Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Almeirim completa dois dias sem luz: Equatorial ainda apura queda de torre de energia

Governador pede celeridade nos trabalhos para que o fornecimento de energia seja retomado no município.

Enize Vidigal

O município de Almeirim, no Baixo Amazonas, está há mais de dois dias com o fornecimento de energia elétrica interrompido devido à queda de uma torre de transmissão. Pelo Twitter, o governador Helder Barbalho disse, neste domingo, 29, que está cobrando a solução do problema à concessionária Equatorial, responsável pela distribuição da eletricidade no estado do Pará. Em nota, a empresa afirma que está com 40 técnicos trabalhando no restabelecimento do serviço, além de ter alugado geradores de eletricidade para a retomada do atendimento no hospital municipal e a retomada do fornecimento de água no município.

A interrupção de energia iniciou às 11h53 da sexta-feira, 27. Somente à noite foi localizada a torre de transmissão que caiu em área de difícil acesso, entre Jurupari e a sede do município de Almerim.

VEJA TAMBÉM

Sem luz e água, Almeirim espera geradores para manter hospitais e até delegacia
Equatorial diz que ainda não há previsão de normalizar fornecimento e toma medidas, como aluguel de equipamentos, para atender emergencialmente município

População de Almeirim faz filas para comprar gelo e carregar celulares
A cidade enfrenta blackout há dois dias. Morador conta a rotina sem luz, água e dificuldade de sinal de celular.

“A Equatorial Pará informa que mais de 40 técnicos continuam trabalhando sem medir esforços e recursos nas ações para normalizar, no menor tempo possível, o fornecimento de energia do município de Almeirim”, inicia a nota da empresa.

Embarcações e helicóptero estão sendo empregados para levar os materiais necessários à realização do trabalho de manutenção da torre. “Por ser equipamentos de grande porte e a logística desafiadora, o transporte desse material necessitou de cuidado e tempo para chegar ao local do incidente”, acrescenta.

Serviços essenciais foram afetados com a falta de luz e, por isso, a empresa alugou geradores para o hospital municipal e a Companhia de Saneamento, mas segue em busca de mais geradores para normalizar o serviço da delegacia.

“A Equatorial Pará lamenta os transtornos e informa que as causas da queda da torre estão sendo apuradas e ainda não há como informar uma previsão para reestabelecer o fornecimento de energia do município”, finaliza a nota.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ