Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Em novo trecho de entrevista, Piquet repete racismo e é homofóbico com Lewis Hamilton; vídeo

Falas do brasileiro são de uma entrevista dada em 2021 para um canal de automobilismo no YouTube

Aila Beatriz Inete

Em um novo trecho da entrevista em que Nelson Piquet fez comentários racistas sobre Lewis Hamilton, o ex-piloto brasileiro apareceu repetindo a fala racista e ainda foi homofóbico ao se referir ao heptacampeão. As falas foram dadas a um canal de automobilismo no YouTube em 2021. 

Além de se referir a Hamilton como "neguinho" no momento em que ele comenta o acidente entre o inglês e Max Verstappen, Piquet aparece em outro trecho falando sobre Keke Rosberg, ex-piloto da F1, e volta a usar o termo racista. 

"O Keke? Era um bosta, não tinha valor nenhum. É que nem o filho dele [Nico Rosberg, campeão em 2016]. Ganhou um campeonato. O 'neguinho' devia estar dando mais c* naquela época, aí tava meio ruim", disse Nelson Piquet. 

A repercussão do novo trecho veio após o “pedido de desculpas” do brasileiro. No comunicado, o ex-piloto afirmava que não teve a intenção de ofender Hamilton. Na quinta-feira (30), Max Verstappen, que namora a filha de Piquet, Kelly, afirmou que Nelson não era racista. 

VEJA MAIS 

Nelson Piquet chama Lewis Hamilton de 'Neguinho' em entrevista de 2021 e viraliza; vídeo
Comentário de cunho racista foi proferido durante entrevista ao jornalista Ricardo Oliveira

Em português, Hamilton se manifesta após fala racista de Piquet: 'Focar em mudar a mentalidade'
Piloto recebeu apoio de da Fórmula 1 a da sua equipe no grid, a Mercedes

Ex-chefe da F1 defende Piquet e Lewis Hamilton responde: ‘Ninguém deveria ignorar o racismo’
Durante um programa britânico, Bernie Ecclestone ainda disse que levaria um tiro por Vladimir Putin

As falas de Piquet não foram bem recebidas pela comunidade automobilística. A FIA (Federação Internacional de Automobilismo), Mercedes, a Fórmula 1 e vários pilotos repudiaram as declarações do brasileiro e prestaram apoio a Hamilton. 

VEJA MAIS 

Nelson Piquet se desculpa com Hamilton após uso de termo racista; leia o comunicado
Apesar das desculpas, o ex-piloto da Fórmula 1 minimizou a situação e apontou "tradução incorreta" do que foi dito

Termo racista usado por Nelson Piquet é condenado por Mercedes, F1 e FIA
Em português, Hamilton também se manifestou após fala racista de Piquet: 'Focar em mudar a mentalidade'

Após ser alvo de racismo, Lewis Hamilton recebe título de Cidadão Paulista
Piloto foi chamado de "neguinho" pelo tricampeão de Fórmula 1 Nelson Piquet

O inglês também respondeu aos comentários e disse que “essas mentalidades arcaicas precisam mudar e não têm lugar no nosso esporte”.

(Aila Beatriz Inete, estagiária, sob supervisão de Pedro Cruz, coordenador do Núcleo de Esportes)

 

 

Mais Esportes
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM MAIS ESPORTES

MAIS LIDAS EM ESPORTES