Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Caso Yasmin: delegado diz que tudo pode mudar com a reconstituição

Reprodução simulada deve apontar a verdade entre os mais de 50 depoimentos que o caso já tem

Camila Guimarães

Começou nesta terça-feira (12) a reconstituição dos momentos que antecederam ao desaparecimento e, posteriormente, morte, da influenciadora digital e universitária Yasmin Fontes Cavaleiro de Macêdo. O delegado diretor da Divisão de Homicídios da Polícia Civil (DH), Cláudio Galeno, considera que o resultado do trabalho pode mudar totalmente o rumo das investigações.

VEJA MAIS

Caso Yasmin: Reprodução simulada é uma das maiores já feitas no Pará
A previsão inicial é de que o trabalho seja concluído em dois dias

Caso Yasmin: laudo da reconstituição sai em 10 dias
Prazo é o tempo legal determinado para a conclusão desse tipo de procedimento, que envolve, para este caso, cerca de 200 pessoas

Caso Yasmin: mais de 200 pessoas farão a reconstituição da morte da influencer
Reprodução simulada é um evento que necessita de atores, voluntários e toda a equipe de segurança pública envolvida para analisar todas as versões possíveis até se chegar à versão mais próxima da realidade

Caso Yasmin: começa reconstituição da morte da influencer
Serão dois dias de trabalho da Polícia Científica do Pará e algumas das testemunhas, suspeitos e voluntários para reproduzir a noite em que a jovem estudante morreu, em meio a muitos mistérios

“Tudo é possível, porque o que uma testemunha disse para nós, dentro de uma sala, pode ser totalmente diferente do que ela vai dizer no momento da reprodução, porque, nessa hora, você não tem como correr. Por isso, é possível que tudo mude a partir dessa reconstituição”, garante.

Segundo o delegado, um dos grandes problemas no caso Yasmin, que tornaram as investigações tão complexas, são os depoimentos múltiplos. “Esse inquérito já tem quase quatro volumes, mais de 50 depoimentos, aproximadamente 900 páginas. Uma das pessoas envolvidas chegou a dar três versões diferentes”, relata.

Galeno conta que, entre as divergências nos relatos das testemunhas se encontram contradições quanto ao momento exato do desaparecimento de Yasmin de dentro da lancha e também o momento específico em que houve o disparo da arma de fogo, entre outros detalhes.

“De repente para algo que parecia ser um afogamento já começou a aparecer a arma de fogo, a questão do envolvimento amoroso… Eu sei que há argumentações que dizem que eles eram só amigos, mas, ao mesmo tempo, tem testemunhos que dizem que não”.

VEJA MAIS

Caso Yasmin: contradições podem surgir após perícia em celular, diz mãe da influencer
Eliene Fontes acredita que aparelho continha conversas com envolvidos no caso que podem acabar mudando o rumo das investigações

Caso Yasmin: 'Espero que alguma verdade apareça', diz mãe da influencer
Reconstituição dos fatos que levaram à morte de Yasmin Fontes Cavaleiro de Macêdo começa nesta terça-feira (12)

O delegado explica que todas as 18 pessoas que estiveram na lancha junto com Yasmin participam da reconstituição, bem como outras quatro pessoas que trabalham na marina e acabaram envolvidas por terem tentado encontrar a Yasmin na noite de 12 de dezembro. “Eles foram inclusive arrolados, todas as 22 testemunhas foram intimadas e todas estarão presentes”, afirma Galeno.

De acordo com a Polícia Científica do Pará (PCP), o laudo final sobre a reprodução simulada deve ser divulgado em até 10 dias úteis após a conclusão da reconstituição, que ainda continuará a ser feita ao longo de quarta-feira (13). “Eu garanto que a gente poderá responder sobre o que realmente aconteceu naquela noite quando a gente apresentar o relatório final, porque, na reprodução do acidente, a gente vai conseguir afirmar que uma testemunha faltou com a verdade no momento de depor”, afirma o delegado.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM