Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Filho acusado de matar o próprio pai com golpes de terçado é julgado em Santarém

Na versão do acusado ele matou o pai para se defender

Ândria Almeida/ O Liberal

O réu Leilson de Souza, 43 anos, acusado de matar o pai, Luiz Fernandes de Sousa, a golpes de terçado, após um desentendimento entre eles será, julgado nesta quinta-feira (23). O crime ocorreu na noite de 27 de setembro de 2021, na Avenida Borges Leal, bairro do Caranazal, em Santarém. No dia do assassinato, Leilson teria ferido a vítima com 5 golpes de terçado, que chegou a ser levado para o Hospital Municipal de Santarém, mas acabou não resistindo aos ferimentos e veio a óbito. O julgamento será presidido pelo juiz Gabriel Veloso de Araújo, titular da 3ª Vara Criminal de Santarém.

VEJA MAIS

PRF põe sigilo de 100 anos em processos de agentes que mataram Genivaldo em ‘câmara de gás’
Polícia Rodoviária Federal se recusa a informar, até mesmo, a quantidade de processos administrativos envolvendo os policiais

Casal é preso ao tentar falsificar documento em cartório de Parauapebas
O tabelião responsável pelo cartório disse que o documento tinha características de ser falso e acionou a Polícia que prendeu a dupla

Na época do ocorrido, o homem relatou a equipe de reportagem de O Liberal, que há 40 anos foi abandonado pelo genitor que foi morar no garimpo, mas o pai teria retornado há 3 anos ao convívio familiar, que segundo ele era bem turbulento."Era briga em cima de briga”, contou. Ele alegou não ter bebido ou consumido drogas na ocasião do crime.

Ataque à agência da Caixa deixa uma pessoa ferida na noite desta quarta
Suspeitos ainda teriam atirado contra quartel da polícia depois de não conseguirem abrir o cofre da instituição

Ainda de acordo com Leilson, no último desentendimento entre ele e a vítima, o pai teria partido para cima dele com uma faca e, na tentativa de afastar o genitor, ele teria jogado um pedaço de pau, mas isso teria deixado o pai mais furioso, os dois travaram uma briga e o pai caiu em cima da faca e morreu.

‘Eu não cometi nada, foi ele que tentou me matar. Olha a minha cabeça, apenas me defendi. Dei uma rasteira nele e ele caiu por cima da faca. Não tivemos desentendimento, ele que era brigão lá em casa. Chegava lá querendo ser autoritário”, detalhou na época.

O acusado afirmou ter agido em autodefesa e disse que estava arrependido. “Eu sinto muito, estou muito arrependido, era meu pai. Muitas vezes eu pedia para ele parar com as ignorâncias dele, mas era muito brabo. Foi uma defesa pessoal, aconteceu o que aconteceu pela parte dele, não era para ter acontecido”, enfatizou.

Homem que matou o pai a golpes de terçado será julgado nesta quinta-feira (23) 
Tribunal do Júri será em Santarém

No entanto, a versão dada pelo acusado contraria a informada pelo atendimento do Samu.” Quando chegamos no local a vítima já estava em choque, chocado, a nossa equipe colocou na ambulância, mas ele entrou em PCR dentro da ambulância e foi confirmado o óbito dele na sala de estabilização do PSM. Foram cinco facadas, uma no abdômen, uma na lateral do tórax, duas na região posterior das costas e uma na coxa, só em locais graves’, relatou o coordenador do Samu, Joziel Colares, na noite do crime.

Vizinhos acionaram a polícia e Lenilson foi preso em flagrante na mesma noite do ocorrido. Ele está preso há oito meses aguardando o julgamento que está marcado para esta quinta-feira (23).

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA