Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Castanhal se despede de Ery Holanda, Secretário de Cultura e Turismo

O Secretário de Cultura de Castanhal e Turismo morreu de parada cardíaca na madrugada de terça-feira (13)

Patrícia Baía

O Secretário de Cultura e Turismo (Secult) de Castanhal, Ery Holanda, morreu no começo da madrugada de terça-feira (13), logo após dar entrada na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24h do município. De acordo com a filha, Luciana Holanda, o secretário tinha problemas renais, mas não era cardíaco. “Ele se sentiu mal no domingo à noite e piorou na noite de segunda e foi levado para a UPA onde teve uma parada cardíaca. Faleceu de madrugada. Meu pai fazia tratamento renal, mas não tinha nada no coração. Fui tudo tão rápido”, disse.

Ery Holanda era bastante conhecido no meio artístico paraense e muito querido no município. Era músico, cantor e compositor. Na década de 80 recebeu o título de “Príncipe do brega paraense” e gravou canções com artistas como Haroldo Reis, Tom Cléber e participou da Banda Sayonara. “Ele foi um grande nome da música brega paraense. E dono de uma discografia importante para a nossa cultura. Era um amigo e tínhamos muitos projetos que estavam para ser colocados em prática. Foi uma pena e uma perda lastimável. O Ery vai fazer muita falta”, contou o jornalista, Eládio Reis.

Ery Holanda completaria 61 anos de idade no sábado (17) e de acordo com os amigos, o secretário estava animado para as comemorações. “Não deu tempo. Mas certamente seria muito bem comemorado. O Ery fechou um ciclo. Ele terminou a vida como Secretário de Cultura, sendo que ele foi cantor, compositor e músico. Ele vivia e respirava a arte e a cultura”, disse a amiga, Janete Oliveira.

VEJA MAIS

Festival junino de Castanhal, no nordeste paraense, está de volta
A tão esperada quadra junina será festejada com muita alegria e empolgação por toda a cidade

Empreendedores têm a oportunidade de mostrar o trabalho desenvolvido no beneficiamento do açai
O município reúne a maior concentração de indústrias atuando nesse mercado promissor. São 28 empresas de beneficiamento do fruto e mais de dez açaiterias.

O coordenador de Cultura da Secult, Thiago Cardoso, destacou o trabalho que Ery desenvolveu nos dois anos que esteve à frente da secretaria. “Ele deixa um legado para o município por sempre ter estado envolvido com a arte. Aprendi muito com ele e pudemos fazer muitas coisas nesses dois anos de governo. Tivemos a volta do Festival Junino de Castanhal e a realização do Primeiro Festival do Açaí de Castanhal. Esse em especial era um sonho, porque Castanhal tem muitas fábricas de açaí”, contou.

O último trabalho do secretário foi a organização do I Fórum de Cultura de Castanhal, que é realizado dia 17 de setembro. “Ele estava muito empenhado porque graças a todos esses trabalhos que a secretaria está realizando, o município vai passar a receber recursos das leis Aldir Blanc e Paulo Gustavo”, contou o coordenador, Thiago Cardoso.

O corpo de Ery Holanda é velado na capela Campo Santo e o sepultamento ocorre às 16h no cemitério São José.

Pará
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM PARÁ

MAIS LIDAS EM PARÁ