logo jornal amazonia

‘Meio Quilo’ é assassinado a tiros no Guamá; vítima havia saído recentemente da prisão

Dois homens que estavam em uma motocicleta são suspeitos do assassinato, segundo relataram testemunhas à Polícia Militar

O Liberal
fonte

Marcos Rogério Pereira Freitas, conhecido como “Meio Quilo”, foi morto a tiros na passagem Duas Américas, entre as ruas Francisco Monteiro e Teófilo Conduru, no bairro do Guamá, em Belém. O crime ocorreu por volta das 23h30 do último sábado. Dois homens que estavam em uma motocicleta são suspeitos do assassinato, segundo relataram testemunhas à Polícia Militar. Marcos saiu recentemente da cadeia. A motivação para​ o crime é desconhecida.

VEJA MAIS

image Jovem de 23 anos é morto a tiros em suposto acerto de contas na Marambaia
Marcos Henrique da Silva Pantoja abriu a porta para os criminosos e foi morto dentro da casa onde morava

De acordo com os relatos, a vítima não teve chance de se defender e morreu no local. O corpo de Marcos Rogério permaneceu na rua até a chegada da Polícia Científica, que realizou a análise e remoção do cadáver. Posteriormente, o cadáver foi levado ao Instituto de Medicina e Odontologia Legal (Imol) para a realização do exame de necropsia, que determinará a causa exata da morte.

Marcos Rogério havia saído da prisão recentemente, onde cumpria pena por roubos e furtos. Apesar do histórico criminal, ainda não há confirmação se o assassinato está relacionado à sua vida pregressa. A Polícia Civil está investigando o caso, e equipes da Divisão de Homicídios foram destacadas para apurar os fatos.

Até o momento, a identidade e a motivação dos suspeitos permanecem desconhecidas. Em nota, a Polícia Civil informou que “equipes da Divisão de Homicídios apuram a morte de Marcos Rogério Pereira Freitas, registrada na passagem Duas Américas, no bairro do Guamá. Perícias foram realizadas para auxiliar nas investigações”.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA