F1: Pela primeira vez, Max Verstappen vence o GP da China e mantém liderança do campeonato

Pódio foi completado por Lando Norris, da McLaren, e Sergio Pérez, da RBR

Aila Beatriz Inete
fonte

Em mais um final de semana quase perfeito, Max Verstappen dominou o GP China de Fórmula 1 e venceu a primeira no circuito de Xangai, no último domingo. Esta foi a vitória de número 58 do tricampeão, que segue na liderança do campeonato. O pódio foi completado por Lando Norris, em segundo, e Sergio Pérez, terceiro colocado. 

O GP da China estava fora do calendário desde 2019 por conta da pandemia da covid-19. Com isso, alguns pilotos ainda não havia corrido no circuito e Verstappen, que domina a F1 nos últimos anos, nunca havia vencido na prova. O maior vencedor da corrida, Lewis Hamilton, terminou na nona colocação após largar de 18º. 

VEJA MAIS 

image Fórmula 1: Max Verstappen vence o GP do Japão e se mantém na liderança do campeonato
Piloto da RBR conquistou mais uma vitória e se recuperou do abandono no GP da Austrália

image Lewis Hamilton revela conversa com Serena Williams e Michael Jordan sobre aposentadoria
Piloto está com 39 anos e assinou recentemente com a Ferrari para 2025

image Fórmula 1: Fernando Alonso renova com a Aston Martin; piloto foi cotado na Mercedes
Segundo as informações, o contrato com o bicampeão Fernando Alonso na Aston Martin é plurianual, para as próximas temporadas da F1

Com mais uma vitória, Max chegou a 100 pontos no campeonato, 12 a mais que o vice, Pérez. No mundial de construtores a diferença é maior, a RBR tem 188 pontos contra 151 da Ferrari. 

No sábado (20), o holandês já havia vencido a corrida sprint após largar da quarta colocação. Na prova principal, o piloto não enfrentou dificuldades. Largando da pole, Verstappen apenas deixou a liderança da prova quando fez o primeiro pit stop. 

Dois safety cars

A corrida também ficou marcada pela entrada de dois safety car na pista. O primeiro ocorreu na volta 21 por conta da quebra do carro de Valtteri Bottas. O piloto da Sauber até conseguiu sair da pista, mas, ficou parado em uma posição que precisou do acionamento da bandeira amarela e logo depois o carro de segurança. 

Na relargada, quatro voltas depois, houve novamente o acionamento do safety car. Kevin Magnussen, da Haas, tocou na roda traseira de Yuki Tsunoda, da RB, e o piloto saiu da prova. Lance Stroll também bateu em Daniel Ricciardo, também da RB, e deixou a corrida antes do fim. 

Confira o resultado do GP da China 

  1. Max Verstappen (RBR)
  2. Lando Norris (McLaren)
  3. Sergio Pérez (RBR)
  4. Charles Leclerc (Ferrari)
  5. Carlos Sainz (Ferrari)
  6. George Russell (Mercedes)
  7. Fernando Alonso (Aston Martin)
  8. Oscar Piastri (McLaren)
  9. Lewis Hamilton (Mercedes)
  10. Nico Hulkenberg (Haas)
  11. Esteban Ocon (Alpine)
  12. Alexander Albon (Williams)
  13. Kevin Magnussen (Haas)
  14. Pierre Gasly (Alpine)
  15. Guanyu Zhou (Sauber)
  16. Logan Sargeant (Williams)
  17. Lance Stroll (Aston Martin)
  18. Daniel Ricciardo (RB) - abandonou
  19. Yuki Tsunoda (RB) - abandonou
  20. Valtteri Bottas (Sauber) - abandonou.
Entre no nosso grupo de notícias no WhatsApp e Telegram 📱
Mais Esportes
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM MAIS ESPORTES

MAIS LIDAS EM ESPORTES