Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

'Não perdi meu bebê por causa da vacina', diz Bárbara Evans sobre imunização causar aborto

A influencer tem sido alvos de ataques após perfil fake espalhar mentiras sobre causa da morto do bebê

O Liberal

Visivelmente irritada, Bárbara Evans surgiu nas redes sociais, nesta sexta-feira (17), para desmentir a possibilidade da morte do seu filho, na última quinta-feira (16),  estar ligada com o fato da influenciadora ter se vacinado contra a covid-19. As informações são do UOL.

VEJA MAIS

‘Ele escolheu o melhor para a minha vida’, diz Bárbara Evans ao chorar a perda do primeiro filho A modelo está grávida pela primeira vez do marido Gustavo Theodoro

'Não estou estufando a barriga, estou grávida de gêmeos de 7 semanas e 5 dias', diz Bárbara Evans A filha de Monique Evans negou a suposição de que ela estaria estufando a barriga nas fotos

Nos stories, ela pediu que os fãs denunciassem a conta do perfil que tem espelhados a suposta fake news sobre a partida precoce do bebê. 

“Ele não fala exatamente, mas eu sei interpretar o texto. Ele quer dizer que eu perdi o meu bebê por causa da vacina contra o coronavírus. Só para lembrar, quando eu tomei a vacina não estava grávida. E mesmo se tivesse, eu tomaria. Se a minha médica falou, é porque posso”, disparou a influencer. Ela afirmou que irá tomar medidas jurídicas contra pessoas que continuam espalhando a mentira nas redes sociais. 

Ainda na última quinta-feira (17), Evans foi alvo de críticas após compartilhar ‘publis’ mesmo após anunciar a partida do filho. "Eu preciso trabalhar para me sustentar e sustentar meu filho”, rebateu. 

Celebridades
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA