Indústria brasileira precisa retomar seu protagonismo, diz Alckmin

Vice-presidente assumiu o cargo de ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços

O Liberal
fonte

O vice-presidente da República, Geraldo Alckmin (PSB), assumiu o cargo de ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, em cerimônia no Palácio do Planalto, nesta quarta-feira, 4, com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e por quase todo o primeiro escalão do governo federal. As informações são da Agência Estado e Agência Brasil.

Para Alckmin, a indústria brasileira precisa urgentemente retomar o protagonismo na economia e expandir a participação no Produto Interno Bruto (PIB). Segundo ele, a reindustrialização é essencial para o desenvolvimento sustentável, sob o prisma da justiça social que a legitima.

VEJA MAIS

image 'Serei ministro para o Brasil inteiro', diz Jader Filho, empossado ao Ministério das Cidades
Em discurso durante posse da chefia do Ministério das Cidades, o paraense afirmou que vai olhar para todas as regiões do país

image Ministro da Pesca e Aquicultura, André de Paula quer criar política de geração de renda a pescadores
Ele também pregou a promoção do desenvolvimento sustentável da pesca para desenvolver renda e segurança alimentar aos trabalhadores

image Gestão será pautada pela eficiência, diz ministro da Integração e Desenvolvimento Regional
Waldez Góes assumiu a Pasta nesta terça-feira

image Ministro de Direitos Humanos, Silvio Almeida diz que buscará apoio de outras Pastas
Segundo ele, governo precisará atuar de forma multiministerial para enfrentar o número de jovens vítimas de violência no país

"As mudanças climáticas, o pós-covid e guerra na Europa indicam a necessidade de uma política de reindustrialização com participação do setor produtivo, da academia, da sociedade e do setor externo. É imperativo a redução de emissão dos gases estufa e apoio ao baixo carbono, privilegiando energias limpas. O Brasil será o grande protagonista do processo de descarbonização da economia mundial", disse Alckmin.

“Vamos trabalhar pelo emprego, pela distribuição”

Segundo o novo ministro, o investimento tecnologias para integrar o Brasil cadeias globais de valor indústria é essencial, pois, para cada R$ 1 investido na indústria, a economia ganha 2,43 vezes mais, com impactos positivos em todos os setores da economia. "Vamos trabalhar pelo emprego, pela distribuição de renda, em apoio a indústria, o comércio e o setor de serviços. É urgente a reversão da desindustrialização precoce no prazo, que reclama uma clara política de competitividade industrial contemporânea", disse.

"Salvo períodos do governo Lula, o que se viu nos últimos anos foi seu encolhimento, chegando a 11,3% em 2021", afirmou ele, comparando a indústria brasileira com a dos Estados Unidos, que dobrou de tamanho no mesmo período; a do mundo, que aumentou em dez vezes; e da China, com crescimento de 47 vezes. "A desindustrialização é precoce e grave, joga contra o presente o compromete o futuro", disse o vice e ministro. "O presidente Lula pede com urgência uma política moderna de desenvolvimento da indústria, que parte do diagnóstico correto, seja bem desenhada e seja implantada corretamente, com avaliação apropriada com métricas e mecanismos para medir resultados, que seja continuada no tempo, porque tem se processo de maturação", afirmou.

Política
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA