CONTINUE EM OLIBERAL.COM
X
logo jornal amazonia

​Homem é assassinado a facadas após discussão em Icoaraci; suspeito foi preso em flagrante

Nas imagens que circulam nas redes sociais, o corpo da vítima, ainda não identificada, aparece no chão em frente à um mercadinho de bairro

O Liberal

Rogério da Silva, conhecido como “Titan”, de 51 anos,  foi assassinado a facadas na tarde deste sábado (19), após uma discussão com um segundo homem, identificado como Anderson Fernandes, de 44,  em frente à um mercadinho localizado na Rua Souza Franco entre Siqueira Mendes e Manoel Barata, no bairro do Cruzeiro, no distrito de Icoaraci, em Belém. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local do crime.

VEJA MAIS

image Homem é assassinado a tiros dentro de caminhonete em Canaã dos Carajás
Uma testemunha gravou um vídeo que pode ajudar a Polícia Civil a encontrar o autor do crime

image Assassinato em Santarém: homem sai de casa de madrugada e é morto com pelo menos 6 tiros
De acordo com familiares, a vítima saiu da sua residência localizada próximo ao local do crime, possivelmente atraída por seu algoz

image Itaituba: Homem que matou o próprio pai é assassinado a tiros por dupla em motocicleta
A vítima fazia uso de monitoramento eletrônico e foi encontrada com aproximadamente 200 gramas de entorpecentes

As informações iniciais são de que Rogério e Anderson se desentenderam, e o mesmo golpeou a vítima na região de pescoço, levando-o à morte. A motivação da briga não chegou a ser revelada e o suspeito foi preso em flagrante e levado à Seccional de Icoaraci pelos agentes.

O 10º Batalhão da Polícia Militar (10º BM) atendeu a ocorrência e ouviu as testemunhas. A Equipe da Divisão de Homicídios, da Polícia Civil, esteve no local para realizar as diligênciais, e o IML para recolher o corpo. 

Em nota, a Polícia Civil informou que autuou em flagrante o suspeito de matar um homem. "O suspeito está à disposição da Justiça", disse no texto enviado ao jornal.

A Equipe de Reportagem soliciou nota à Polícia Militar para saber mais detalhes do caso.

 

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Polícia
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA