Morre jornalista americano expulso de estádio no Qatar por vestir camisa LGBT

No finalzinho da noite desta sexta-feira (9), foi confirmada a morte do jornalista americano Grant Wahl

Thainá Dias

Uma notícia triste finalizou a noite desta sexta-feira (9). Foi confirmada a morte do jornalista americano Grant Wahl. O comunicador de 48 anos realizava a cobertura da Copa do Mundo 2022, no Catar, e se envolveu em um episódio marcante há quase duas semanas. Grant passou mal no Lusail Stadium, onde cobriu as quartas de final entre Holanda x Argentina, e não resistiu. A morte foi confirmada pela federação de futebol dos Estados Unidos.

Vale ressaltar que ainda no dia 21 de novembro, enquanto trabalhava para a CBS Sports, o jornalista foi impedido de entrar em um dos estádios da Copa do Mundo por vestir uma camisa com um arco-íris, em apoio aos direitos da comunidade LGBTQIA+. Ele desabafou no seu twitter pessoal após o episódio: "segurança da Copa do Mundo do Catar me deteve por 25 minutos por usar uma camiseta de apoio aos direitos LGBT, pegou meu telefone à força e exigiu com raiva que eu tirasse minha camiseta para entrar no estádio. Eu recusei", afirmou. 

VEJA MAIS 

image Mulheres trans precisam se alistar? Conheça a lei e saiba o que fazer nesse caso
É necessário a apresentação de documentos retificados para se livrar do alistamento; Entretanto, caso a mulher se sinta constrangida no momento do exame físico, é recomendada a saída do local e a busca de um grupo de apoio

image Rússia endurece leis contra propaganda LGBTQIA+
Medida restringe na prática qualquer tipo de manifestação

image Bares LGBTQIA+ mostram história de orgulho
De Stonewall à Belém, luta por respeito à diversidade marca história de empreendimentos da noite

O irmão do jornalista, Eric Wahl, publicou um vídeo nas redes sociais em que declarava ser gay, e, por essa razão, o uso da camisa com o arco-íris. O familiar acredita que seu irmão tenha sido assassinato no país sediador da Copa do Mundo 2022. 

Cultura
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA