Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Sargento da PM é executado a tiros em Marituba

Marivaldo Lopes da Silva, de 49 anos, estava cedido à Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap)

Caio Oliveira

Em mais um caso de violência contra os agentes de segurança que atuam nos presídios do Pará, o policial militar Marivaldo Lopes da Silva, de 49 anos,  cedido à Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), foi morto a tiros da noite desta segunda-feira, em Marituba, Região Metropolitana de Belém.

Irmão de sargento da PM é executado a tiros na frente de casa em Abaetetuba Ebson da Conceição estava dentro de um veículo, quando foi abordado por dois homens em uma motocicleta

Sargento da PM é agredido por bando e tem arma roubada em Alenquer Envolvidos foram presos e arma foi recuperada horas depois

Policiais do 21º Batalhão (BPM) informaram que o crime foi por volta das 21h30, quando o policial, que era sargento da PM, chegava a sua casa, na rua São Francisco, bairro Novo de Marituba. De acordo com testemunhas, Marivaldo e sua esposa estavam chegando do supermercado na noite de segunda. Ele desceu da motocicleta para abrir o portão quando um homem de arma de fogo em punho o abordou, gritando "perdeu" repetidas vezes.

Sargento da PM é alvo de atentado em Santarém, no oeste do Pará Dupla em uma motocicleta disparou diversos tiros contra veículo do PM Gilson, atualmente lotado na 1ª Companhia Independente de Policiamento Ambiental (Cipamb)

Em seguida, o homem atirou várias vezes contra o PM. Após concluir o ataque, o atirador foi até um carro que o esperava e fugiu do local do crime, em alta velocidade. Viaturas do 21º BPM chegaram ao local logo em seguida, mas não conseguiram encontrar os responsáveis pelo ataque.

Policiais discutem dentro de delegacia e sargento da PM morre após ser baleada pelo colega Polícia Militar informou que investiga o caso

Ataques são constantes

Segundo a SEAP, seis policiais penais foram mortos no Pará apenas em 2021. O mais recente foi Wellington Cláudio Lima Coimbra, lotado na Central de Triagem da Cidade Nova, executado a tiros na noite do último sábado (10), no bairro Icuí-Guajará, em Ananindeua, Região Metropolitana de Belém (RMB). Com o assassinato do sargento Marivaldo, que estava trabalhando para o sistema penitenciário, esse foi mais um episódio que demonstra o perigo que os agentes que atuam nos presídios vêm correndo no Estado.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA