logo jornal amazonia

'Magrão' é morto a facadas na noite desta quarta-feira (28), em Parauapebas

Ainda não há detalhes sobre a motivação e autoria do homicídio

O Liberal

Um homem identificado apenas pelo apelido “Magrão” foi morto a facadas no início da noite desta quarta-feira (28), no bairro Casas Populares II, em Parauapebas, no sudeste do Pará. A vítima seria uma pessoa em situação de rua. Ainda não há detalhes sobre a motivação e autoria do homicídio. Também não se sabe quantos golpes foram desferidos contra o homem.

VEJA MAIS

Tumulto é registrado em sessão ordinária da Câmara Municipal de Parauapebas
Guardas municipais e policiais legislativos precisaram intervir para conter ânimos de apoiadores políticos de grupos divergentes

Confusão em bar termina com jovem baleado em Parauapebas
Imagens gravadas por um aparelho celular mostram o momento em que um homem desce da moto e saca uma pistola para atirar em seu desafeto

Dois jovens são encontrados mortos com marcas de tiros em Parauapebas
De acordo com a Polícia Militar (PM), uma das vítimas não tinha mais sido vista desde quarta-feira (21)

A Polícia Militar foi acionada e isolou a área do crime, até a chegada da Polícia Civil e da Polícia Científica do Pará (PCP). Os peritos analisaram e removeram o cadáver para a sede do Instituto Médico Legal (IML). Exames cadavéricos serão realizados para determinar a causa exata da morte.

O trabalho investigativo da Polícia Civil será essencial para identificar e prender os autores do crime. Para isso, testemunhas deverão ser ouvidas e imagens de câmeras de segurança analisadas para esclarecer também a dinâmica do homicídio. O caso será investigado por meio de um inquérito policial.

Moradores registraram o momento em que o corpo estava jogado ao chão. A vítima aparece sem camisa, apenas de short. Próximo do cadáver é possível ver uma sandália. O calçado pode ser de “Magrão” e levanta a possibilidade de ele ter tentado correr para fugir de seus algozes, mas sem sucesso.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA