Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Relembre a última goleada do Paysandu sobre o Remo, no Campeonato Paraense; vídeo

Caso o Papão vença o jogo de quarta-feira (6), às 20h, na Curuzu, pelo mesmo placar, a partida vai para os pênaltis

Aila Beatriz Inete

O Paysandu enfrenta o Remo, pelo jogo de volta da final do Parazão, nesta quarta-feira (6), às 20h, na Curuzu. Em casa, o Papão vai tentar reverter o placar de 3 a 0, feito pelo Leão no último domingo (3). Se a situação já é complicada, o retrospecto para a equipe bicolor não é nada bom. O Bicola não vence a equipe azulina por três gols de diferença desde 2019. 

VEJA MAIS

Ex-presidente do Paysandu relembra Cuiabaço antes da final do Parazão: 'É bom não esquecer' Papão precisa reverter uma vantagem de três gols do Remo, na partida de volta da final do estadual; o duelo ocorre na quarta-feira (6), às 20h, na Curuzu

Paysandu x Remo: TJD concede efeito suspensivo e Re-Pa desta quarta-feira terá público na Curuzu Tribunal de Justiça Desportiva do Pará acata recurso do Paysandu e suspende punição de perdas de mando de campo. Caso vai a julgamento no Pleno do TJD-PA

'Vamos conseguir reverter', garante meia do Paysandu sobre 3 a 0 para o Remo Depois de ter sido surpreendido com notícia de que teria tentado deixar o clube, Ricardinho comenta goleada e frustrações extracampo

A última goleada do Paysandu sobre o Remo foi no primeiro Re-Pa de 2019, quando o Papão goleou os azulinos por 3 a 0, em partida válida pela quarta rodada do Parazão, no Mangueirão.

O Papão vinha de quatro derrotas em clássicos, mas, naquele ano, conseguiu deixar o fantasma para trás. A larga vitória teve ajuda do então jogador do Leão, Rafael Jansen, que marcou contra, e dos, agora ex-atacantes do Paysandu, Nicoles e Paulo Rangel.

Veja os melhores momentos da partida

VEJA MAIS

Em súmula do Re-Pa, árbitro dá gol contra de lateral do Paysandu para atacante do Remo Porém, imagens mostram que atacante azulino sequer encosta na bola, que bate em lateral do Paysandu e entra

Após derrota para o Remo, ex-presidente do Paysandu critica o time e diz: 'só resta esperar um milagre' O ex-presidente do Paysandu, Alberto Maia, não aliviou nas redes sociais e criticou a equipe, após derrota para o Remo no primeiro jogo da final do Parazão 2022

O Paysandu precisa vencer o jogo de volta com no mínimo três gols de diferença para levar a partida para a disputa de pênaltis. Se o Remo fizer ao menos um gol, a situação se complica ainda mais e os bicolores precisarão fazer quatro. Caso vença por quatro ou mais gols de vantagem, o Paysandu fica com a taça.

Agenda

Paysandu e Remo se enfrentam nesta quarta-feira (6), às 20h, na Curuzu, para decidirem a final do Parazão. A partida terá cobertura e transmissão lance a lance no site de Olberal.com. 

VEJA MAIS

Raphael Claus será o árbitro da final do Parazão entre Paysandu x Remo na Curuzu Clássico Re-Pa mais uma vez terá trio FIFA no comando

Paysandu inicia a semana buscando reverter desvantagens dentro e fora de campo Clube bicolor perdeu o clássico para o Remo e buscará efeito suspensivo para que o jogo de volta, marcado para a quarta-feira (6), na Curuzu, tenha a presença da torcida

(Aila Beatriz Inete, estagiária, sob supervisão de Pedro Cruz, coordenador do Núcleo de Esportes)

Paysandu
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM PAYSANDU

MAIS LIDAS EM ESPORTES