Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Influencer que morreu em passeio de lancha ganha mais de 5 mil seguidores após acidente

Para pesquisadores, comportamento é explicado socialmente

O Liberal

A influenciadora Yasmin Cavaleiro, de 21 anos, que morreu após desaparecer durante um passeio de lancha no último domingo (12), já ganhou mais de 5 mil seguidores no Instagram desde que a sua morte foi anunciada. Na segunda-feira (13), quando o desaparecimento já havia sido confirmado, a estudante tinha 19,9 mil seguidores na rede social. Na manhã desta terça-feira (14), o número total na página já chega a 26,5 mil. 

VEJA MAIS

Clube diz que morte de influenciadora ocorreu a dez minutos de distância do estabelecimento
Gran Marine Club diz que está se colocando à disposição das autoridades locais que já estão averiguando o ocorrido

Comoção e busca de respostas marcam sepultamento de influenciadora encontrada morta em rio de Belém
Na saída para o sepultamento, além da tristeza e luto, as dúvidas era o que mais incomodavam os presentes

Em páginas que comentam notícias de Belém, alguns seguidores perceberam o aumento e criticaram a postura de quem passou a segui-la após a tragédia. 

"Agora ela vai ganhar muitos seguidores, é sempre assim", disse uma, sendo complementada por outra que questionou o motivo dessa postura. "Pra que seguir uma menina que morreu?".

RESIGNIFICAÇÃO DOS ESPAÇOS DIGITAIS 

Alguns autores que trabalham com a temática da morte enxergam nesse comportamento uma nova forma de manifestação do luto. Para eles, a atitude de seguir é como uma "manifestação de pesar" ou uma "ida a um velório, uma espécie de homenagem póstuma". "É um novo modo de presença do sujeito no mundo", afirma Renata Rezende, em seu artigo  intitulado "'A multiplicação dos mortos': comemoração e constituição da memória nas comunidades virtuais".

Familiares e amigos se despedem de influenciadora paraense em velório
Yasmin Cavaleiro Macêdo, de 21 anos, foi encontrada morta após desaparecer no último domingo (12) durante passeio de lancha

'Todos que estavam na lancha, agora, sumiram’, diz advogado sobre morte de influenciadora
Advogado de acusação falou sobre a morte da influenciadora Yasmin Cavaleiro Macêdo, de 21 anos

Para outros pesquisadores, como Andréia Martins, essa ida aos perfis e a atitude de seguir é uma forma de demonstrar a quem faleceu que a pessoa não foi esquecida e prestar condolências não só a quem se foi, mas aos familiares também. Além disso, seria um mandeira de demonstrar, socialmente, o sentimentalismo pela partida de quem se foi, de mostrar que aquela morte também o aflige e de "se deixar saber presente na ocasião da morte de alguém", como define a autora em "Plateias da morte: discutindo o fim da vida em comunidades e Velórios Virtuais".

'Amigos de farra não são amigos!', declara amiga de influenciadora encontrada morta após passeio
Por meio de uma postagem no Instagram, a jovem fez uma publicação indignada sobre o caso de Yasmin Cavaleiro de Macêdo, de 21 anos. As duas estavam juntas horas antes da tragédia.

Influenciadora digital desaparece durante passeio de lancha em rio de Belém
Em nota, o Corpo de Bombeiros informou que as buscas continuam em andamento no local

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA