Pelé morreu: além do futebol, confira a carreira do ex-atleta no cinema e na TV

O ex-jogador da seleção brasileira morreu aos 82 anos e deixou o mundo do futebol em luto

O Liberal

A carreira de Pelé no futebol é conhecida em todo mundo. Sua performance nos campos é elogiada mesmo após décadas desde a sua aposentadoria. Porém, um lado não tão conhecido do ex-atleta, que faleceu aos 82 anos, são os seus trabalhos como ator e até cantor.

VEJA MAIS

image Pelé morreu: Rei do futebol morre aos 82 anos; causa da morte foi câncer no intestino
Rei estava internado no Hospital Albert Einstein e deixou de responder à quimioterapia

image Última internação de Pelé para tratamento do câncer completa um mês; relembre evolução do caso
Rei do futebol foi hospitalizado durante a Copa do Mundo, a princípio, para reavaliar o tratamento contra o câncer do cólon

image Tradicional 'Jogo das Estrelas' contou com homenagens a Pelé e Roberto Dinamite; veja mais
Partida beneficente promovida por Zico, ex-jogador do Flamengo, reúne veteranos e estrelas do esporte, que prestarem homenagem ao Rei do Futebol

O estado de saúde de Pelé foi acompanhado por admiradores do esporte por todo o planeta e muitas homenagens e palavras de apoio foram proferidas durante a Copa do Mundo. Internado no hospital Albert Einstein, em São Paulo, o ex-jogador precisou passar por procedimentos para tratar uma infecção no pulmão, mas não respondeu bem. A confirmação da morte dele foi dada nesta quinta-feira (29).

Assista ao trailer do filme sobre Pelé na Netflix

Onde Pelé nasceu

Nascido na cidade de Três Corações, em Minas Gerais, em 1940, Edson Arantes do Nascimento, o Pelé atuava como atacante e começou a carreira no futebol aos 11 anos, no "Clube Atlético de Bauru", até ser descoberto pelo Santos e fazer história por lá. Após passar por outros times e compor a Seleção Brasileira, o astro do esporte encerrou a carreira futebolística em 1977.

Filmes com Pelé

Doze anos depois, o, então, ex-atleta, estreou no filme “Os Trapalhões e o Rei do Futebol", que teve algumas cenas gravadas no estádio do Maracanã. Ao lado de Renato Aragão, o aspirante a ator interpretou um repórter esportivo, que se chamava Nascimento.

Relembre a história de Pelé na TV e no cinema

Durante a partida do time fictício, Independência Futebol Clube, o personagem de Pelé aceita jogar como goleiro para ajudar o time aos 35 minutos do segundo tempo. O repórter consegue marcar um gol ao cobrar o tiro de meta e garante a vitória da equipe.

Essa não foi a primeira vez que a personalidade esteve no cinema. Em 1962, Pelé participou do filme “O Rei Pelé", do diretor Carlos Hugo Christensen. O longa apresenta a história do menino de Minas que fez sucesso em times do país e até no exterior.

Em 1971, atuou no filme "O Barão Otelo no Barato dos Bilhões” e, logo depois vieram títulos como "Os Trombadinhas", de 1979; "Fuga para Vitória", de 1982; e "Pedro Mico", de 1985. “Fuga para Vitória” foi considerado pelo futebolista como o seu filme favorito. Pelé também participou de documentários, incluindo "Isto É Pelé", de 1974, "Pelé Eterno", de 2004, e "Cine Pelé", de 2011.

Relembre a participação de Pelé no filme "O Barão Otelo no Barato dos Bilhões":

Além do cinema, no final da década de 1960, o ex-atleta também passou pela TV, e participou da novela “Os Estranhos”, de 1969. Na época, ele conciliava as gravações com os jogos do Santos. A participação nas telinhas continuou com "Família Trapo", de 1967; com o programa “A Praça é Nossa”, em 1991; e na novela de Jayme Monjardim, “O Clone”, de 2002.

Craque na música

Pelé era também compositor e cantor, dividindo os palcos com personalidades como Elis Regina e Roberto Carlos. Um de seus álbuns gravados foi “Peléginga”, de 2006. Na época, Pelé conseguiu vender 100 mil cópias.

Ouça Pelé cantando com Elis Regina:

Personagem de quadrinhos

A convite do desenhista e criador da “Turma da Mônica”, Mauricio de Sousa, o ex-atleta também foi transformado em personagem de história em quadrinhos. A revista com o nome "Pelezinho", foi publicada entre os anos de 1977 e 1986. Após a data, somente foi publicada em datas comemorativas, como no aniversário do astro do futebol, em 1990, e em 2012, antes da Copa das Confederações.

(Estagiária Painah Silva, sob supervisão do Coordenador de Conteúdo de Cultura, Abílio Dantas)

Palavras-chave

Cultura
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA