O desafio de ser mãe e empreendedora: conheça a história de mulheres aguerridas

"Apesar de empreender ser algo desafiador, ser mãe também faz parte dos desafios da vida", diz Laysce

Adnes Sousa
fonte

Segundo a pesquisa anual "Mulheres Empreendedoras", 2021, realizada pelo Instituto Rede Mulher Empreendedora, 26% das mulheres consultadas iniciaram seu negócio atual durante a pandemia. Esse retrato mostra muito bem a realidade de muitas mulheres que encontraram no empreendedorismo uma oportunidade de ter seu próprio negócio, conciliando a vida de mãe com dona de um negócio, como é o caso de Adrya Freitas e Laysce Bomfim.

Duas mulheres, duas mães e dois negócios que têm tudo para continuar um sucesso. Para cada uma, a definição de ser empreendedora tem um significado que no fim resume o que toda mulher é: uma apostadora e corajosa mulher.

VEJA MAIS

image Kamilla Salgado revela perda de bebê e sonho de engravidar novamente
A paraense é casada com Eliéser Ambrósio, e juntos, eles são pais de Bento

Com a chegada da maternidade, Adrya, 26, começou a pensar em abrir seu negócio. Ela, que era estudante de jornalismo e trabalhava como assessora de comunicação, engravidou no último semestre da faculdade. Devido a uma gravidez de risco, precisou trancar o curso e decidiu não retornar ao mercado para aproveitar a primeira infância do filho Benjamim, agora com 3 anos. "Decidimos eu e meu esposo que até os dois anos dele eu ficaria em casa e, com isso, meu esposo saiu do emprego, pois trabalhava como empregado, e foi abrir o próprio negócio. Um negócio administrado por nós dois, próximo à nossa casa", conta.

"Apesar de empreender ser algo desafiador, ser mãe também faz parte dos desafios da vida", diz Laysce.

 ideia de expandir o negócio logo veio, mas, Adrya, além de querer algo que gostasse, não queria que tomasse todo o seu tempo e, assim, ela ficasse ausente na vida do filho, o que se tornou algo desafiador nesse processo. "O mais desafiador é deixar a criança, porque eu, Adrya, sempre tive pais presentes, eu sempre tive uma infância muito família. (...) Então queríamos passar para ele sobre família, união, companheirismo. Depois que se é mãe, nunca mais você consegue focar 100% no trabalho, porque os pensamentos sempre estarão no filho, se ele está bem, se já comeu...", comenta.

image Stefanya e Laysce vivem o desafio de ser mães e empreendedoras (Arquivo pessoal)

Surgiu a ideia de empreender em um negócio desafiador 

Apesar do nicho que trabalha atualmente ser voltado para crianças, a ideia inicial era expandir o que já tinham, no segmento de celulares. Mas para a empreendedora deveria ser algo que a encantasse. Junto com o seu esposo, Adrya decidiu que era a hora de voltar ao trabalho e, para isso, eles começaram a pesquisar e descobriram que no Shopping Metrópole Ananindeua ainda não havia algo totalmente voltado para o infantil. Então nasceu a loja Planeta Store.

"Na verdade, foi da noite pro dia. Eu entrei em contato com a comunicação do shopping, me falaram que eu tinha que apresentar um projeto. Montei um plano e vim pro shopping. Foi aprovado, e aí surgiu o Planeta Store. Eu criei a identidade visual, eu construí o nome, eu fui afundo procurar um brinquedo, porque eu não queria nada do mesmo. Lógico que alguns brinquedos a gente precisa ter, que são comuns, mas eu queria algo diferente", diz ela, explicando as estratégias usadas como empreendedora. "Construir uma marca até que se torne grande é um trabalho de formiguinha", avalia.

Com esse mesmo pensamento de começar um negócio para se tornar grande, a mãe e também empreendedora, Laysce Bomfim, 39, se tornou sócia da Bloom Estética, também no Shopping Metrópole Ananindeua.

"Conciliar a vida de mãe e a vida de empresária é bem difícil, porém precisamos mostrar pros nossos filhos o quanto somos fortes e capazes. Que tudo que tem Deus e que é feito com amor no final compensa", destaca Laysce.

A estética nasceu na vida de Laysce a partir da sua sócia, Stefanya, que começou a estudar a possibilidade de montar uma clínica e a convidou para fazer parte do negócio. Laysce, que já atuava como contadora em outras empresas, agora gerencia a sua própria. Mãe de três, Gabriel (13), Rafael (10) e Miguel (2), a empreendedora, que nunca havia pensado em ter seu próprio negócio, se dedicou a estudar e conhecer o ramo no qual atua hoje, que, inclusive, é um dos que mais cresce.

"Apesar de empreender ser algo desafiador, ser mãe também faz parte dos desafios da vida", diz Laysce. Segundo a gestora, quando os filhos nascem, tanto o amor quanto as responsabilidades crescem. "Conciliar a vida de mãe e a vida de empresária é bem difícil, porém precisamos mostrar pros nossos filhos o quanto somos fortes e capazes. Que tudo que tem Deus e que é feito com amor no final compensa", destaca.

Para elas, montar um negócio em shopping gera conforto e segurança na hora de começar a empreender. Independente do segmento, a todo momento há fluxo de pessoas, e esse ir e vir se fixa, mesmo que inconscientemente, o nome da loja na mente dos clientes, se tornando um espaço estratégico para aqueles que desejam empreender. "Pra mim, foi uma decisão muito acertada", garante Laysce.

Mulheres são a maioria no centro de compras

De acordo com o superintendente do Shopping Metrópole Ananindeua, Antônio Maziviero, as mulheres são a maioria nos empreendimentos no centro de compras. "O empreendedorismo ganha outra conotação quando é exercido por mulheres. E ficamos felizes em sermos escolhidos por quem está começando nessa jornada e reconhece os benefícios de se investir em lojas no shopping", diz ele.

 

 

Palavras-chave

Ananindeua
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS DE ANANINDEUA

MAIS LIDAS EM ANANINDEUA