Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Assistente admite não ter conferido arma entregue a Baldwin: 'chocado e triste'

Na véspera do caso, que levou à morte da diretora Halyna, o assistente de câmera Lane Luper pediu demissão alegando 'preocupações significativas' com a segurança em torno das armas no set

O Liberal

O assistente de direção David Halls, responsável por entregar a Alec Baldwin a arma que causou a morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins no set de filmagem, confessou que não conferiu a arma antes de deixá-la com o ator. Em pronunciamento feito na útlima segunda-feira (1), ele expressou comoção e tristeza e disse estar "chocado e triste" pelo fatídico episódio. Essa foi a primeira declaração pública de Halls desde a tragédia. As informações são do UOL.

Veja mais:

Alec Baldwin fala pela primeira vez desde tiro acidental que matou diretora O astro ressaltou que não poderia se manifestar sobre os detalhes da investigação a pedido da polícia

Arma usada por ator em filmagens era legítima, diz promotora Acusações criminais não estão descartadas

"Halyna Hutchins não era apenas uma das pessoas mais talentosas com quem já trabalhei, mas também uma amiga", escreveu em comunicado enviado ao jornal New York Post. Na nota, ele também disse que tem recebido "amor e apoio". "Meus sentimentos estão com todos que conheciam e amavam Halyna. Espero que essa tragédia leve a indústria a reavaliar seus valores e práticas, para garantir que ninguém seja ferido durante o processo criativo".

Equipe de ‘Rust’ brincou com as armas antes da morte de diretora Membros atiraram em latas de cerveja algumas horas antes de Halyna Hutchins ser morta por Alec Baldwin

O filme "Rust" estava sendo rodado no Novo México, no sul dos Estados Unidos.

HALLS DEVERIA CONFERIR AS ARMAS

O nome de Halls entrou no circuito de críticas da internet desde que ele confessou, durante interrogatório, que não havia conferido totalmente a arma que entregou a Baldwin antes do incidente. O diretor e a especialista em armas Hannah Gutierrez-Reed eram os responsáveis por manusear e conferir as munições. Ambos deveriam anunciar quando o material estava seguro para ser utilizado.

Filho de Donald Trump ironiza tragédia e põe à venda camisa debochando de Alec Baldwin Na camisa, o ator é visto como persona non grata pela família Trump

Filha de Bruce Lee lamenta acidente em ‘Rust’ com ator Alec Baldwin Brandon Lee morreu jovem ao ser atingido por uma bala durante gravações do filme "O Corvo"

Halls contou aos detetives que investigam o caso que deveria ter confirmado que todas as balas do revólver eram falsas, mas não o fez. Isso provocou que Baldwin disparasse uma munição real contra Halyna e contra o diretor do longa, Joel Souza. 

CASO ALEC BALDWIN: entenda como tiro acidental matou diretora durante gravação de filme Halyna Hucthins, de 42 anos, morreu na última quinta-feira (21)

Alec Baldwin dispara arma em set de filmagem e mata diretora durante gravação de filme Halyna Hutchins tinha 42 anos e chegou a ser levada de helicóptero a um hospital, mas não resistiu

Na véspera do caso, o assistente de câmera Lane Luper pediu demissão alegando "preocupações significativas" com a segurança em torno das armas de fogo e dos explosivos no set. Segundo Luper, até àquele momento dois disparos acidentais de armas e uma explosão acidental de efeitos especiais haviam sido feitos perto da equipe entre as cenas. 

Cultura
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA