Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Miss Pará Beleza Negra é de Ananindeua: modelo Nayra Monteiro impressiona na passarela

Durante o concurso, a jovem, que hoje sonha em ganhar as passarelas do Brasil, participou de workshops de moda, ensaios fotográficos e desfiles

Luiz Cláudio Fernandes

A ananindeuense Nayra Monteiro foi eleita a nova Miss Pará Beleza Negra na noite do último domingo (8), no palco do Teatro Estação Gasômetro, em Belém. Com apenas 16 anos de idade, ela representou Ananindeua disputando o título com diversas candidatas de todo o estado.

Com seu traje típico, intitulado "Olímpia a Matriarca do Quilombo do Abacatal", Nayra se destacou entre as correntes. “Para mim foi uma honra representar o município que eu tanto amo, com respeito às minhas origens e à minha negritude. Fui a porta-voz de um povo, o qual eu tive o imenso orgulho de homenagear”, disse Nayra.

VEJA MAIS

Miss e estilista homenageiam Ananindeua em ensaio fotográfico
Nayra se prepara para representar Ananindeua no concurso estadual Miss Pará Beleza Negra

Há 311 anos, quilombo do Abacatal, em Ananindeua, faz valer a palavra resistência
No dia da Consciência Negra, líderes do Quilombo do Abacatal promovem uma roda de conversa para debater o tema 'As múltiplas faces da África na Amazônia'

Quilombo do Abacatal festeja aprovação de jovens no vestibular da UFPA
Comunidade quilombola na área rural de Ananindeua ficou em festa após resultado do PSE da Universidade Federal do Pará

Ministério dos Direitos Humanos visita a Comunidade Quilombola Abacatal, em Ananindeua
Na visita, nesta sexta-feira (24), será anunciado recurso de emenda parlamentar à comunidade

Durante o concurso, a jovem, que hoje sonha em ganhar as passarelas do Brasil, participou de workshops de moda, ensaios fotográficos e desfiles. O Miss Pará Beleza Negra foi idealizado e realizado pela empresária cultural Élida Ferreira com o objetivo de engrandecer ainda mais a cultura paraense, além de resgatar as raízes do povo brasileiro. 

“Eventos como esse são importantíssimos para a valorização, o resgate e a manutenção da história de todo um povo”, avalia Nayra.

Nayra Monteiro está feliz com o reconhecimento (Will)

Traje “Olímpia, a rainha do Abacatal”

O traje de Nayra, elaborado pelo estilista Karlos Amílcar, é uma homenagem à fundadora da Colônia Quilombola do Abacatal em Ananindeua e faz uma alusão à resistência do povo negro na região metropolitana de Belém. A roupa tem elementos que remetem à soberania dessa líder negra nas vestimentas estilizadas  usadas em dia de festejos nas rodas de devoção aos santos do sincretismo religiosos de matriz africana.

Nayra junto ao estilista Karlos Amilcar e o maquiador Victor Duvarlier (Will)

O traje é bordado com pedrarias com motivos afro e com materiais rústicos, uma combinação que lembra a soberania e a resistência da matriarca. Foram usadas penas de faisão  para caracterizar ainda mais a cultura afrodescendente da Colônia Quilombola do Abacatal. O responsável pela produção e maquiagem utilizada no evento foi Victor Durvarllier.


 

Ananindeua
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS DE ANANINDEUA

MAIS LIDAS EM ANANINDEUA