Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Parede de construção cai e mata pedreiro em Igarapé-Miri

A vítima ainda foi socorrida, mas não resistiu.

O Liberal

​Um pedreiro, identificado apenas como “Joãozinho”, morreu após uma parede desabar sobre ele, na manhã desta segunda-feira (2), na Vila Maiauatá, em Igarapé-Miri, no nordeste do Pará. As informações são do site Debate Carajás.

VEJA MAIS

Corpo de pedreiro é encontrado amarrado em rio, sem orelhas e olhos, em São Paulo
Homem estava desaparecido desde 8 de abril e foi encontrado boiando com marcas de tiros

Falso pedreiro é preso após dar golpe em idosos e desviar R$ 1 milhão
Pedindo favores pessoais, ele conseguiu transferências de dinheiro com promessas de compras de materiais de construção supervalorizados

Ajudante de pedreiro morre engasgado com churrasquinho em Ananindeua
Vítima da fatalidade estava voltando do trabalho

Testemunhas relataram que o trabalhador tentava derrubar as paredes de uma construção, quando uma das estruturas desabou e o atingiu. O pedreiro foi socorrido imediatamente e levado para o posto de saúde da localidade. Em seguida, ele foi transferido para o Hospital Sant’Ana, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

A Polícia Civil do Pará foi comunicada e acionou a Polícia Científica para fazer a remoção do corpo para fazer a necropsia. O exame, realizado no Instituto Médico Legal (IML), deverá apontar a causa da morte.

“Joãzinho” era considerado por aqueles que o conheciam uma excelente pessoa e profissional. “Uma tristeza muito grande. Desejo conforto aos familiares”, “Lamentável. Perdemos uma grande pessoa e um ótimo trabalhador”, “Meus sentimentos à família. Muito triste casos assim”, lamentaram as pessoas nas redes sociais.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA