Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Klara Castanho faz primeira publicação após revelar estupro e gravidez: 'Dias difíceis'

A atriz se pronunciou pela primeira vez desde que uma carta aberta revelando que entregou um bebê para adoção após ser estuprada foi publicada nas redes sociais

Paula Figueiredo

A atriz Klara Castanho se pronunciou, na noite de quarta-feira (06), pela primeira vez desde que uma carta aberta revelando que entregou um bebê para adoção após ser estuprada foi publicada nas redes sociais. Na época, o comunicado foi feito após Antonia Fontenelle, Matheus Baldi e Léo Dias exporem o ocorrido.

VEJA MAIS

Klara Castanho engravida após estupro e desabafa sobre adoção do filho: "algo morreu em mim"
A quebra do silêncio veio após a Antonia Fontenelle noticiar a informação da ex-atriz mirim da Globo.

Conselho de enfermagem vistoria hospital de SP acusado de vazar informações de Klara Castanho
O hospital em que Klara ficou internada informou, em nota, que será aberta uma sindicância interna para investigar a denúncia feita pela atriz.

Klara Castanho: Entenda o caso e as múltiplas violências contra a atriz
A atriz teve sua vida pessoal mostrada de forma irresponsável desde a quebra do sigilo de sua equipe médica até a exposição por Antônia Fontenelle e Leo Dias

Na postagem, Klara compartilhou a foto de um pôr do sol à beira-mar e agradeceu todo o acolhimento e carinho que vem recebendo nesses tempos tão difíceis. "Os últimos dias não foram fáceis, mas eu queria vir aqui para agradecer por cada palavra de amor, de afeto e de acolhimento que eu recebi e venho recebendo. Todo esse carinho tem sido muito importante para mim e eu precisava dividir a minha gratidão com vocês. Obrigada do fundo do meu coração", disse ela inicialmente.

A atriz declarou ainda que está fazendo acompanhamento psicológico para lidar com o ocorrido e agradeceu o apoio dos amigos e familiares. "Eu sei que muitos de vocês estão preocupados comigo, mas quero dizer que estou me cuidando, fazendo acompanhamento psicológico e sigo cercada de profissionais que estão trabalhando para a preservação dos meus direitos", veja:

Entenda o caso

No dia 25 de junho, Klara Castanho revelou que foi vítima de um estupro e, mesmo tomando a pilula do dia seguinte, engravidou. Ela resolveu entregar o bebê para adoção seguindo todos os trâmites legais que a Justiça impõe. 

VEJA MAIS

Saiba como começou o vazamento da história de Klara Castanho
Episódio de vida íntima da ex-atriz mirim começou a ser divulgado no mês passado, mas se espalhou recentemente; violações contra a artista são muitas

Klara Castanho: projeto de lei que visa proteger quem optar por adoção deve ter o nome da atriz
O projeto é da deputada estadual Erica Malunguinho, do PSOL de São Paulo; Punição prevista para quem quebrar sigilo pode chegar a R$48 mil

No desabafo, ela declarou ter sido exposta e violada de muitas maneiras, uma vez que alguns profissionais de saúde envolvidos tiveram uma má conduta, dando informações a jornalistas e a obrigando a escutar o coração do bebê. Após o comunicado de Klara, Leo Dias publicou detalhes da gravidez e do nascimento da criança, mas retirou do ar em meio a uma enxurrada de críticas. No dia seguinte, o profissional pediu desculpas à atriz.

Por sua vez, Matheus Baldi foi o primeiro a expor o ocorrido, o que deu margem para muitos comentários agressivos serem direcionados a artista, inclusive de Antônia Fontenelle.

(Estagiária Paula Figueiredo, sob supervisão de Tainá Cavalcante, editora web de OLiberal.com)

Celebridades
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA