Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Segundo dia de greve de ônibus em Belém tem poucos veículos circulando e superlotação

Ao longo da BR-316, a circulação de ônibus ainda é muito pequena

Dilson Pimentel

Nas primeiras horas da manhã desta quarta-feira, 4, segundo dia de greve dos rodoviários, poucos ônibus estão circulando pelas ruas da capital paraense. A sensação é de cidade vazia.

Greve de ônibus em Belém: paralisação dos rodoviários entra no segundo dia
Empregados em empregadores deverão se reunir na Justiça do Trabalho nesta quarta (4)

Em Ananindeua, na garagem da empresa Viação Forte, na avenida Mário Covas dois ônibus saíram por volta das 5h30. Em frente à garagem, do outro lado da rua, há uma viatura da Polícia Militar, mas a situação é tranquila. 
"Desde às 4h da manhã saíram dois ônibus. Nós estamos fazendo cumprir, como sindicato, a decisão judicial de 40%. Tem poucos ônibus rodando, com certeza. Eles (os rodoviários) não vão cumprir os 40%, eu acho, porque quem está indignado com toda essa situação é a classe trabalhadora, por isso eles estão em casa", explicou o diretor de imprensa do Sindicato dos Rodoviários de Ananindeua e Marituba, Tito Melo.

Trabalhador da construção civil, Moacir Azevedo, de 48 anos, ficou à espera de ônibus por mais de meia hora. Morador do bairro do Aurá, ele chegou ao ponto de ônibus situado nas proximidades da Prefeitura de Ananindeua às 5h30 e 6h ainda não havia conseguido embarcar. No primeiro dia de greve ele foi obrigado a faltar ao trabalho, no bairro do Curió Utinga, em Belém, por falta de ônibus. "Vou esperar mais um pouco. Se não passar, é voltar para casa. Ontem eu não fui. Falei para o patrão, expliquei os motivos, ele entendeu", comentou. 


O zelador Roberto Maria, de 38 anos, que mora em Marituba e trabalha no bairro do Tapanã, em Belém, contou que perdeu um dia de serviço por conta da greve. "Ontem foi difícil. Passei uma duas horas na parada de ônibus, não tinha nenhum ônibus, não passou nada, nada, só mesmo van. Eu peguei uma carona para tentar chegar na BR-316, porque eu não moro próximo, e parei antes do viaduto. Eu fui até próximo do serviço e voltei, teria que pegar outro carro e não tive condições. Eu não sabia que tinha greve, fui saber que tinha greve aqui na BR, aí saí desprevenido, cheguei na metade do caminho, liguei para o serviço e voltei. A expectativa é que hoje tenha ônibus. Hoje já saí prevenido caso não tenha ônibus, vou ter que pegar um carro, uma van, vou ter que chegar no trabalho, não sei como, mas vou ter que chegar", disse, preocupado.

Superlotação

Ao longo da BR-316, pouca movimentação e superlotação. Muitos ônibus, já lotados, sequer param nos pontos para o embarque de mais passageiros. A Redação Integrada de O Liberal flagrou duas situações assim na BR, em Ananindeua.

Mais informações em breve.

Veja mais:

Transporte por aplicativos tem alta demanda em dia de greve de ônibus na Grande Belém
Nas redes sociais, usuários dos transportes por aplicativos publicaram reclamações e ironias afirmando que a greve dos rodoviários fez o preço dos aplicativos disparar

Greve de Ônibus: 750 mil usuários estão sem transporte na Grande Belém
O Setransbel, por nota, afirma que a greve dos rodoviários não cumpriu o prazo correto de notificação de 72 horas

Greve de ônibus: população reclama do preço da passagem do transporte alternativo
Passageiros apontam que preços quase dobraram

Greve de ônibus: coletivos voltam a circular parcialmente após decisão da Justiça
Medida atende à determinação da Justiça do Trabalho. Estimativa do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros (Setransbel) é que mais de 750 mil passageiros foram afetados.

Greve dos ônibus impõe aulas híbridas em instituições de nível superior em Belém
A paralisação dos rodoviários provocou mudanças na rotina dos estudos, com a volta das aulas online

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM