Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Suspeito de envolvimento em homicídio morre durante intervenção policial

Lucas Monteiro Castro, vulgo "Bistecão" e "Bart", gostava de ostentar fotos com armas e drogas

O Liberal

Na tarde deste sábado (23), uma intervenção policial resultou na morte de Lucas Monteiro Castro, de 24 anos, em Tomé-Açu. A polícia informou que ele tinha passagem por roubo. O jovem tinha apelidos diferentes por onde morou. Em Moju, ele era mais conhecido como “Bistecão”, e em Tomé-Açu, como “Bart”. Os dois municípios pertencem à região nordeste do Pará. Com informações do site Tomé-Açu em Foco.

VEJA MAIS

Traficante de drogas morre durante confronto com a polícia em Marabá
Joelson de Jesus Serra da Silva, conhecido como "Nego", de 19 anos, foi morto na manhã desta quarta-feira (20), após atentar contra a polícia

​Operação termina com um suspeito morto no conjunto Eduardo Angelim
A ação da Polícia Militar teve como objetivo capturar membros de facções criminosas que atuam naquela região

Suspeito de tráfico de drogas é morto ao reagir abordagem policial em Santa Maria do Pará
O homem foi socorrido, mas não resistiu e morreu

Conforme, ainda, a polícia, Lucas Castro era filho de um ex-vereador do município de Moju, e teria fugido do município há cerca de um ano, após ser acusado de estar envolvido em uma agressão a um homem.

A polícia informou também que ele costumava ostentar nas redes sociais e em grupos de aplicativos de mensagens instantâneas, imagens com armas e drogas. A polícia investigava se Lucas também estava envolvido com tráfico de drogas e roubos, além de envolvimento na morte do ''DJ Malucão'', no município de Moju.

DJ tem mãos amarradas e é assassinado a tiros em Moju
A motivação do crime contra o homem ainda é desconhecida, mas deve ser esclarecida pela Polícia Civil

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA