Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Exclusivo: Bonamigo avalia passagem no Remo, revela torcida e diz: 'Respeito por essa camisa'

Treinador confirma que pediu para deixar o Remo após a derrota para o Sampaio Corrêa-MA, pela Série B

Fabio Will / O Liberal

Rodado no futebol brasileiro, com bagagem de ter comandado grandes clubes, o técnico Paulo Bonamigo encerrou a sua segunda passagem pelo Remo. Em entrevista exclusiva ao OLiberal, o treinador falou do período em que esteve no Remo, fez o balanço do retorno ao Baenão e falou que teve 'respeito e dignidade' pelo clube azulino ao pedir para deixar o Leão Azul.

Ouça a entrevista completa:

O treinador de 60 anos chegou ao Remo para conquistar seu segundo acesso na carreira pelo clube azulino, mas lamentou não ter alcançado títulos mais uma vez. Ele citou o calendário apertado e plantel desfigurado por conta da covid-19, além das saídas de atletas na transição de uma temporada para outra, como situações.

Técnico ex-Paysandu e Náutico revela sondagem do Remo, que nega conversa Presidente Fábio Bentes afirma que clube busca outro perfil de treinador

Especulado para assumir o Leão, técnico ex-Paysandu afirma: 'Ninguém do Remo ligou' Paulo Bonamigo não resistiu à derrota para o Sampaio-MA e deixou o clube

“Foi uma passagem extremamente vitoriosa no Remo. Assumi na Série C, tivemos um acesso. Na fase de planejamento tivemos a covid-19, que nos atrapalhou muito no final da Série C, entrando na Copa Verde e eu ficando 30 dias [de fora], quase não pude trabalhar em cima do planejamento desta temporada nesse período de transição", relembra.

"Fomos à final da Copa Verde com um time de garotos, mesclado com o que sobrou da Série C, infelizmente fomos eliminados em uma semifinal [do Parazão], apresentando o melhor futebol e saindo nos pênaltis e de forma invicta, até na Copa do Brasil, que fazia um bom tempo que o Remo não chegava à terceira fase. E isso ajudou muito o clube a ter um fôlego financeiro", completou.

Remo oficializa e Paulo Bonamigo não é mais técnico do time Treinador deixa o cargo o dia seguinte à derrota para o Sampaio Corrêa, pela Série B

Bonamigo também concordou que o time não estava desempenhando o futebol que se esperava. "É evidente que, agora [na Série B], não estava encontrando o caminho do encaixe do time, muito em função dos jogos seguidos e estarmos rodando bastante o elenco em função da equipe”, ponderou.

Momento certo

Carinho, respeito e dignidade na hora de “pedir o boné”. Paulo Bonamigo revelou que deixou o clube após o jogo contra o Sampaio Corrêa-MA, na derrota de 2 a 0, no Baenão. O treinador avalia que o Remo ainda pode sair dessa situação na Série B, confia em uma formatação do elenco e afirma que vai ficar sempre na torcida pelo Leão Azul.

Complicou! Remo perde para Sampaio Corrêa no Baenão, aumenta o jejum e permanece no Z-4 da Série B Com mais uma derrota, o técnico Paulo Bonamigo deve estar na corda bamba. Mas a diretoria azulina não comentou nada até o momento

“Estou muito feliz, sei que era o momento que eu tinha que sair. O treinador tem que ter essa dignidade de saber o momento em que ele não está conseguindo extrair resultados em cima daquilo que está sendo planejado. Por todo respeito que eu tenho por essa camisa, eu ontem depois que aconteceu dento daquela partida [contra o Sampaio Corrêa], que foi bem atípica, aí eu procurei pedir a minha saída. Mas de uma forma geral vou ficar torcendo sempre pelo Remo, na expectativa , o grupo está sendo formado ainda e tenho total confiança que o Remo vai dar a volta por cima sem dúvida nenhuma”, finalizou.

Na história

Bonamigo mesmo não conquistando títulos em duas passagens pelo Remo, cravou seu nome na história do clube com dois acessos. O primeiro ocorreu na temporada de 2000, na Copa João Havelange, onde levou o Leão Azul à Série A, porém, por questões políticas envolvendo a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o Remo acabou ficando de fora da elite do futebol brasileiro em 2001. Após vinte anos, Bonamigo retornou ao clube azulino, dessa vez na Série C e conquistando o acesso para a Segunda Divisão, retornando à competição nacionalapós 14 anos.

Bonamigo, uma "gestação" no Remo

Números

Nesta última passagem pelo Remo, Paulo Bonamigo comandou o time em 44 partidas. Foram 22 vitórias, 14 empates e oito derrotas, com o Leão chegando às finais da Série C e também da Copa Verde, sendo derrotado por Vila Nova-GO e Brasiliense-DF.

Remo
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM REMO

MAIS LIDAS EM ESPORTES