EU REPÓRTER

Clique aqui e mande sua história ou denúncia e ela poderá ser transformada em notícia. Aqui é Jornalismo Colaborativo!

Calçadas estão cobertas por mato no bairro do Mangueirão, dizem moradores

Denúncias afirmam que a situação chega a ser perigosa devido o grande risco de atropelamentos

Carolina Mota
fonte

Moradores da rua Damasco, no bairro do Mangueirão, em Belém, reclamam do descaso com a rua que está sem limpeza e manutenção, causando trnastornos em quem reside e trafega na área. Segundo relatos, há anos as calçadas estão cheias de mato, impedindo o tráfego de pedestres.

De acordo com denuncias enviadas à equipe do Eu Repórter, o mato alto toma conta da calçada de toda a extensão da rua, obstruindo a passagem, fazendo com que as pessoas precisem andar na pista que tem um fluxo considerável de veículos, o que pode gerar atropelamentos.

VEJA MAIS

image Mário Covas está repleta de buracos no asfalto e mato nas calçadas, afirmam denúncias
Moradores contam que acidentes são comuns na área


image Residentes da rua da Marinha denunciam estacionamento de carros na calçada
Oficina estaria usando as calçadas, impedindo o tráfego de pedestres

Vídeos cedidos à reportagem mostram que em determinada parte da via não é possível identificar a existência de calçadas no local, por conta do mato que toma conta da área destinada à pedestres.

Um denunciante anônimo conta que a sensação é de abandono e descaso, pois mudou-se recentemente para a rua e mal consegue caminhar na área em segurança. "Tem sido uma dor de cabeça andar aqui", diz.

A redação integrada do jornal O Liberal solicitou nota para a Secretaria Municipal de Saneamento e aguarda retorno.

O projeto Eu Repórter é uma iniciativa que busca reforçar a proximidade com os leitores e internautas, incentivando ainda mais o jornalismo colaborativo. Para participar das reportagens e conteúdos, compartilhando histórias, denúncias e sugestões de matérias com a redação de O Liberal, basta acessar o site eureporter.grupoliberal.com ou enviar suas informações para o Whatsapp (91) 98565-7449, onde será iniciada uma conversa diretamente com repórteres da redação. A denúncia pode ser feita de forma anônima.

(Carolina Mota, estagiária sob supervisão de Mariana Azevedo)

Eu Repórter
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS NOTICIAS EUREPORTER