Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Diretor da Sesma nega que Prefeitura tenha aumentado percentual de público para jogos em Belém

Após rumores, Claudio Salgado afirma que está mantido o máximo de 20% de capacidade dos estádios

Pedro Cruz e Fabio Will / O Liberal

A nova reunião do congresso técnico dos clubes da Série B do Brasileiro está mantida para a próxima sexta-feira, dia 17, quando poderá ser confirmada a permissão de público nos jogos da competição. Cada cidade terá a capacidade permitida pela prefeitura local e, em Belém, o percentual é de 20% da capacidade do estádio, apesar de boatos recentes.

Nos últimos dias circulou nas redes sociais e aplicativos de mensagens que a Prefeitura de Belém teria aumentado a permissão para 30%, informação que foi considerada falsa pelo diretor de Vigilância em Saúde da Secretaria Municipal de Saúde e Meio Ambiente (Sesma), Cláudio Salgado.

“Desconheço essa informação. O que está previsto e está na própria Nota [Informativa, divulgada pela Prefeitura no dia 30 de agosto] é a possibilidade de escalonamento conforme os jogos forem ocorrendo”, explicou Salgado.

VEJA MAIS

Com vacinação completa, FPF define protocolo e estádios de Belém podem receber 20% de público FPF enviará o protocolo ao Governo do Estado, Prefeitura de Belém, clubes e em seguida encaminhará à CBF

FPF entrega protocolo para o retorno das torcidas aos estádios do Pará; veja algumas regras Protocolo foi feito pela FPF em conjunto com órgãos do Estado e Prefeitura de Belém

Entenda o caso

Atualmente já estão permitidos jogos de futebol com público no Pará. O Governo do Estado autorizou partidas com no máximo 30% da capacidade dos estádios, mas cada município tem autonomia para optar por seguir o teto ou estipular um número menor - como foi o caso de Belém. 

Apesar da autorização dos órgãos públicos, os jogos do Brasileiro das Séries B, C e D, que têm representantes paraenses, só poderão receber torcedores após autorização da CBF, instituição que organiza as competições.

Presidente do Paysandu confirma ingresso 'mais caro' após decisão da comissão de protocolo Documento orienta o retorno do público para apenas 20% da capacidade dos estádios

Remo: Bentes projeta despesas e cita baixo número de ingressos para venda no possível retorno da torcida Presidente Fábio Bentes falou da questão do preço dos ingressos e das exigências que o clube terá que cumprir

Para a Série D já estão confirmados jogos com público a partir das semifinal e, na Terceirona, é esperado que a fase final tenha torcedores presentes.

Enquanto isso, na Série B clubes como Cruzeiro, Goiás, Vila Nova e Vasco têm passado por cima da CBF e conseguido, via Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), a permissão de mandar jogos com público sem precisar aguardar a reunião do congresso técnico, que será na próxima sexta-feira (17).

Remo e outros 18 times da Série B buscam STJD para proibir público em jogos do Cruzeiro Movimento dos clubes ocorre no mesmo dia em que o Congresso Técnico da CBF proibiu a presença de público em jogos da competição.

Futebol
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM FUTEBOL

MAIS LIDAS EM ESPORTES