Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Evento de moda promove debate sobre direitos autorais

O Beirando a Moda convidou a advogada Lívia Donza Barroso para falar sobre direitos autorais, propriedade intelectual, marcas e patentes e pequenos empreendedores.

Bruna Lima

Produtores e fazedores de moda de Belém estão reunidos em vários pontos da cidade com a finalidade de expor suas criações e também de falar sobre questões e assuntos que fazem parte dos bastidores do universo da moda. A programação faz parte do evento mundial Fashion Revolution. E nesta quinta (21), o Beirando a Moda vai promover o bate-papo, às 17h30, no Ná Figueredo.

O Beirando a Moda convidou a advogada Lívia Donza Barroso para falar sobre direitos autorais, propriedade intelectual, marcas e patentes e pequenos empreendedores. A advogada explica que a interação será de forma simples como forma de esclarecer e tirar dúvidas de pequenos empreendedores a respeito sobre os direitos autorais e o processo de criação dos artistas de um modo geral.

"O que a gente percebe é que há muitas dúvidas de artistas e pequenos empreendedores a respeito do assunto de direitos autorais, registro da marca e entre outros conceitos que fazem parte desse universo. E eu recebi o convite para justamente esclarecer essas e outras dúvidas que surgirem, pois a gente sabe da importância destes conceitos e a prática deles para a elaboração do trabalhos dos artistas e pequenos empreendedores", explicou a advogada.

A advogada acrescentou que, infelizmente, muitos artistas desenvolvem as obras e não sabem como protegê-las e isso é reflexo da falta de informação. Mas o encontro vai possibilitar esclarecimentos e novas metodologias para praticar o trabalho no empreendedorismo.

Lorena Furtado, produtora do Beirando a Moda, explica que o evento é importante para reunir pequenos empreendedores e levar conhecimento para que possam cada vez mais profissionalizar o serviço. Além do bate-papo, a programação vai contar com a presença de cinco marcas autorais do Pará que vão expor seus materiais e serviços.

"A ideia do evento é de debater sobre o que está por trás da produção e universo da moda, mas também de incentivar os pequenos empreendedores. O Beirando a Moda carrega a preocupação não apenas de incentivar as marcas autorais, mas também de incentivar marcas que estejam preocupadas com a preservação e reaproveitamento de matérias-primas", pontua Lorena Furtado.

O movimento Fashion Revolution foi criado após um conselho global de profissionais da moda se sensibilizar com o desabamento do edifício Rana Plaza em Bangladesh, que causou a morte de 1.134 trabalhadores da indústria de confecção e deixou mais de 2.500 feridos. A tragédia aconteceu no dia 24 de abril de 2013, e as vítimas trabalhavam para marcas globais, em condições análogas à escravidão.

A campanha #QuemFezMinhasRoupas surgiu para aumentar a conscientização sobre o verdadeiro custo da moda e seu impacto no mundo, em todas as fases do processo de produção e consumo. Realizado inicialmente no dia 24 de abril, o Fashion Revolution Day ganhou força e tornou-se a Semana Fashion Revolution, que conta com atividades promovidas por núcleos voluntários, em mais de 100 países. 

Serviço: 

Bate-papo com advogada Lívia Donza Barroso para falar sobre direitos autorais, propriedade intelectual, marcas e patentes e pequenos empreendedores

Data: 21 de abril

Hora: 17h30

Local: Na Figueredo

Palavras-chave

Moda e Beleza
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM MODA

ÚLTIMAS EM MODA