Ilustrações autorais são destaques nas blusas do Círio

Artistas aproveitam a movimentação do mercado para produzirem estampas exclusivas

Bruna Dias

As camisas personalizadas do Círio ganham cada vez mais destaque no mercado. Porém, as peças que antes estampavam imagens do cartaz da festa do ano corrente, hoje deram espaço aos projetos autorais.

VEJA MAIS

Exposição 'Só Nazica' chega na edição comemorativa de 10 anos
A abertura é no próximo dia 29, na Casa das Artes

A ilustradora Brenda Lemos dedica grande parte do seu trabalho para a Amazônia. Com projetos que contemplam mulheres locais, ela também dedica sua arte a frutos, gírias e pontos turísticos de Belém. Para o Círio, ela produziu uma imagem que estampa a sua nova coleção de blusas. A marca de Brenda surgiu há dois anos.

“Tem sido muito especial ver a aprovação e a procura dos clientes em relação as nossas camisas, porque a ideia começou meses antes, com a criação da ilustração, feita por mim através de referências regionais e tentando trazer os meus traços e um toque delicado para a arte que se chama ‘Rainha da Amazônia’. Junto com a confecção de camisas, esse ano preparamos um brinde todo especial para nossos clientes, as famosas ventarolas, para tornar esse momento ainda mais especial”, disse a artista.

Já Davi Azevedo idealizou uma coleção com alguns modelos, todos criados por ele. O advogado e o seu namorado que é engenheiro civil, montaram a ‘Davi quem fez’ durante a pandemia. A marca tem como foco o lettering e ilustrações.

“Como artista e ilustrador, me faz muito feliz ver os clientes pedindo inovações para esse período do ano. Por isso, busquei diversas inspirações para criar nossas estampas, sempre tentando evidenciar significados, sensações e fazer as pessoas pensarem em questões importantes, como é o caso da nossa estampa ‘Rainha da Amazônia’. Outra estampa que está repercutindo muito positivamente dentre nossos seguidores é a ‘Maria de todos os cantos’, onde evidenciamos Nossa Senhora de Nazaré, humanizada no gesto de amamentar o menino Jesus. Com isso, o mercado de produtos autorais ganha cada vez mais espaço no comércio, ainda mais com os incentivos da mídia de sempre enaltecer os produtores locais. Isso faz com que, cada vez mais, novos criadores possam tomar coragem de trabalhar com seus serviços, e, convenhamos, o Norte é recheado de artistas incríveis, em todos os nichos da economia criativa”, avalia.

Assim como os artistas acima, Dani Oliver também está pela primeira vez entregando um projeto autoral para o Círio. Desde 2014 ela trabalha com identidades visuais, e ao longo do tempo foi agregando a produção de estampas de canecas e post para as redes sociais.

“É o momento, o Círio é o momento para o mercado autoral, podemos explorar novas possibilidades já que existe uma grande aceitação da população e elas querem isso, querem algo único. A inspiração da 1⁰ estampa foram as obras marajoaras, a cuia do tacacá, e a coroa é uma homenagem aos povos originários. Os tons simbolizam o barro, o tucupi e as águas”, disse a designer

Palavras-chave

Moda e Beleza
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM MODA

ÚLTIMAS EM MODA