CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X

Suspeito de homicídio e furto é encontrado morto em Novo Repartimento

A vítima apresentava um ferimento provocado por arma de fogo na cabeça

O Liberal
fonte

Gutemberg Bandeira Santos foi encontrado morto no domingo (19/5) nas águas da represa da Hidrelétrica Tucuruí, em Novo Repartimento, no sudeste paraense. O homem era morador da área, mais pr​ecisamente da região do Polo Pesqueiro, naquele município. Na cabeça dele foi encontrado um ferimento provocado por arma de fogo. A autoria do crime ainda é desconhecida.

A Polícia Civil de Novo Repartimento instaurou inquérito criminal para investigar a morte. O cadáver foi localizado por moradores da região boiando nas águas e foi removido para as margens.

Na manhã seguinte, segunda-feira (20/5), a Polícia Civil identificou que a vítima estaria envolvida em um crime de homicídio e era suspeita de praticar furtos na região do Lago de Tucuruí.

VEJA MAIS

image ‘Meio Quilo’ é assassinado a tiros no Guamá; vítima havia saído recentemente da prisão
Dois homens que estavam em uma motocicleta são suspeitos do assassinato, segundo relataram testemunhas à Polícia Militar

image Homem é morto a tiros na frente da esposa e filho em São Domingos do Araguaia
Equipes da Polícia Civil e da Polícia Científica estiveram no local para coletar informações e vestígios que ajudem a esclarecer a dinâmica do ocorrido, bem como possíveis autores do homicídio

image Jovem de 23 anos é morto a tiros em suposto acerto de contas na Marambaia
Marcos Henrique da Silva Pantoja abriu a porta para os criminosos e foi morto dentro da casa onde morava

A Polícia Científica do Pará (PCP) foi acionada para fazer a análise e remoção do cadáver ao Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol). Os exames cadavéricos deverão esclarecer a causa da morte, bem como a dinâmica do crime. Equipes da Polícia Civil realizam diligências na tentativa de identificar o autor e a motivação para o crime. "A Polícia Civil informa que equipes da delegacia de Novo Repartimento trabalham para identificar e localizar os envolvidos no crime", comunicou a PC. Com informações do site Correio de Carajás.

Denuncie

Quaisquer informações que possam ajudar na solução do caso podem ser encaminhadas ao Disque Denúncia (181). A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer telefone. Também é possível mandar fotos, vídeos, áudios e localização para a atendente virtual Iara, pelo WhatsApp (91) 98115-9181. Em ambos os casos, não é necessário se identificar.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Ananindeua
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS DE ANANINDEUA

MAIS LIDAS EM ANANINDEUA