, iniciada em 24 de fevereiro, segundo o negociador ucraniano, Mykhailo Podoliak.

Rússia e Ucrânia farão nova rodada de negociações nesta quarta, 16
O diálogo tem como objetivo acabar com a guerra, iniciada em 24 de fevereiro

15/03 • Um tribunal de Moscou multou em cerca de R$ 1,5 mil e libertou a jornalista russa Marina Ovsyannikova nesta terça-feira (15), informou a própria instituição. A editora de notícias do canal estatal russo Channel One foi presa depois de protestar ao vivo contra a guerra na Ucrânia.

Jornalista que protestou ao vivo em telejornal russo paga multa e é liberada
Marina Ovsyannikova recebeu apoio dos presidentes ucraniano e francês

15/03 • Os moradores de Kiev, capital da Ucrânia, estão proibidos de deixar suas casas sem permissão especial até às 7h (horário local) desta quinta-feira, 17, segundo anunciou o prefeito da cidade, Vitali Klitschko, por meio do Telegram.

Kiev, capital da Ucrânia, terá toque de recolher durante 35 horas
A população poderá sair de casa apenas para entrar em abrigos antiaéreos, caso seja necessário

16/03 • Um prédio residencial de 12 andares foi atingido na manhã desta quarta-feira, 16, no distrito de Shevchenkivsky, em Kiev, na Ucrânia. No bombardeio, duas pessoas teriam ficado feridas e 37 foram evacuadas do local.

Bombardeio a prédio residencial em Kiev deixa dois feridos, diz serviço de emergência
Segundo jornal ucraniano, moradores de várias cidades da Ucrânia acordaram nesta quarta-feira, 16, sob sons de alarmes de emergência, advertindo a população para que buscasse abrigos seguros

16/03 • O chefe de Gabinete da Presidência da Ucrânia, Kirilo Tymoshenko, informou que o prefeito de Melitopol, Ivan Fedorov, foi resgatado pelas forças ucranianas de um cativeiro em Luhansk, República separatista ao norte ucraniano, nesta quarta-feira (16), e “já está seguro”. 

Prefeito de Melitopol que foi sequestrado é resgatado de cativeiro, diz governo da Ucrânia
O Ministério da Defesa ucraniano divulgou um vídeo mostrando o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, conversando com Fedorov ao telefone

16/03 • O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, chamou o presidente da Rússia, Vladimir Putin, de “criminoso de guerra” nesta quarta-feira (16).

Biden chama Putin de 'criminoso de guerra'; Rússia responde: 'inaceitável'
Classificação foi dada pelo presidente norte-americano enquanto o ataque à Ucrânia se intensifica

16/03 • O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, disse em vídeo publicado nas redes sociais que suas prioridades nas negociações com a Rússia, para um possível cessar-fogo, "são absolutamente claras": fim da guerra, garantias de segurança, soberania, restauração da integridade territorial, "garantias reais" e "proteção real" para o país.

Zelensky: Integridade territorial e proteção são as prioridades nas negociações com a Rússia
Presidente ucraniano usou as redes sociais para se manifestar, como vem fazendo diariamente

16/03 • O governador regional de Donetsk, Pavlo Kyrylenko, disse que os russos atacaram intencionalmente civis em um ataque aéreo que atingiu um teatro e uma piscina em Mariupol, nesta quarta-feira (16).

Governador acusa Rússia de atacar propositalmente região com civis em Mariupol
Pavlo Kyrylenko classifica os ataques como 'terrorismo puro'

16/03 • Pelo menos três navios de bandeira panamenha foram atingidos por mísseis russos no Mar Negro desde a invasão da Ucrânia pela Rússia no mês passado, informou a Autoridade Marítima do Panamá nesta quarta-feira (16). Um navio afundou, disse a autoridade em comunicado. 

Panamá diz que três navios foram atingidos por mísseis russos no Mar Negro
Não há relatos de vítimas

16/03 • Reino Unido, Estados Unidos, Albânia, França, Noruega e Irlanda pediram a realização na tarde de quinta-feira (17) de uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU sobre a deterioração da situação humanitária na Ucrânia, informaram nesta quarta (16) fontes diplomáticas. 

Membros do Conselho de Segurança da ONU pedem reunião de emergência para discutir crise humanitária na Ucrânia
Seis países solicitaram o encontro para esta quinta-feira, 17

16/03 • A Corte Internacional de Justiça (CIJ), com sede em Haia, ordenou nesta quarta-feira (16) que a Rússia interrompa imediatamente as operações militares na Ucrânia. O principal tribunal das Nações Unidas (ONU) também ordenou que Rússia e Ucrânia evitem quaisquer ações que possam agravar ou estender o conflito. 

Corte de Justiça da ONU determina que Rússia suspenda operação na Ucrânia
Embora a medida seja de cumprimento obrigatório sob o direito internacional, a corte não possui os meios necessários para fazer com que a Rússia respeite a determinação

16/03 • Rússia e Ucrânia deram sinais de avanço nas negociações nesta quarta-feira (16), após quase três semanas de guerra. Entretanto, os países reconheceram que ainda estão longe de chegar a um ponto em comum.

Rússia e Ucrânia avançam em negociações para pôr fim à guerra
Os países reconheceram, porém, que ainda estão longe de chegar a um ponto em comum

16/03 • Até o momento, a guerra na Ucrânia já deixou cerca de 3,1 milhões de refugiados, sendo que 1,9 milhão fugiu pela fronteira com a Polônia, o principal país de destino dos deslocados.

Mais de 3 milhões de refugiados já deixaram a Ucrânia; 103 crianças morreram
A procuradora-geral ucraniana afirmou que os russos matam, pelo menos, cinco crianças a cada dia

16/03 •Os Estados Unidos anunciaram nesta quarta-feira, 16, que vão enviar novas armas e equipamentos para a Ucrânia, permitindo que as forças de Kiev se defendam melhor contra aeronaves e blindados russos à distância. Serão enviados mísseis de defesa de longo alcance e drones.

EUA vão enviar novas armas e equipamentos para a Ucrânia
Serão enviados mísseis de defesa de longo alcance e drones

17/03 •  O Ministério da Defesa do Reino Unido disse, através do Twitter, que a Rússia gastou mais mísseis do que havia previsto no conflito contra a Ucrânia e agora recorre a armas mais antigas e menos precisas. Segundo o Ministério da Defesa britânico, esses armamentos são menos eficazes e têm maior probabilidade de resultar em mortes de civis.

Rússia gastou mais mísseis do que havia previsto no conflito contra a Ucrânia, diz Reino Unido
Segundo o Ministério da Defesa britânica, a Rússia agora recorre a armas mais antigas e menos precisas

17/03 • Pelo menos 21 pessoas morreram e 25 ficaram feridas em um bombardeio na cidade de Merefa, na região leste da Ucrânia, nesta quinta-feira, 17.  As informações são do Ministério Público regional. 

Ataque russo deixa ao menos 21 mortos no leste da Ucrânia
Autorides locais dizem que uma escola e um centro cultural foram atingidos

18/03 • A cidade de Lviv, no oeste da Ucrânia, amanheceu sob sons de sirenes e explosões em pelo menos três pontos da localidade nesta sexta-feira, 18. Os estrondos típicos da guerra foram ouvidos por volta de 6h (horário local).

Cidade de Lviv, na Ucrânia, acorda com pelo menos três explosões no 23º dia de guerra
As autoridades da cidade garantiram que as explosões afetaram um edifício situado nas proximidades do aeroporto internacional de Lviv, mas que o terminal não foi atingido.

18/03 • O Papa Francisco pediu aos bispos e sacerdotes de todas as partes do mundo para se juntarem a ele em oração pelo fim da guerra entre Rússia e Ucrânia, que neste sábado completa 24 dias. A cerimônia de entrega da Rússia e Ucrânia à Nossa Senhora está marcada para a próxima sexta-feira, 25, na Basília de São Pedro, no Vaticano. 

 

Pelo fim da guerra: Papa Francisco convida bispos do mundo inteiro para consagrar Rússia e Ucrânia
O Pontífice pediu novamente o fim da guerra entre Rússia e Ucrânia

18/03 • Os ex-presidentes dos Estados Unidos, Bill Clinton e George W. Bush, demonstraram solidariedade à Ucrânia, que está em guerra contra a Rússia há quatro semanas. Os dois visitaram uma igreja ucraniana em Chicago, nesta sexta-feira, 18.

Guerra Rússia x Ucrânia: ex-presidentes dos Estados Unidos prestam solidariedade aos ucranianos
Bill Clinton e George W. Bush levaram buquês de girassóis para igreja ucraniana em solidariedade ao país que está em guerra contra a Rússia há quatro semanas

19/03 • O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, disse, nesta sexta-feira, 18, que 'chegou a hora de dialogar sobre paz e segurança'. A declaração do presidente ucraniano acontece após 24 dias de guerra entre Rússia e Ucrânia. Zelensky fez um alerta para Moscou e disse que 'sem diálogo as consequências serão sentidas por várias gerações na Rússia'.

Rússia x Ucrânia: Zelensky afirma que 'chegou a hora de dialogar sobre paz e segurança'
Rússia e Ucrânia já tentaram por diversas vezes chegar num acordo de paz, mas todas as tentativas até agora fracassaram

19/03 •  Em guerra contra a Rússia há 25 dias, a Ucrânia pediu à China (aliada estratégica de Moscou) que repudie a "barbárie" cometida pelas forças russas. O pedido aconteceu neste sábado, 19.

25º dia de guerra: Ucrânia pede que China repudie 'barbárie' cometida pela Rússia
Com velocidade superior à do som, armamento foi usado pela 1ª vez pela Rússia na guerra contra a Ucrânia

19/03 • A Rússia confirmou, neste sábado, 19, que utilizou pela primeira vez um míssil hipersônico na guerra contra a Ucrânia (que entrou para o 25º dia). Com o novo armamento, as Forças Aéreas russas teriam atingido um depósito de mísseis ucranianos que estava escondido no solo na região de Ivano-Frankivsk, distante cerca de 50 quilômetros da fronteira com a Romênia.

Rússia x Ucrânia: o que é e como funciona um míssil hipersônico
Armamento foi lançado pela 1º vez pela Rússia na guerra contra a Ucrânia

20/03 • Uma escola de artes que estava servindo de abrigo para cerca de 400 pessoas na cidade ucraniana de Mariupol foi bombardeada na manhã deste domingo (22) por forças russas, de acordo com o conselho municipal da cidade. O órgão informou que o prédio foi destruído e haveria pessoas sob os escombros, mas o número de vítimas ainda não foi confirmado. 

Rússia atinge escola que abrigava 400 pessoas em Mariupol, afirma conselho municipal
Mulheres, crianças e idosos estavam no local. Número de vítimas ainda não foi confirmado

20/03 • A Ucrânia rejeitou a proposta da Rússia para entregar a cidade portuária de Mariupol, no sudeste do país, até esta segunda-feira, 21. O anúncio foi feito pela vice primeira-ministra ucraniana, Iryna Vereshchuk, neste domingo, 20.

26º dia de guerra: Ucrânia rejeita proposta da Rússia para rendição de Mariupol
Mariupol está sob ataque russo há várias semanas, com praticamente toda a cidade devastada pelos bombardeios.

20/03 • O Papa Francisco chamou, neste domingo, 20, a guerra entre Rússia e Ucrânia de "massacre sem sentido". Ele pediu a todos os agentes internacionais que se comprometam a encerrar a guerra, que nesta segunda, 21, completa 26 dias.

Rússia x Ucrânia: Papa Francisco chama guerra de 'massacre sem sentido'
Pontífice pediu empenho às autoridades internacionais para encerrar o conflito

21/03 • A Ucrânia acusou a Rússia de disparar contra manifestantes desarmados que protestavam pelo fim da guerra, que já dura 27 dias. A ação foi registrada nesta segunda-feira, 21, na praça da Liberdade, na cidade de Kherson, no sul da Ucrânia, que foi tomada pelo exército russo.

Ucrânia acusa Rússia de disparar contra manifestantes desarmados que pediam o fim da guerra
Vídeos de moradores mostram os manifestantes tentando escapar das bombas de efeito moral e balas.

22/03 • A Rússia garantiu, nesta terça-feira, 22, que só usará armas nucleares na Ucrânia se enfrentar uma 'ameaça existencial' na guerra. A declaração foi feita pelo porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov. O conflito entre os dois países já dura quatro semanas, sem perspectivas de encerramento. 

Guerra: Rússia garante que só usará armas nucleares na Ucrânia se enfrentar 'ameaça existencial'
O ocidente teme que Moscou recorra a armas nucleares menores, conhecidas como táticas.

22/03 • O presidente ucraniano Volodimir Zelensky fez um apelo e pediu que o papa Francisco atue como mediador nas negociações para encerrar a guerra entre Rússia e Ucrânia. O conflito entre as tropas russas e ucranianas está na quarta semana. O pedido foi feito durante uma ligação telefônica entre o Pontífice e o presidente ucraniano.

Rússia x Ucrânia: Presidente ucraniano pede ajuda ao papa Francisco para mediar negociações pela paz
O pedido foi feito durante uma ligação telefônica entre o Pontífice e o presidente ucraniano

23/03 • O presidente ucraniano Volodimir Zelensky convocou o mundo para se manifestar contra a guerra que ocorre em seu país desde o final do mês de fevereiro deste ano. O conflito entre Rússia e Ucrânia completa um mês nesta quinta-feira, 24 de março.

Guerra na Ucrânia completa um mês: presidente ucraniano convoca o mundo a pedir o fim do conflito
O conflito entre Rússia e Ucrânia completa um mês nesta quinta-feira, 24 de março.

23/03 • Otan reforçará apoio às tropas ucranianas em Kiev

Rússia x Ucrânia: Otan reforçará apoio às tropas ucranianas em Kiev
As tropas russas estão há dias tentando tomar Kiev, mas encontraram forte resistência por parte do exército ucraniano

24/03 • Rússia e Ucrânia trocaram os primeiros prisioneiros de guerra desde o início do conflito entre os dois países, há um mês. A confirmação da operação de troca foi feita por Kiev e Moscou nesta quinta-feira, 24. Foram trocados dez soldados que foram feitos reféns de cada lado da guerra.

Rússia e Ucrânia trocam os primeiros prisioneiros de guerra
Foram trocados dez soldados de cada lado da guerra. É a primeira operação desse tipo desde o início do conflito, há um mês

24/03 • O presidente da Ucrânia Volodymyr Zelensky pediu 'ajuda ilimitada' da Otan para que o país passe da resistência ao ataque às tropas russas. O conflito entre Rússia e Ucrânia já se estende por mais de 30 dias.

Presidente da Ucrânia pede à Otan 'ajuda sem restrições' para atacar tropas russas
O presidente ucraniano disse que precisa de apoio para que o país passe de resistência para o ataque à Rússia

25/03 • A Ucrânia acusou a Rússia de utilizar bombas de fósforo na guerra que acontece no território ucraniano há mais de 30 dias. A bomba de fósforo é uma arma incendiária e proibida em algumas circunstâncias, segundo convenção internacional que veta esse tipo de recurso em casos específicos. 

Ucrânia acusa Rússia de usar arma proibida na guerra. Entenda o que são as bombas de fósforo branco
As bombas de fósforo deixam uma marca branca nos céus e esse mesmo rastro teria sido visto na cidade de Lugansk, no leste da Ucrânia

25/03 • A atleta ucraniana Valentina Veretska, que fugiu recentemente de seu país para escapar da guerra contra a Rússia, venceu a maratona de Jerusalém, em Israel, onde está refugiada. A corrida aconteceu nesta sexta-feira, 25. A atleta venceu a prova em 2 horas, 45 minutos e 54 segundos.

Rússia x Ucrânia: atleta refugiada ucraniana vence a maratona de Jerusalém
A atleta ucraniana Valentina Veretska fugiu recentemente de seu país para escapar da guerra contra a Rússia

26/03 • Pelo menos cinco pessoas ficaram feridas durante ataques das tropas russas registrados neste sábado, 26, na cidade Lviv, no oeste da Ucrânia. Segundo informou o governador da região, Maxime Kozytsky, por meio do Telegram, a cidade foi bombardeada duas vezes no mesmo dia. Rússia e Ucrânia estão em guerra há mais de 30 dias.

Guerra Rússia x Ucrânia: cinco pessoas ficam feridas em ataques na cidade de Lviv, oeste ucraniano
Rússia e Ucrânia estão em guerra há mais de 30 dias.

29/03 • Cerca de 5 mil pessoas morreram na cidade de Mariupol, região portuária da Ucrânia, desde o início da guerra contra a Rússia, que completou 35 dias nesta terça-feira, 29. A afirmação foi feita pela assessora da presidência da Ucrânia, Tetiana Lomakina, que coordena os corredores humanitários no país.

Rússia x Ucrânia: autoridades de Mariupol dizem que 5 mil pessoas morreram desde o início da guerra
Número de vítimas da guerra entre Rússia e Ucrânia pode ser bem maior, especulam autoridades

30/03 • O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky admitiu que a Ucrânia pode considerar atender duas exigências da Rússia para encerrar a guerra, que já dura quase 40 dias, mas que os dois termos precisam de emendas constitucionais ou referendo, duas alternativas proibidas em tempos de guerra.

Ucrânia está disposta a aceitar duas exigências da Rússia para encerrar a guerra; saiba quais são
Presidente ucraniano Volodymyr Zelensky admitiu que está estudando profundamente as demandas da Rússia para acabar com o conflito

31/03 • A agência de espionagem britânica Government Communications Headquarters (GCHQ) disse nesta quarta-feira, 30, que o presidente da Rússia, Vladimir Putin, teria avaliado mal a situação na Ucrânia e afirmou que alguns soldados russos estão se recusando a cumprir ordens.

Rússia x Ucrânia: espionagem britânica diz que soldados de Putin estão se recusando a cumprir ordens
A agência de espionagem britânica disse que presidente da Rússia, Vladimir Putin, teria avaliado mal a situação na Ucrânia

01/04 • O governador de Belgorod, na Rússia, Vyacheslav Gladkov, acusa a Ucrânia de bombardear um depósito de combustível localizado na cidade, que fica a cerca de 40 quilómetros da fronteira entre os dois países. O ataque teria sido feito por helicópteros, sendo a primeira vez que as forças ucranianas cruzaram a fronteira para fazer uma ação aérea na Rússia. 

Rússia acusa Ucrânia de bombardear depósito de combustíveis; negociações serão retomadas nesta sexta
O ataque, registrado na cidade de Belgorod, na Rússia, teria sido feito por helicópteros, sendo a primeira vez que as forças ucranianas cruzaram a fronteira para fazer uma ação aérea no país vizinho

02/04 • Com o recuo do exército russo pelas cidades próximas à Kiev, as tropas ucraniana conseguiram retomar o controle na região. A informação foi divulgada pela ministra interina da defesa da Ucrânia, Hanna Malyar. Hoje, o conflito entre Rússia e Ucrânia entra para o 38º dia. 

Rússia x Ucrânia: forças ucranianas retomam controle ao redor de Kiev
A informação foi divulgada pela ministra interina da defesa da Ucrânia, Hanna Malyar. Hoje, o conflito entre Rússia e Ucrânia entra para o 38º dia

03/04 • Recuperada recentemente pelos ucranianos, a cidade de Bucha, que foi invadida pelo exército russo, virou palco de uma das cenas mais impactantes desta guerra. Pelo menos vinte corpos foram encontrados espalhados pelas ruas, todos com roupas civis e posicionados ao longo de centenas de metros. Um deles estava com as mãos amarradas. De acordo com denúncia apresentada pelo ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, houve um “massacre deliberado” na cidade.

Após saída das forças da Rússia, corpos de civis são encontradas na rua em Bucha, na Ucrânia
Um deles estava com as mãos amarradas. As causas das mortes não foram determinadas

04/04 • Após o governo ucraniano acusar as forças russas de assassinarem centenas de civis nos arredores da capital, o país governado por Vladimir Putin convocou uma reunião do Conselho de Segurança da ONU. O objetivo é discutir o que a Rússia chama de “provocações odiosas” por parte do país vizinho. No último domingo, foram exibidas imagens que mostram corpos de civis espalhados pelas ruas da cidade de Bucha, na Ucrânia, mas a Rússia nega o massacre. 

Rússia acusa Ucrânia de ‘encenar’ massacre e convoca reunião do conselho de segurança da ONU
Cenas de guerra: Imagens que mostram corpos de civis espalhados pelas ruas da cidade ucraniana de Bucha chocaram o mundo, mas Rússia nega as acusações

05/04 • Segundo autoridades ucranianas, um ataque russo atingiu um tanque de ácido nítrico na cidade de Rubizhne, perto de Luhansk, causando uma nuvem de fumaça tóxica que cobriu a área. 

Russos atacam depósito de ácido nítrico perto de Luhansk, afirma parlamento da Ucrânia
Chefe da administração militar pediu aos moradores de Rubizhne para ficarem em casa ou usarem uma máscara específica para intoxicação

06/04 • Durante a conferência geral desta quarta-feira (6), o líder da Igreja Católica, Papa Francisco, estendeu uma bandeira da Ucrânia vinda diretamente de Bucha, cidade a 30 km da capital Kiev, e condenou o que ele chamou de “massacre” contra ao habitantes locais. “As recentes notícias sobre a guerra na Ucrânia, em vez de trazer alívio e esperança, atestam novas atrocidades, como o massacre de Bucha”, declarou.

GUERRA: Papa Francisco ergue bandeira da Ucrânia vinda de Bucha e condena massacre
Pontífice afirmou que as notícias recentes atestam novas atrocidades na guerra entre Rússia e Ucrânia: “Silenciem as armas! Parem de semear a morte e a destruição”, implorou

 

Fotos e vídeos da guerra

Veja abaixo mais vídeos sobre a guerra na Ucrânia

Aeroportos em chamas: assista a imagens do ataque da Rússia à Ucrânia
Os aeroportos e bases aéreas ucranianas têm sido alguns dos principais alvos da Rússia nessas primeiras horas de ataque.

Rússia x Ucrânia: vídeos e fotos mostram desespero de ucranianos para fugir da guerra
O ataque russo à Ucrânia iniciou na madrugada desta quinta-feira (24). O início da guerra trouxe pavor aos ucranianos

Negociação entre Rússia e Ucrânia

28/02 • Terminou sem acordo a primeira rodada de negociações entre os países da Rússia e Ucrânia, nesta segunda-feira (28), em Belarus. Foram seis horas de diálogo. Os representantes dos dois países optaram por retornar aos respectivos governos e remarcar uma nova rodada. 

Rússia e Ucrânia encerram rodada de negociação sem acordo; nova reunião deve ser agendada
Após seis horas de diálogo, os representantes dos países optaram por retornar aos respectivos governos e remarcar uma nova rodada

05/03 • Foi agendada para a próxima segunda-feira (7) a terceira rodada de negociações entre a Ucrânia e a Rússia. A informação foi publicada por David Arakhamia, membro da delegação ucraniana, via rede social.

Ucrânia x Rússia: Terceira rodada de negociações retorna na segunda-feira (7)
A informação foi publicada por David Arakhamia, membro da delegação ucraniana, via rede social

07/03 • Os representantes da Rússia chegaram à terceira rodada de negociações com os ucranianos apresentando três demandas: Que a Ucrânia não faça parte em nenhum momento da Otan, reconheça a separação da Crimeia, anexada à Rússia, e reconheça a independência de Donbass. As informações foram repassadas por um porta-voz russo, antes da reunião.

Rússia quer que Ucrânia abra mão de territórios; negociações seguem em andamento
A terceira rodada de negociações para se chegar a um acordo que garanta o fim da guerra está sendo realizada nesta segunda-feira

10/03 • A primeira reunião entre dirigentes do alto-escalão de Ucrânia e Rússia desde o início da guerra terminou sem progressos para um possível cessar-fogo. Mediado pelos governos da Turquia e Israel, o encontrou reuniu os ministros de Relações Exteriores da Ucrânia, Dmytro Kuleba, e Rússia, Sergei Lavrov. 

Reunião entre ministros da Ucrânia e Rússia termina sem avanço para um cessar-fogo
Essa foi a primeira vez desde a invasão que dirigentes de alto-escalão dos dois países se encontraram

 

EUA fazem manobra com submarino nuclear

01/03 • Um dia após o presidente da Rússia, Vladimir Putin, colocar as forças de dissuasão do país equipadas com armas nucleares em alerta, um submarino nuclear norte-americano emergiu no litoral da Colômbia, durante um exercício de defesa tática. O comandante da Marinha Nacional, almirante Gabriel Alfonso Pérez Garcés, lembra que a Colômbia é, atualmente, um parceiro global da Otan (Organização do Tratado do Atlântico Norte). “Temos que viver de acordo com o que isso significa”, declarou.

Submarino nuclear dos EUA faz manobras na Colômbia, após Rússia deixar força nuclear ‘em alerta’
As manobras realizadas em conjunto entre os dois países contaram com a participação de cerca de 600 homens e mulheres das duas nações

O medo e a reação da população diante da guerra

28/02 • A Miss Ucrânia de 2015, Anastasiia Lenna, decidiu se afastar do seu trabalho como relações públicas e embarcar no conflito armado para impedir o avanço das tropas russas no país.

Ex-miss Ucrânia posa com armas e convoca civis para impedir avanço das tropas russas
Anastasiia Lenna decidiu se afastar do seu trabalho como relações públicas e embarcar no conflito armado

24/02 • Com o início do ataque russo à Ucrânia, cerca de 20 brasileiros, entre eles algumas crianças, ficaram presos em um hotel localizado na cidade de Kiev, capital ucraniana. Em um vídeo que começou a circular nas redes sociais, eles pedem ajuda à embaixada brasileira para deixar o país.

Jogadores brasileiros e familiares presos em hotel na Ucrânia pedem socorro à embaixada; assista
O grupo é composto por cerca de cerca de 20 brasileiros, entre eles algumas crianças. Eles saíram de suas casas assim que a Rússia começou a atacar a Ucrânia

Grupo extremista Talibã pede ‘paz’ entre Rússia e Ucrânia
Grupo radical que tomou o poder no Afeganistão diz ser favorável a 'solução pacífica' em crise na Europa

24/02 • Após o início do ataque russo, um caos tomou conta da Ucrânia. Milhares de moradores tentam deixar o País às pressas, gerando enormes congestionamentos nas estradas. Estações de ônibus e trens do metrô também estão lotados. O início da guerra entre os dois países provocou ainda uma corrida por mantimentos nos supermercados e combustíveis nos postos de gasolina, mas vários deles já não têm o produto para vender. 

Milhares de pessoas fogem da Ucrânia; ataque russo também provoca corrida por comida e combustível
Pessoas estão lotando trens, supermercados e estradas. Já faltam combustíveis em vários postos

Otan enviará tropas ao leste europeu e ativa Força de Resposta pela primeira vez na história
Medida foi anunciada pelo secretário-geral da Organização, Jens Stoltenberg, no dia seguinte à invasão russa na Ucrânia

02/03 • Um empresário russo usou as redes sociais para oferecer um prêmio de US$ 1 milhão para quem capturar o presidente Vladimir Putin. Alex Konanykhin chegou a ser a pessoa mais rica da Rússia no ano de 1992, mas em 1996 foi preso nos Estados Unidos sob suspeita de desviar US$ 8 milhões do Russian Exchange Bank. Na época, ele alegou que foi coagido a cometer o crime por funcionários do banco, e investigações mostraram que a máfia russa estava envolvida. Agora, ele quer que o presidente do País pague por ‘assassinato em massa’.

 

Guerra na Ucrânia: Empresário russo oferece um milhão de dólares por Putin: ‘vivo ou morto’
Alex Konanykhin, que chegou a ser a pessoa mais rica da Rússia, fez a oferta pelas redes sociais

02/03 • Os ataques russos à Ucrânia completaram, nesta terça-feira (02), uma semana. Nesta data, ucranianos foram até a histórica Igreja Saints Peter and Paul Garrison, em Lviv, no oeste do país, e acenderam velas, num momento em que a Rússia intensifica os ataques com bombardeios e lançamentos de mísseis sobre a Ucrânia. Dentre tantos significados, a iniciativa é uma forma de pedir pelo fim da guerra, bem como homenagear as vítimas da invasão. 

Ucranianos acendem velas e pedem pelo fim da guerra
Nesta terça-feira (02), os ataques russos à Ucrânia completaram uma semana

Ucranianos foram até a histórica Igreja de Saints Peter and Paul Garrison, em Lviv. (Daniel Leal /AFP)

04/03 • Chegado o oitavo dia do conflito armado entre Rússia e Ucrânia, mais de um milhão de pessoas já deixaram o território ucraniano em direção a nações que fazem fronteira na Europa Oriental. Para se ter uma ideia, a Ucrânia mantinha uma população de mais de 40 milhões de pessoas, sendo o oitavo país mais populoso de toda a Europa. 

Como ficam os refugiados em meio ao conflito entre Rússia e Ucrânia?
Dramas, dispersões, fugas e migrações de milhares de refugiados merecem a atenção devida, como o caso da publicitária paraense Cristiane Barros, 30, que passou pelo drama de deixar a cidade de Bila Tserkva, localizada na região metropolitana de Kiev

06/03 • Mais de 4.640 pessoas foram presas, neste domingo (6), em 65 cidades russas, por participarem de protestos contra a invasão à Ucrânia, informou a Agência France Presse, a partir de dados da ONG OVD-Info, que monitora as manifestações no país. Com isso, subiu para cerca de 13.000 o número total de manifestantes presos na Rússia desde 24 de fevereiro, quando a Ucrânia foi invadida.

Protestos contra invasão na Ucrânia tem mais de 4 mil presos, neste domingo (6)
O número total de manifestantes presos na Rússia já chega a 13 mil

Resposta da Ucrânia à invasão da Rússia

26/02 • Mesmo com armas e tropas em quantidade muito inferiores ao poderio militar da Rússia, a Ucrânia vem tentando responder aos ataques do país vizinho, governado por Vladimir Putin, e está estimulando seus cidadãos a também lutarem na guerra. Em um pronunciamento feito nesta quinta-feira (24), o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky informou que armas já estão sendo distribuídas entre os cidadãos do País. Ele pediu para que as pessoas que se consideram aptas a “defender a Ucrânia” procurem os centros do exército nas cidades.

Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, pede à população para não baixar as armas
A cidade estratégica de Mariupol está sob cerco, mas ainda não foi tomada, assim como Odessa e Kharkiv

Governo do Ucrânia distribui armas aos cidadãos, em meio à guerra com a Rússia
Presidente Volodymyr Zelensky pediu para que as pessoas que se consideram aptas a 'defender a Ucrânia' procurem os centros do exército nas cidades

24/02 • O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, convocou “todos os que puderem” a se alistar para lutar junto às forças armadas na reação à ofensiva do governo russo. “Esteja pronto para defender seu país nas praças e cidades”, continou Zelensky. “Nós temos armas para defender nossa soberania”. Postos de alistamento foram criados em várias cidades ucranianas e, na capital, Kiev, o alistamento atraiu longas filas de pessoas dispostas a lutar.

Chorando, pai ucraniano se despede da filha para se alistar no exército; vídeo
Presidente Volodymyr Zelensky convocou a população para defender o país alvo de ataque.

Ucranianos nos EUA fazem campanhas para arrecadar dinheiro e ajudar o Exército
Uma delas é ajudar a divulgar campanhas de doações, inclusive para custear os gastos do Exército ucraniano, que luta para conter a invasão

25/02 • Uma rede de TV da Ucrânia transmitiu instruções de como preparar os coquetéis molotov, enquanto as tropas russas começam a entrar na capital do País, Kiev. O Ministério da Defesa pediu aos cidadãos ucranianos do distrito de Obolon, próximo à capital, que preparem o artefato - uma espécie de bomba caseira feita com algum tipo de combustível, como gasolina ou álcool – para ajudarem a enfrentar os russos. Aos "moradores pacíficos" da região, o Ministério pediu tenham cuidado e não saiam de casa.

Pela TV, Ucrânia ensina população a preparar coquetéis molotov; Idosos são convocados
Ministério da Defesa pediu aos cidadãos ucranianos do distrito de Obolon, próximo à capital, que preparem o artefato

25/02 • As imagens de um ucraniano e da filha dele chorando enquanto se despedem um do outro comoveu o mundo, em meio ao terror da guerra entre Rússia e Ucrânia. O homem enviava a menina para um lugar seguro, antes de se alistar para lutar no conflito. Mesmo se quisesse ir com a filha, ele não teria escolha. Todos os cidadãos do sexo masculino, com idades entre 18 e 60 anos, estão proibidos de deixar a Ucrânia, segundo o Serviço de Guarda de Fronteiras do Estado.

Lei marcial: homens com idade entre 18 e 60 anos estão proibidos de sair da Ucrânia; entenda
Após o ataque russo, o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, decretou norma implementada em cenários de conflitos que substitui as leis e autoridades civis por leis militares

Ex-presidente da Rússia, Dmitri Medvedev sugere rompimento com o Ocidente
Dmitri Medvedev também defendeu a volta da pena de morte ao país "para alguns crimes", sem especificar quais.

15/03 •Pelo menos três helicópteros da Rússia que estavam estacionados no Aeroporto Internacional de Kherson, no sul da Ucrânia, foram destruídos na manhã desta terça-feira, 15, por militares ucranianos.

Militares ucranianos destroem pelo menos três helicópteros da Rússia em aeroporto
Outros veículos militares também foram atigidos

 

Que países apoiam a Rússia no conflito com a Ucrânia?

26/02 • Antes mesmo de lançar uma invasão total da Ucrânia, a Rússia já vinha encarando reações de líderes mundiais de diversos países. Desde quando os movimentos do presidente russo, Vladimir Putin, de intensificar a presença de tropas na fronteira com a Ucrânia começaram, Estados Unidos e parte da Europa têm condenado as atitudes. A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), aliança militar do Ocidente que conta com 30 membros, tem, inclusive, fornecido apoio logístico e militar à Ucrânia.

Quais são os países que apoiam Putin no conflito com a Ucrânia?
Embora a maioria dos líderes mundiais tenham repudiado a invasão, os russos encontram suporte de alguns antigos aliados

25/02 • No entanto, o líder russo conta com o apoio de alguns aliados. Países que já dependeram ou precisaram da ajuda da Rússia em outros momentos decisivos da história se solidarizaram com a decisão de Putin de invadir a Ucrânia. Os apoiadores declarados, até o momento, são Belarus, Venezuela, Nicarágua, Cuba, Síria, Irã e China.

Qual o tamanho do poder bélico da Rússia e Ucrânia?
Há um enorme diferença de investimentos em defesa militar e equipamentos de guerra; veja

Qual é o posicionamento do Brasil sobre a guerra?

24/02 • Em comunicado divulgado às 10h55 desta quinta-feira (24), horas após a Rússia invadir a Ucrânia, o Ministério das Relações Exterior (Itamaraty) informou que o Governo brasileiro acompanha com ”grave preocupação a deflagração de operações militares pela Federação da Rússia contra alvos no território da Ucrânia”.

Rússia x Ucrânia: Brasil pede solução diplomática e acompanha situação com 'grave preocupação'
Comunicado foi divulgado pelo Itamaraty, na manhã desta quinta-feira

Após cobrança sobre posicionamento, secretário de Estado dos EUA telefona a chanceler brasileiro
Conversa acontece um dia depois de norte-americano cobrar que o governo brasileiro condenasse a invasão russa

24/02 • Os pré-candidatos à Presidência usaram as redes sociais para se manifestar sobre a invasão russa ao território ucraniano nesta quinta-feira (24). Jair Bolsonaro, Lula, Sérgio Moro, João Dória, Simone Tebet e Ciro Gomes.

Veja o que os candidatos à Presidência do Brasil falam sobre a guerra Rússia x Ucrânia
Bolsonaro, Lula, João Doria, Ciro Gomes, Simone Tebet e Sergio Moro usaram as redes sociais para se manifestar

‘Brasil não tem dois minutos de munição para uma guerra’, diz doutor em Relações Internacionais
Durante entrevista ao Grupo Liberal, Mário Tito Almeida fez uma análise sobre o conflito entre Rússia e Ucrânia e como o embate afeta diretamente o Brasil

07/03 • Uma aeronave da Força Aérea Brasil está levando cerca de 12 toneladas de medicamentos, alimentos e itens de primeira necessidade que serão doados pelo Brasil às vítimas da guerra na Ucrânia. O avião da FAB partiu na tarde desta segunda-feira, 7, com destino à Varsóvia, na Polônia. A aeronave deve chegar à capital polonesa na quarta-feira, 9.

Brasil envia medicamentos e alimentos à Ucrânia
É neste avião, também, que o governo planeja trazer de volta ao país parte dos brasileiros que deixaram a Ucrânia para escapar das consequências da invasão militar russa

10/03 • Aterrissou em Recife, capital pernambucana, o avião da Força Aérea Brasileira (FAB) enviado para a Polônia com objetivo de resgatar brasileiros que estavam na Ucrânia. Na aeronave, vieram 42 brasileiros, 20 ucranianos, cinco argentinos e um colombiano. Entre os passageiros estavam também 14 crianças, mas a FAB não especificou se elas fazem parte do total de pessoas mencionado nas nacionalidades.  

Refugiados da Ucrânia chegam ao Brasil em avião da FAB; 14 crianças estão no grupo
Eles fizeram uma primeira parada em Recife, na manhã desta quinta, e seguem para Brasília

Paraense vive drama na Ucrânia

25/02 • A paraense Christiane Nedashkovskaya deu um relato ao vivo, nesta sexta-feira (25), no programa Mais Você, sobre sua tentativa de fuga da Ucrânia para a Romênia após a Rússia invadir o país. 

Paraense na Ucrânia fala sobre tentativa de fuga para a Romênia
A paraense pretende chegar em uma cidade próxima da Romênia até às 22h, antes do toque de recolher

Christiane Nedashkovskaya é paraense e morava na Ucrânia (Reprodução / Globo)

24/02 • Brasileiros que moram na Ucrânia estão relatando por redes sociais e entrevistas o drama após a invasão da Rússia na Ucrânia na manhã desta quinta-feira (24). A publicitária paraense Cristiane Barros Nedashkovskaya, 30, mora em Bila Tserkva, na região metropolitana de Kiev, uma das cidades atingidas pelos ataques aéreos.

Drama de paraense na Ucrânia: ‘Acordei às 5h com o barulho da explosão’
Brasileiros tentam escapar do país e vão para abrigo antibomba

Ameaça: Rússia já fala em retaliação à Suécia e Finlândia se entrarem na Otan
Declaração foi feita pela porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia

Jogadores brasileiros que vivem na Ucrânia pedem socorro

Jogadores brasileiros com familiares na Ucrânia (Reprodução / Vídeo)

24/02 • Com o início do ataque russo à Ucrânia, cerca de 20 brasileiros, entre eles algumas crianças, ficaram presos em um hotel localizado na cidade de Kiev, capital ucraniana. Em um vídeo que começou a circular nas redes sociais, eles pedem ajuda à embaixada brasileira para deixar o país.

Jogadores brasileiros e familiares presos em hotel na Ucrânia pedem socorro à embaixada; assista
O grupo é composto por cerca de cerca de 20 brasileiros, entre eles algumas crianças. Eles saíram de suas casas assim que a Rússia começou a atacar a Ucrânia

27/02 • Desde que a Rússia invadiu a Ucrânia, os jogadores brasileiros foram imediatamente lembrados, porque aquele país tem sido um destino dos atletas há vários anos. São 30 jogadores brasileiros que atuam na primeira divisão do futebol ucraniano. E, na manhã deste domingo (27), chegaram, fugindo da guerra, os jogadores Gabriel Busanello, Felipe Pires e Fabricio Rodrigues, o “Bill”, ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo. Eles atuam no time ucraniano Dnipro. 

Jogadores brasileiros que atuam na ucrânia voltam ao Brasil
Três atletas desembarcam em São Paulo e falam da saga para sair do país em guerra

Entenda o contexto histórico do conflito entre Rússia e Ucrânia

27/02 • Para entender a crise entre a Rússia e a Ucrânia, é preciso olhar para o passado. As duas repúblicas possuem uma longa história, permeada de momentos de guerra e paz, crises e acordos. A soma de todos esses fatores resultou na invasão da Ucrânia por parte da Rússia no dia 24 de fevereiro de 2022. Ao contrário das civilizações americanas, nascidas de processos coloniais por parte de países já estabelecidos, as nações europeias nasceram do conflito entre civilizações distintas ao longo de milhares de anos. Quando os povos eslavos do oriente apareceram no século 6, eles rumaram para o Leste Europeu e por lá se estabeleceram. No século 9, os vikings da denominação Rus avançaram sobre o território que hoje é a Ucrânia, e fundaram a Rússia de Kiev, ou Rússia Kievana, uma confederação com os povos eslavos do leste que tinha como capital a cidade de Kiev. Por isso, desde então, os russos reivindicam Kiev como o berço da "civilização russa". 

Entenda o contexto histórico do conflito entre Rússia e Ucrânia
Veja os meandros da relação entre dois países que já fizeram parte da antiga União Soviética

O que especialistas falam sobre a guerra na Ucrânia

25/02 • Ex-ministro de Relações Exteriores, Ernesto Araújo, destacou que espera uma posição mais direta do Brasil sobre o conflito. Assista abaixo!

Consequências da guerra entre Rússia e Ucrânia

28/02 • Em meio a pressão internacional devido à guerra na Ucrânia, a FIFA excluiu a Rússia das Eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022. Segundo o site da entidade, a punição estende aos clubes russos e às seleções masculina, feminina e de base. 

Oficial: Fifa exclui Rússia da Copa do Mundo devido à guerra na Ucrânia
Punição se estende às seleções masculina, feminina e de base.

28/02 • Apesar de não estar diretamente envolvido no conflito entre Rússia e Ucrânia, o Brasil, assim como muitos outros países, será fortemente afetado pelo embate. A economia brasileira é uma das principais áreas que sofrerá impactos, devido às associações e vínculos com outras nações ligadas aos dois países envolvidos nesta guerra. A paralisação no abastecimento de produtos do mercado internacional preocupa e trará prejuízos ao bolso da população, principalmente no que diz respeito ao petróleo e à alimentação.

Rússia x Ucrânia: Preço da gasolina e alimentos irão aumentar devido o conflito; entenda
O Brasil e vários outros países serão muito afetados economicamente pelo confronto

Resumo sobre a guerra Rússia Ucrânia

• O que está acontecendo entre Ucrânia e Rússia?
A Ucrânia está lutando contra as forças russas, após o presidente Putin começar a bombardear o leste ucraniano e outras regiões, incluindo Kiev. Mas, o que teria acontecido para a briga existir? 

Edifício residencial é atingido por míssil em Kiev, na Ucrânia; vídeo
O caso foi registrado por câmeras de segurança da localidade, que flagraram o momento em que a edificação foi atingida em cheio

Rússia diz que lançou mísseis durante a noite, mas não atingiu moradores de Kiev
Vídeos surgiram ao longo da madrugada mostrando um prédio residencial perto da capital ucraniana parcialmente destruído após ataque

• Entenda o porquê da Rússia querer invadir a Ucrânia
Em novembro do ano passado, comunidades internacionais já compreendiam supostas ameaças russas contra a Ucrânia.  O motivo? Conflitos da época da Guerra Fria, que envolviam costumes e heranças históricas, que nunca foram resolvidas. Hoje, a soma de problemas fez com que Putin quisesse criar uma ‘retaliação’ com um ataque militar. 

Jovem Pan e emissora de TV exibem cenas de videogame ao citar invasão na Ucrânia
A cena em que um avião é atacado por mísseis é do jogo 'Arma 3'

Geográficos também acreditam que trata-se  de uma crescente aproximação entre a Ucrânia com o Ocidente, o que não teria agradado nada os russos. Principalmente, porque o governo local teria interesse em fazer parte da  Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) ou mesmo na União Europeia (UE). 

Presidente Volodymyr Zelensky grava vídeo nas ruas de Kiev: 'Defendemos a Ucrânia'; assista
Após rumores de que ele teria fugido do País, Zelensky afirma: ‘Estamos aqui'

• Qual o motivo da invasão russa?
A invasão russa a Ucrânia teria sido motivado por antigas divergências estratégicas entre Moscou e os países da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), a qual o país europeu teria interesse em fazer parte. 

Por que a Rússia invadiu a Ucrânia; entenda o motivo da guerra
O país europeu foi invadido por tropas russas, na madrugada desta quinta-feira (24). O conflito ganhou grandes proporções no decorrer do dia. Saiba de fato o que aconteceu e como culminou a guerra

• Por que os russos invadiram Chernobyl?  
De acordo com os professores de História, a antiga usina fica na fronteira da Ucrânia com a Bielorússia,  um país que está dando apoio à Rússia no conflito com Kiev.  Os reatores, que chamaram atenção, estão na fronteira com a Bielorrússia, próximo a cidade ucraniana Pripyat.

Rússia passa a restringir Facebook por suposta censura
Justificativa do governo é que a reguladora da rede social teria censurado perfis de veículos locais

• Qual a importância de Chernobyl na guerra Rússia x Ucrânia?
Até 1994, a Ucrânia chegou a ser o terceiro país com maior arsenal nuclear do mundo. Mas, quando assinou o Memorando de Budapeste, abriu mão das armas. Contudo, na usina de Chernobyl, território ucraniano, ainda há uma grande quantidade de material nuclear, o que chama atenção dos russos. 

Além da usina ser um forte símbolo da antiga União Soviética. Unidos a todos estes fatores, a importância para os russos de invadir Chernobyl está em dominar tudo o que sobrou de negativo da ‘era soviética’.  

Entenda o que levou as tropas russas invadiram Chernobyl e a 'guerra bélica’ que ação pode causar
A cidade da Ucrânia tentou resistir, mas foi invadida, na tarde desta quinta-feira (24), por militares russos

Mundo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM MUNDO

MAIS LIDAS EM MUNDO