Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Câmara de Ananindeua aprova PL que pretende implantar brinquedos mais inclusivos em praças

Caso sancionado pelo prefeito Dr. Daniel Santos, praças e escolas do município deverão se tornar espaços mais acessíveis a todos os públicos

Daleth Oliveira

Os vereadores de Ananindeua, cidade da região metropolitana de Belém, aprovaram em decisão unânime o projeto de lei 002/2021, que dispõe sobre a disponibilidade de brinquedos adaptados para crianças com deficiência em locais públicos. A votação ocorreu durante sessão ordinária da Câmara nesta terça-feira, 28.

Caso sancionado pelo prefeito Dr. Daniel Santos, praças e escolas do município deverão se tornar espaços mais acessíveis a todos os públicos. Para o autor da proposta, Breno Mesquita (PV), os novos equipamentos devem aproximar as crianças uma das outras, independentes das diferenças físicas que, às vezes por falta de meios acessíveis, as distanciam.

“Com esse projeto, a gente vai estar incluindo as pessoas com deficiências, dando oportunidade de brincar, ter um balanço e outros brinquedos importantes para promover essa inclusão. Dessa forma, vamos permitir que esta criança brinque com as demais nas praças e escolas públicas”, conta otimista.

Caso o projeto seja sancionado pelo prefeito Dr. Daniel Santos, Ananindeua será o primeiro município do Pará a ter praças com brinquedos adaptáveis. Breno adianta que o conjunto Villya no bairro Guajará I será o primeiro espaço da cidade a receber uma praça com brinquedos adaptáveis.

Mikael precisa de uma cadeira de rodas elétrica para se locomover (Sidney Oliveira / O Liberal)

O presidente do Instituto de Pessoas com Deficiência de Ananindeua (IPDA), Gleison Macedo, conta que a iniciativa alegra membros da instituição, bem como as famílias que devem ser beneficiadas. “É um sentimento maravilhoso saber dessa conquista para as crianças com deficiência e os filhos da pessoa dita normal, ver eles alegres, podendo brincar em um espaço público. Para as mães, não existe presente melhor do que esse: ver a alegria dos seus filhos por ter um lugar adaptado e acessível com  brinquedos para as crianças com deficiência”, conta animado.

Priscila Monteiro é mãe do Mikael, de 9 anos, uma criança muito esperta, mas que precisa de uma cadeira de rodas elétrica para se locomover, pois nasceu com síndrome artrogripose múltipla congênita, que enfraquece os músculos dos membros superiores e inferiores, limitando seus movimentos.

No bairro do Guajará, onde vivem, ela conta que sente muita dificuldade para encontrar um espaço de lazer para o filho. “Quando a gente sai, se depara com a falta de acessibilidade nos lugares que parecem serem feitos sem contar com a presença de pessoas com limitações físicas”, desabafa.

Para ela, caso o projeto seja executado, uma praça no bairro que atenda Michel, vai beneficiar não apenas ele, mas toda a família que quer se divertir junto. “Hoje ele só brinca no balanço se for no colo do pai, mas com um brinquedo adaptado, vai ser maravilhoso levar nossos filhos para brincar juntos”, finaliza alegre.

 

Ananindeua
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS DE ANANINDEUA

MAIS LIDAS EM ANANINDEUA