Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Pastor é preso após supostamente aplicar golpes em integrantes de igreja de Belém

A Polícia acredita que ao menos três pessoas foram vítimas do religioso que costumava dar golpes em pessoas integrantes da igreja

Saul Anjos

O pastor de uma igreja evangélica de Belém, identificado como Enoque Samuel Lopes Ferreira, 54 anos, foi preso em flagrante nesta segunda-feira (20), suspeito pelo crime de estelionato. O religioso foi apresentado na Seccional da Sacramenta. As informações são do Debate Carajás. 

A Polícia acredita que ao menos três pessoas foram vítimas de Enoque. Entre uma delas, um empresário, que não quis se identificar, membro da congregação liderada pelo suspeito, disse que teve um prejuízo de R$ 120 mil

VEJA MAIS 

'Mendigos têm dever bíblico de passar fome', diz pastor em redes sociais
Declaração gerou revolta e Marcos Granconato se disse assustado com a repercussão: ‘estou sendo linchado’

Pastor de Goiás que já responde na Justiça por estelionato, é investigado por aplicar novos golpes
O prejuízo estimado é de pelo menos R$ 15 milhões

PF prende pastor acusado de promover discurso de ódio contra judeus e gays
Ele também costuma fazer pregações racistas, contra a vacina anti-Covid e contra o voto

A Polícia Militar contou que o pastor costumava dar golpes em pessoas integrantes da igreja. Ele pedia contribuições na ajuda de custo das obras no templo. No entanto, as melhorias não eram realizadas, configurando o crime previsto no artigo 171 do código penal. 

Duas outras vítimas estiveram na Seccional da Sacramenta e afirmaram que perderam R$ 30 mil e R$ 40 mil nos golpes. Enoque segue à disposição da Justiça.

Como denunciar golpe com o Pix: veja o que fazer e descubra quais são os golpes mais comuns
Confira as principais medidas para denunciar as fraudes no Pix e saiba como se proteger

Como denunciar golpe no WhatsApp
Confira o passo a passo para denunciar tentativas de golpes no WhatsApp

Ajude a Polícia

Quaisquer informações que possam ajudar na solução do caso podem ser encaminhadas ao Disque Denúncia (181). A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer telefone. Também é possível mandar fotos, vídeos, áudios e localização para a atendente virtual Iara, pelo WhatsApp (91) 98115-9181. Em ambos os casos, não é necessário se identificar.

VEJA MAIS 

Polícia Civil prende, em Altamira, pastor acusado de estupro de vulnerável
Pelo menos três vítimas denunciaram o pastor, que já está à disposição da Justiça

Pastor acusado de estupro por 5 mulheres teria abusado menina de 12 anos
Vítimas procuraram a polícia para relatar os abusos sofridos

Corpo do pastor que prometeu ressuscitar no terceiro dia é enterrado após o fim prazo
Huber Carlos Rodrigues deixou uma declaração afirmando que passaria por um 'mistério de Deus'

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA