Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

DJ tem mãos amarradas e é assassinado a tiros em Moju

A motivação do crime contra o homem ainda é desconhecida, mas deve ser esclarecida pela Polícia Civil

O Liberal

​Um homicídio registrado no município de Moju, no nordeste paraense, chocou os moradores na tarde da última segunda-feira (25). O corpo da vítima, identificada como “David Malucão”, também conhecida como DJ Malucão, foi localizado no bairro Bela Vista. O homem foi encontrado com as mãos amarradas. Moradores da área teriam informado à polícia que chegaram a ouvir o barulho de cinco disparos de arma de fogo. Os assassinos fugiram logo após o crime e ainda não foram localizados. Com informações do site Moju News. 

VEJA MAIS

Batedor de açaí é morto na frente de casa no Pará
José Antônio Vilhena pode ter sido morto por engano, segundo hipótese inicial levantada pela Polícia Civil

Homem é morto com tiro na cabeça durante a madrugada em Abaetetuba
O caso foi registrado na rua Siqueira Mendes com a travessa Padre Pimentel, no bairro do Algodoal, em Abaetetuba, no nordeste paraense

Duplo homicídio em Redenção: casal é encontrado morto dentro de carro; criança presenciou o crime
O automóvel foi localizado em uma vicinal. As vítimas são Gracilene Galvão Moraes e um homem identificado apenas como Brás

A Polícia Militar isolou a área até a chegada da Polícia Cien​​tífica do Pará (PCP), que trabalhou na análise da cena do crime e do corpo de “DJ Malucão”. Policiais civis também estiveram no local para apurar as primeiras informações que devem nortear as investigações.

Além de trabalhar como DJ, “David Malucão” também era locutor de uma loja do município de Moju. A motivação do crime contra o homem ainda é desconhecida, mas deve ser esclarecida pela Polícia Civil.

A PCPA pede que qualquer informação que ajude a localizar os suspeitos seja repassada ao Disque Denúncia, através do número 181.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA