Em 24 horas, Pará tem 3 rodovias interditadas após fortes chuvas; 6 municípios foram afetados

Trechos foram visitados pelo governador Helder Barbalho, na tarde desta terça-feira (28). O Governo do Estado garantiu obras rápidas para as regiões afetadas

Camila Guimarães, Dilson Pimentel e Victor Furtado
fonte

Em 24 horas, as fortes chuvas que caem sobre o Pará resultaram em rompimentos e desabamentos de três rodovias estaduais: a PA-252, a PA-481 e a PA-150. Com isso, seis municípios conectados por essas estradas foram diretamente impactados, ainda que haja rotas alternativas para todos. Após sobrevoar as áreas atingidas, o governador Helder Barbalho garantiu que a resposta será rápida para recuperar as pistas.

O caso mais recente ocorreu na rodovia PA-150, na manhã desta terça-feira (28). Uma linha de bueiro se rompeu devido à força e volume de água — potencializados pelas fortes chuvas da região — que passava pela linha de bueiro da estrada, entre os municípios de Goianésia do Pará e Tailândia.

image Um caminhão carregado quase não consegue passar e acabou tombando logo após a pista se romper (Reprodução / Redes Sociais)

No momento em que o trecho da PA-150 estava se rompendo, passava uma carreta carregada de soja. Parte do compartimento de carga caiu junto com o asfalto e o veículo tombou às margens da pista, com um dos eixos de rodas soltos. O motorista não se machucou. "Uma equipe já foi mobilizada para fazer a recomposição do trecho da linha de bueiro rompida, onde está sendo construído um desvio para garantir o fluxo de veículos", informou a Secretaria de Estado de Transportes do Pará (Setran-PA).

LEIA MAIS

image PA-150 se rompe entre Goianésia do Pará e Tailândia após fortes chuvas na região; vídeo
É a segunda rodovia a se romper no Pará em 24 horas. A primeira foi a PA-252, entre Acará e Moju

image Rompimento da PA-252: moradores contam os estragos do alagamento que partiu rodovia e inundou casas
Na manhã de segunda, 27, a rodovia se rompeu e casas ficaram tomadas pelas águas do igarapé Traquateua após fortes chuvas que caíram na região

image Cratera interdita PA-481, rodovia que liga Barcarena e Abaetetuba
PA-481 ficou intrafegável desde segunda-feira, 28. Dentro do buraco, grande fluxo de água aumenta o risco de agravamento do problema

Crateras e interdição total na PA-481, entre Abaetetuba e Barcarena

Na segunda-feira (27), duas crateras se abriram na rodovia PA-481, que liga os municípios de Barcarena e Abaetetuba. Os buracos interditaram metade da pista, mas ainda com beiradas que podem seguir cedendo e ampliando o risco de desabamento total. O trânsito na área precisou ser interrompido devido aos riscos. "A expectativa é que ocorra liberação do tráfego em meia pista até esta quarta-feira (29). Como rota alternativa, os motoristas podem utilizar as rodovias PA-483 para acessar Barcarena, PA-409 para Beja e PA-252 para ir para Abaetetuba", informou a Setran.

image Defesa Civil e Demutran de Barcarena orientam rota alternativa para evitar a pista interditada. (Reprodução de redes sociais)

A Defesa Civil e o Departamento Municipal de Trânsito (Demutran) de Barcarena emitiram uma nota afirmando que a situação é de interdição total e orienta que quem precisa chegar ao município deve usar o acesso ainda disponível pela rodovia PA-151. "Todas as medidas estão sendo tomadas para manutenção da rodovia e o retorno a normalidade", diz a nota.

image Vista aérea da área rompida da rodovia PA-252 e da comunidade de entorno, que ficou alagada (Marcos Santos / Agência Pará)

Governador sobrevoa áreas atingidas e garante "respostas imediatdas"

“Nós estamos seguindo para pontos de estradas na PA-150 e na PA-252, onde, frente às fortes chuvas das últimas horas, houve rompimento. Isso exige respostas imediatas, para garantir a trafegabilidade das estradas e o escoamento da produção, para evitar o isolamento de cidades, e, é claro, manter a logística do nosso estado. Portanto, são ações imediatas para devolver a normalidade do fluxo nas estradas atingidas pelas chuvas”, disse o governador Helder Barbalho.

Entre Acará e Moju, a PA-252 foi a primeira a se romper, ainda na manhã de segunda-feira (27). O desabamento da pista ocorreu no trecho do km 40, onde o tráfego está totalmente interditado, perto da vila São Sebastião, que ficou totalmente alagada e com a comunidade prejudicada. Setran-PA orienta que as rotas alternativas são pela Alça Viária ou pela PA-475, em direção à Vila de Palmares. Duas viaturas do Batalhão de Polícia Rodoviária, da Polícia Militar, estão no local orientando os condutores, como garante o órgão.

image Ao menos 6 municípios foram diretamente afetados pelos rompimentos e interdições nas estradas, que agora precisam de rotas alternativas (Igor Mota / O Liberal)

“A Secretaria de Transportes tem equipes de sobreaviso em suas regionais espalhadas pelo Pará para agir com rapidez e agilidade em casos de estradas cortadas. Já estamos atendendo às orientações do governador, trabalhando para garantir o restabelecimento do tráfego em todas as estradas que foram cortadas esta semana”, pontuou Adler Silveira, titular da Setran.

Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Pará
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ