Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

GP de Silverstone: como as equipes chegam para o Grande Prêmio da Inglaterra; confira

Prova ocorre neste domingo (3), a partir das 11h

Aila Beatriz Inete

A semana que antecedeu o Grande Prêmio da Inglaterra, em Silverstone, de Fórmula 1, foi marcada pela repercussão da fala racista do brasileiro Nelson Piquet. Apesar disso, o clima dentro do grid promete uma corrida emocionante. Max Verstappen segue sendo o favorito no GP, mas não deve ter uma prova fácil neste domingo (3). 

Circuito 

O GP de Silverstone tem como o seu maior vencedor Lewis Hamilton. No ano passado, o circuito foi palco do acidente entre o heptacampeão e Max Verstappen, foi sobre esse toque entre os dois que Nelson Piquet comentava quando fez os comentários racistas sobre o inglês.  

O traçado de Silverstone é o favorito de diversos pilotos. São 5891 metros de extensão, com 18 curvas. A prova é realizada em 52 voltas. Para a corrida, a previsão é de pista seca, no entanto, para o treino classificatório deste sábado a chuva pode aparecer. 

VEJA MAIS 

Em português, Hamilton se manifesta após fala racista de Piquet: 'Focar em mudar a mentalidade'
Piloto recebeu apoio de da Fórmula 1 a da sua equipe no grid, a Mercedes

Termo racista usado por Nelson Piquet é condenado por Mercedes, F1 e FIA
Em português, Hamilton também se manifestou após fala racista de Piquet: 'Focar em mudar a mentalidade'

Ex-chefe da F1 defende Piquet e Lewis Hamilton responde: ‘Ninguém deveria ignorar o racismo’
Durante um programa britânico, Bernie Ecclestone ainda disse que levaria um tiro por Vladimir Putin

Como chegam 

Red Bull

A Red Bull é a equipe a ser batida. Isolada no campeonato de construtores e de pilotos, posição que durante oito anos foi da Mercedes, o time autrÍaco chegou em Silverstone com um assoalho mais reforçado e melhorias do designer para diminuir o peso - um dos grandes problemas dos taurinos. 

Cheia de mistérios, ainda não está claro o que foi feito no carro de Sergio Perez, que quebrou no GP do Canadá. Além disso, durante os treinos livres de sexta-feira, a Red Bull não andou bem e foi superada pela Mercedes, com Hamilton, Lando Norris, da McLaren, e Carlos Sainz, da Ferrari. 

A Ferrari 

No Canadá, em uma corrida de recuperação depois de ter trocado o motor, o principal piloto da escuderia Charles Leclerc terminou em quinto, e Carlos Sainz ficou na segundo posição. Com alguns problemas de confiabilidade no carro, em Silverstone, os italianos levaram asas traseiras com menos carga aerodinâmica. 

A equipe também fez mudanças nos retrovisores, uma área importante do novo regulamento para poder ajudar a direcionar o ar para a parte traseira do carro, o que dá potência para o efeito do assoalho na geração de apoio aerodinâmico. Além disso, alguns pilotos que usam o motor Ferrari como Valtteri Bottas (Alfa Romeo), Mick Schumacher (Hass) e o próprio Carlos Sainz, mudaram um componente de potência para a corrida. 

Mercedes

A Mercedes parece que está se recuperando no campeonato. No Canadá, Lewis Hamilton chegou em terceiro lugar e George Russell ficou em quarto. Em Silverstone, a equipe que manter o pódio e o principal objetivo é chegar mais perto de Red Bull e Ferrari. Durante a semana, o chefe do time alemão, Toto Wolff, confirmou que eles estavam preparando um pacote de atualizações para o GP. Uma delas é a asa traseira diferente. Além disso, ao que tudo indica, o assoalho dos carros está mais firme. 

E, finalmente, pela primeira vez desde o início da temporada, os carros da Mercedes não apresentaram o porpoising – os quiques que o carro dá quanto está em alta velocidade. Nos treinos 1 – atípico por causa da chuva, quase não teve pilotos marcando tempo – e 2, Lewis Hamilton conseguiu ficar à frente das Red Bulls e da Ferrari de Leclerc. 

Além disso, Lando Norris com a McLaren, que usa motor Mercedes, ficou em terceiro lugar no treino livre dois. 

Agenda

A partir das 8h deste sábado (2) começa o treino livre 3. A classificação para o grid de largada começa às 11h. No domingo (3), a corrida inícia às 11h. 

Classificação dos pilotos 

  1. M. Verstappen - Red Bull - 175
  2.  S. Perez - Red Bull - 129
  3. C. Leclerc - Ferrari - 126
  4. G. Russell - Mercedes - 111    
  5. C. Sainz Jr. - Ferrari - 102    
  6. L. Hamilton - Mercedes - 77    
  7. L. Norris - McLaren - 50
  8. V. Bottas - Alfa Romeo - 46    
  9. E. Ocon - Alpine - 39
  10. F. Alonso - Alpine - 18
  11. P. Gasly - AlphaTauri - 16    
  12. K. Magnussen - Haas - 15
  13. D. Ricciardo - McLaren - 15
  14. S. Vettel - Aston Martin - 13
  15. Y. Tsunoda - AlphaTauri - 11    
  16. G. Zhou - Alfa Romeo - 5
  17. A. Albon - Williams - 3    
  18. L. Stroll - Aston Martin - 3
  19. Alemanha - M. Schumacher - Haas
  20. N. Hulkenberg - Aston Martin - 0
  21. N. Latifi - Williams - 0

Equipes

  1. Red Bull - 304
  2. Ferrari - 228
  3. Mercedes - 188
  4. McLaren - 65
  5. Alpine - 57   
  6. Alfa Romeo - 51      
  7. AlphaTauri - 27      
  8. Aston Martin - 16
  9. Haas -15
  10. Williams - 3

(Aila Beatriz Inete, estagiária, sob supervisão de Pedro Cruz, coordenador do Núcleo de Esportes)

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM MAIS ESPORTES

MAIS LIDAS EM ESPORTES