Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

‘Nunca bebeu, nunca fumou, nunca usou drogas’, rebate mãe de Yasmin​

Eliene Fontes prestou depoimento, na tarde desta quarta-feira, 15, na Divisão de Homicídios

Ana Laura Carvalho

Em seu depoimento na tarde desta quarta-feira (15), na Divisão de Homicídios, a professora Eliene Fontes, mãe da influenciadora digital e estudante de medicina veterinária Yasmin Cavaleiro de Macêdo, de 21 anos, reafirmou que a filha não ingeria bebida alcoólica. “Nunca bebeu, em nenhum tipo de ocasião. Todos os amigos íntimos dela sabem disso. Era uma pessoa que não bebia. Os primos e amigos a chamavam para ser motorista quando bebiam. A Yasmin nunca bebeu, nunca fumou, nunca usou drogas. Ela era uma pessoa desportista. Nunca fez nada dessas coisas”, garantiu.

VEJA MAIS

Sites internacionais destacam morte de influencer paraense durante passeio de barco O tabloide atenta para as circunstâncias misteriosas do desaparecimento e morte da estudante Yasmin Cavaleiro de Macedo

Caso Yasmin: o que se sabe até agora sobre o acidente que vitimou influencer paraense Yasmin Cavaleiro Macêdo, de 21 anos, morreu após passeio de lancha no rio Maguari, em Belém

Após morte de Yasmin, homem que a presenteou com ursos de pelúcia afirma que não conhecia a jovem Ele estaria na mesma lancha que a influencer quando a jovem morreu

Dentre as falas que fez, a educadora reforçou que foi bloqueada em um aplicativo de mensagens instantâneas por uma amiga de Yasmin, após receber a notícia do desaparecimento. A frieza da amiga d​e​ Yasmin foi o que chamou a atenção de Eliene. “Ela me ligou quase uma hora da manhã, muito tranquila, muito calma. E o que me chama atenção também é que​,​ quando nós começamos a procurar por informações, ela não me atendia, não respondia mais”, lamentou.

“Ela diz que não, mas ela me bloqueou. Minhas mensagens não chegaram nela. Ela disse que não tinha área. Mas uma hora a mensagem chegou. Então, por que ela nunca me respondeu”, questionou. Ainda segundo Eliane, agora, com a repercussão do caso, ela foi desbloqueada.

VÍDEO: Pai de Yasmin se pronuncia sobre morte da influencer: 'Isso eu não aceito' Ele afirmou que quer saber o que de fato aconteceu com a sua filha Yasmin, que morreu em um passeio de lancha

Em áudio, ocupante da lancha detalha os momentos que Yasmin teria desparecido: 'a gente pode ter tido um descuido' Relato chegou até a família da vítima

'Ela bebeu porque ela quis, ela pulou porque ela quis', diz amiga de Yasmin que estava na lancha Em áudio enviado à família da estudante que morreu, jovem avisa sobre o desaparecimento

Nesta quarta-feira, a mãe de Yasmin voltou a fazer contato com a amiga de sua filha, mas continuou sem retorno. “Hoje já mandei mensagem. Coloquei algumas situações que eu fiquei sabendo, perguntei que tipo de amiga ela era e disse que ia ter justiça. Ela visualizou e ficou calada. Não me respondeu”, afirmou Eliene.

Os motivos que levam ao silêncio da amiga de Yasmin inquietam​ Eliene​. “Não sei se está com medo, se viu alguma coisa e não quer falar”, disse​ ​ao ​afirmar que não considera a moça como amiga de sua filha. “O comportamento dela não está sendo de uma pessoa amiga, de alguém que gostava da Yasmin. Se eu estivesse em uma lancha e alguém caísse ou se jogasse, eu ia atrás dessa pessoa, ficaria desesperada. Jamais ia ligar para a mãe da pessoa calma do jeito que ela me fez isso”, comenta Eliene, ao frisar que só quer saber a verdade​ a respeito do que realmente aconteceu com sua filha.​

Jovens que estavam na lancha com influencer apagaram publicações após tragédia, diz advogado As informações foram levantadas e confirmadas, na tarde desta terça-feira (14), pelo advogado da família da jovem, Afonso Silva

VÍDEO: Influencer aparece em vídeo na lancha momentos antes de morrer no Rio Maguari Yasmin Cavaleiro Macêdo, de 21 anos, foi filmada ao lado dos amigos dentro da embarcação. Morte da jovem é investigada pela Polícia Civil.

Clube diz que morte de influenciadora ocorreu a dez minutos de distância do estabelecimento Gran Marine Club diz que está se colocando à disposição das autoridades locais que já estão averiguando o ocorrido



O CASO

Uma história cercada de mistérios rodeia a morte da influenciadora digital e estudante de medicina veterinária, Yasmin Cavaleiro Macêdo, de 21 anos. Encontrada morta às 12h40 da última segunda-feira (13), em Icoaraci, a jovem teria se afogado no dia anterior, após um passeio de lancha pelo furo do Rio Maguari, em Belém, na noite de domingo (12).

Segundo o Corpo de Bombeiros do Pará e a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, Yasmin foi encontrada por mergulhadores do 1º Grupamento Marítimo Fluvial (1º GMAF), a aproximadamente 11 metros de profundidade, próximo do local indicado pelas testemunhas.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA