Americano que faz sucesso na web destaca gírias paraenses em homenagem aos 407 anos de Belém

O norte americano Daniel Spencer é hoje um dos influencers mais conhecidos no Brasil por falar da diversidade da cultura e da língua portuguesa

Ádna Figueira

O professor de inglês e influencer norte-americano Daniel Spencer ficou famoso depois que passou a usar a sua experiência como "gringo" que decide morar no Brasil e se vê diante do desafio de entender a complexa língua portuguesa e suas multiplicidades regionais. Com mais de 1,3 milhões de seguidores somente no Instagram - e outros tantos no Facebook, Twitter e Tik Tok -, ele conquistou muitos fãs e alunos mostrando o Brasil pelos olhos de um estrangeiro e, frequentemente, interage com os fãs explorando as expressões usadas popularmente nas diferentes regiões do País. Na mais recente postagem, Spencer destacou algumas das principais gírias usadas pelos paraenses.

VEJA MAIS

image Belém 407 anos: Artistas revelam com quais expressões belenenses mais se identificam
As cantoras Bela Portugal e Rebeca Lindsay, a artista plástica Moara Tupinambá, o quadrinista Gidalti Jr e o ator e diretor Cláudio Barros falam da relação com as expressões

image Por que aprender inglês pode trazer mais chances de conseguir um emprego?
O inglês é o idioma estrangeiro mais usado em todo mundo

image Jovens criadores de conteúdo para a web destacam o humor paraense
Roteiros engraçados e com vocabulário recheados de expressões e gírias regionais fazem sucesso

image Inglês para crianças: qual a importância?
Capacidade de sociabilização é um dos benefícios em aprender um idioma na infância

E se você, parauara de raiz, sempre quis saber como se diz em inglês expressões como 'Égua!", "Eu chooooro!", "Tá, cheiroso!", "Di rocha", "Muuito firme", agora pode usar sem medo de errar porque a tradução tem o carimbo de um legítimo nativo norte-americano. Confere aí:

A escolha pelas gírias paraenses não foi aleatória, Daniel Spencer costuma estar bem atento às notícias que estão em alta no Brasil e decidiu homenagear os 407 anos da nossa "Cidade das Mangueiras" e também aqueles que vivem na capital com a postagem, já que muitos paraenses estão entre seus seguidores e vivem pedindo para que ele faça vídeos falando sobre o modo particular de se expressar local.

Quem é Daniel Spencer?

O norte-americano Daniel Spencer nasceu na Califórnia e chegou ao Brasil em dezembro de 2018, para morar em São Paulo. Como todo estrangeiro, enfrentou muitas dificuldades com a língua portuguesa e suas "pegadinhas". Dificuldades essas que, segundo ele, ainda existem, mas, que decidiu transformar em algo útil para todo mundo, abordando essas experiências de forma bem-humorada.

Apaixonado pelo Brasil e, principalmente, pela cultura brasileira - ele não esconde a queda pela gastronomia e pelas paisagens do País -, Spencer procura se aprofundar nessa diversidade que fez dele um dos influencers mais famosos no segmento do ensino do inglês nativo para alunos brasileiros. Não é à toa que o curso on-line que ele oferece é um dos mais concorridos entre os usuários das redes sociais

Além do português, Spencer também fala espanhol e francês. Mas, ele próprio costuma dizer que o idioma mais difícil de aprender foi o português, que até hoje ele ainda "descobre" nas suas peculiaridades regionais. As pronúncias, a gramática, os homônimos (palavras igual que têm diferentes significados) foram um desafio à parte.

E foi com base nesses obstáculos que ele decidiu dar aulas de inglês para brasileiros que desejam aprender a falar como os nativos norte-americanos, entendendo e sabendo como usar as "gírias" dos EUA de forma leve e segura. Nas aulas, Spencer procura trabalhar situações do cotidiano que são essenciais para quem quer "destravar" o inglês aprendido em métodos tradicionais, que gosta de viajar e precisa se comunicar, ou mesmo para quem deseja usar o inglês para conquistar novas oportunidades profissionais.

Cultura
.
Ícone cancelar

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM CULTURA

MAIS LIDAS EM CULTURA