#if(!$m.request.preview.inPreviewMode)
CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
#end

Você Repórter

Com Mariana Azevedo e Wellyda Farias

Mande sua história ou denúncia e ela poderá ser transformada em notícia. Aqui é Jornalismo Colaborativo!

Travessia na avenida Centenário é arriscada por falta de sinalização, denuncia Rafael Nascimento

Denúncias de moradores apontam que existe risco para a travessia na avenida Centenário, próximo ao conjunto Catalina, no bairro do Mangueirão, em Belém. O problema ocorre por conta da faixa de pedestre com tinta quase apagada, conforme comenta o assistente administrativo Rafael Nascimento, de 31 anos.

Mariana Azevedo

Pela segunda vez, o assistente administrativo Rafael Nascimento, de 31 anos, está denunciando a falta de sinalização na avenida Centenário, no bairro do Mangueirão, em Belém. No sentido que dá acesso às avenidas Centenário e Augusto Montenegro a situação permanece a mesma: não há sinalização, a faixa de pedestre está completamente apagada.

"Nada foi resolvido, a Semob disse que mandaria uma equipe para verificar a situação, se mandou, a gente não sabe. E se veio nunca resolveu porque é um problema simples, é só para pintar novamente a faixa de pedestres, ajeitar toda sinalização da Centenário e fiscalizar. Eles dizem que fiscalizam, mas não é verdade. Não fiscalizam, não tem em nenhum horário agente de trânsito aqui, nem nos horários de pico, de manhã cedo e no final da tarde", desabafa Rafael.

VEJA MAIS 

image Pintor Nelson Trindade reclama de buraco na rua Diogo Móia, em Belém
Moradores de Belém estão preocupados com o risco que representa um buraco no asfalto que surgiu na rua Diogo Móia, entre a avenida Alcindo Cacela e a travessa 9 de Janeiro, no bairro do Umarizal em Belém. O Pintor Nelson Trindade, de 59 anos, afirma que esse problema existe há cerca de um ano e que já presenciou alguns veículos caindo no buraco.

image Aposentado reclama sobre buracos na passagem John Engelhard, no bairro da Pratinha
Moradores, lojistas e outras pessoas que trafegam pela passagem John Engelhard, no bairro da Pratinha, em Belém, reclamam sobre as condições da via, no perímetro entre a avenida Arthur Bernardes e a rua São Clemente.

image Moradores da Marambaia reclamam que estão há quase 2 meses sem coleta de lixo
A dona de casa Selma Monteiro e a cozinheira Aldecina Brandão relatam as dificuldades enfrentadas diariamente pelos moradores na passagem São Pedro, no bairro da Marambaia, em Belém

O denunciante conta que há três dias o semáforo parou. "Isso interfere na travessia dos pedestres e também no fluxo do trânsito, porque tem um retorno bem aqui. Então o que já era ruim, piorou ainda mais com essa situação. A movimentação é intensa aqui, entrada e saída da cidade. Inclusive está sendo reformada uma creche aqui, então, como vão retornar as aulas desta creche nesta situação? ", questiona Rafael.

A situação é preocupante, pois acidentes são constantes no local, mesmo quando a sinalização está funcionando, sem semáforos, o período fica redobrado. "Inclusive, no final de semana houve um acidente com um rapaz de moto. Aqui é comum ter acidentes, pela imprudência, pela falta de sinalização, porque até mesmo o motorista prudente não sabe onde está a faixa de pedestre, não sabe a divisão. Por incrível que pareça, uma avenida tão importante de caminho para o Mangueirão, está completamente abandonada", lamenta.

“Pedimos que a Semob venha até a avenida Centenário, pinte faixa de pedestre novamente e, principalmente, fiscalize com radares ou coloque agente de trânsito aqui, pelo menos nos horários de mais intensidade no trânsito”, finaliza. 

Em nota, a Superintendência Executiva de Mobilidade Urbana de Belém (Semob) informa que uma equipe técnica esteve no local na tarde de ontem para solucionar o problema no referido semáforo e que uma equipe vai verificar a situação da sinalização na área para providências necessárias.

“A Semob orienta que o condutor siga as regras de circulação previstas no CTB, dirigindo com mais atenção nos casos de semáforos em alerta intermitente. Seguindo as leis de trânsito, o condutor evita imprudências, infrações, multas, sinistros e mortes no trânsito”, diz a nota. 

O projeto Você Repórter é uma iniciativa do Grupo Liberal, que busca reforçar a proximidade com os leitores e internautas, incentivando ainda mais o jornalismo colaborativo. Para participar das reportagens e conteúdos, compartilhando histórias, denúncias e sugestões de matérias com a redação de O Liberal, acesse www.oliberal.com/voce-reporter. Você também pode se conectar usando o QR Code ao lado ou pelo WhatsApp (91) 98565-7449. A equipe de reportagem irá checar as informações e publicar o conteúdo em todas as nossas plataformas.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Você Repórter
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

OUTRAS NOTÍCIAS