Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Obras do Estádio Municipal de Ananindeua são retomadas

Prefeito Doutor Daniel Santos e o Governador do Pará, Helder Barbalho, assinaram a ordem de serviço de conclusão e construção do Estádio Municipal de Futebol

Daleth Oliveira / O Liberal

Se tudo seguir conforme o planejado, a população de Ananindeua vai finalmente ter o seu primeiro estádio de futebol em fevereiro de 2023. Isso porque a Prefeitura e o Governo do Pará assinaram uma ordem de serviço de conclusão e construção do Estádio Municipal de Futebol, na rua do Cajuí, no bairro do Maguari.

O espaço tem 14 mil m² de área construída e contará com uma completa infraestrutura capacitada para receber 10 mil espectadores. Vestiários, complexos de banheiros ao público em geral e para pessoas com necessidades especiais (PNE), placar, torres de iluminação moderna de LED, cabine de imprensa, lanchonete, estacionamento com 425 vagas aos torcedores e 35 vagas privativas também estão previstas no projeto.

A retomada da obra é resultado de um investimento de mais de R$13 milhões, com a promessa de que o novo esportivo vai garantir as ações de esporte e lazer dos atletas e moradores da região.

“O estádio representará mais um equipamento esportivo para o nosso Estado, para a Região Metropolitana, fazendo com que além da prática do futebol profissional, nós possamos implementar  atividades educacionais, trazendo nossa juventude e crianças de Ananindeua para usar este espaço”, disse o governador Helder Barbalho durante solenidade de assinatura da ordem de serviço.

Edimilson Santos sonha em ver o estádio pronto (Akira Onuma)

“O estádio municipal é uma obra muito aguardada pela população, graças a parceria do Governo do Estado vamos poder assinar e entregar o estádio municipal. O prazo de conclusão dos serviços dado pela empresa é de 20 meses”, ressaltou o prefeito de Ananindeua, doutor Daniel Santos.

População sonha com a entrega

Inicialmente, a obra que foi iniciada em 2008, durante a gestão do ex-prefeito Helder Barbalho, seria entregue em 2013 com capacidade para receber 25 mil pessoas. Na época, a Prefeitura conseguiu R$ 11,5 milhões, assegurados pelo Ministério do Esporte, a partir de emendas da deputada Elcione Barbalho, com contrapartida da Prefeitura. Porém, mesmo com os recursos, o projeto nunca foi concluído.

Os anos se passaram e só hoje, em 2021, as atenções se voltaram para o espaço. Entretanto, mesmo com tanto tempo de espera, a população continua sonhando com a entrega do estádio. “Faz muito tempo que começou essa obra, já tem mais de dez anos. Fizeram só um lado da arquibancada e parou. Eu e toda população quer ver esse estádio entregue, vai gerar emprego e renda, além de ser um espaço de lazer para juventude. Mas espero que terminem agora de vez”, disse Edimilson Santos, autônomo e morador do bairro.

Desempregado, Gilberto Paixão não vê a hora do estádio ser entregue à comunidade. Ele conta que acredita que com o espaço funcionando, portas de emprego vão se abrir, podendo inclusive, o beneficiar. “Muitas pessoas podem trabalhar aqui, só tem que terminar a obra logo”, desabafou.

Esporte
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS DE ANANINDEUA

MAIS LIDAS EM ANANINDEUA