Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Greve de ônibus: sindicatos garantem 100% de paralisação e esperam negociações com empresários

Por enquanto, ainda não há novas rodadas de negociação previstas. "Quem sofre as consequências é quem não tem nada a ver", diz sindicalista.

Dilson Pimentel

Sindicatos dos rodoviários da Grande Belém afirmam que a adesão à greve é de 100%. Desde as 5h, as equipes da Redação Integrada de O Liberal estão nas ruas e não foram vistos ônibus. Somente veículos intermunicipais e vans e micro-ônibus do transporte alternativo, que estão com preços elevados. Por enquanto, ainda não há rodadas de negociação entre os trabalhadores e os empresários para solucionar a questão.

VEJA MAIS

Greve de ônibus: população reclama do preço da passagem do transporte alternativo
Passageiros apontam que preços quase dobraram

Greve de ônibus: novo formato de veículos e salários são motivos da paralisação
O vice-presidente do Sintrebel afirma que os empresários estão propondo mais ônibus sem cobradores, o que preocupa a categoria

Greve de ônibus: rodoviários paralisam atividades a partir desta terça-feira, 03
Serviços serão paralisados em Belém, Ananindeua e Marituba

"Os rodoviários cruzaram os braços porque não aceitamos as propostas salariais que foram apresentadas. A tarifa teve reajuste de 11% e nos ofereceram 4%, sendo que estamos há três anos sem um reajuiste digno. Quem está sofrendo as consequências é quem não tem nada a ver. Neste momento, 100% de paralisação", disse Huellem Ferreira, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rodoviários de Ananindeua e Marituba (Sintram).

Greve de Ônibus: 750 mil usuários estão sem transporte na Grande Belém
O Setransbel, por nota, afirma que a greve dos rodoviários não cumpriu o prazo correto de notificação de 72 horas

Huellem, no entanto, garante que a categoria está aberta a negociações. "Assim que chamarem para uma negociação, vamos participar e então chamar a assembleia para decidirmos o andamento da greve", concluiu o sindicalista.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ