Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Ananindeua vacina remanescentes de 40 a 44 anos que ainda não tomaram a 1ª dose anticovid

A vacinação encerra às 13h30, é necessário levar CPF, RG, cartão SUS e comprovante de residência

Emanuele Correa

Para quem tem entre 40 e 44 anos e ainda não tomou a primeira dose da vacina anticovid, em Ananindeua, pode se vacinar até às 13h30 em um dos nove postos do município, levando CPF, RG, cartão SUS e comprovante de residência. Além da vacinação remanescente, os profissionais da saúdem também recebem a terceira dose de reforço.

Na paróquia Nossa senhora do Amparo, na cidade nova 8, a procura foi grande no início da manhã. Até às 11h30, 500 pessoas receberam a primeira dose e 100 pessoas da área da saúde tomaram o reforço da 3° dose, que está sendo aplicada desde a quarta-feira (13).

Luana paes, enfermeira do posto ESF Laranjeira do Icuí-guajará conta que a adesão pelos remanescente é boa e que a expectativa é vacinar pelo menos mil pessoas até o final da vacinação do dia no posto do "Amparo". "Foi intenso de manhã, pois estamos aplicando primeira dose dos remanescentes e também a terceira dose dos profissionais da saúde. A gente pretende até 13h30 fechar mil aplicações de primeira dose... Muitas pessoas estão aderindo a primeira dose da vacina, mesmo que num calendário remanescente. Estamos tendo uma procura muito alta. Ficamos felizes", comemora.

Júnior Silva, 39 anos, é da área de saúde e tirou a manhã para fazer o reforço, o rapaz conta que o exemplo começa pelos profissionais e, assim, a sociedade sente-se mais segura para fazer o reforço, quando chegara a hora. "Além de reforço, para a minha segurança eu passo uma segurança para a família e colegas de trabalho, sociedade... Nós enquanto profissionais da saúde temos que dar exemplo. Mostrando que a vacina é benéfica, passamos para as pessoas que estão nas idades que podem aderir. Ficamos felizes", afirma.

Andreia Oliveira, 44 anos, revela que perdeu o calendário de primeira dose por medo, por acreditar em fakenews, mas que hoje ela quer ser exemplo para que os demais membros de sua família também decidam se vacinar. "Eu estava com medo de tomar a vacina, aquela besteiras que falaram. Eu me esclareci, e vim. Eu me sinto bem, vou poder andar e me sentir mais segura. Também vou ser exemplo para incentivar a minha família a tomar. Vou ficar de olho no calendário para tomar a segunda dose" conta.

Ananindeua
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS DE ANANINDEUA

MAIS LIDAS EM ANANINDEUA