Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Portão de escola municipal cai e deixa estudante ferida no bairro do Tenoné, em Belém; vídeo

Nas imagens é possível ver a jovem sendo socorrida e levada do local em uma maca do Corpo de Bombeiros Militar do Pará

Fabyo Cruz

Uma estudante de 9 anos, da Escola Municipal Paulo Freire, localizada no bairro do Tenoné, em Belém, ficou ferida após um portão interno da quadra esportiva do colégio cair sobre ela. Um vídeo do caso circulou nas redes sociais e aplicativos de mensagens instantâneas no começo da tarde desta segunda-feira (29). Nas imagens é possível ver a jovem sendo socorrida e levada do local em uma maca do Corpo de Bombeiros Militar do Pará.

VEJA MAIS

Corpo do estudante Bruno Damasceno é sepultado, e família aguarda por laudo sobre causa da morte
Em 30 a 40 dias, documento vai trazer informações sobre a ocorrência e terminar o mistério sobre o falecimento do jovem

Caso Kairon: tudo o que se sabe sobre o assassinato do estudante de odontologia
Kairon Silva Melo, de 21 anos, foi assassinado com oito tiros no 22 de junho e após 16 dias, o mandante do homicídio foi preso pelo crime

Nas fotos da formatura, jovem homenageia mãe que sustentou família com pula-pula no Pará
Roseane Ieda, que trabalha com um pula-pula para crianças, sustenta a família e ajudou o filho com os gastos da faculdade somente com o empreendimento

A Secretaria Municipal de Educação (Semec) informou por meio de nota que o acidente com a criança ocorreu na sexta-feira (26), em horário de aula, durante uma exposição na quadra da Escola Municipal Paulo Freire. Segundo a pasta, as crianças estavam no espaço sob a responsabilidade da professora que ministra a disciplina.

“Durante as atividades, uma aluna escalou o portão, que saiu do trilho e caiu sobre uma estudante de 9 anos. A diretora da escola imediatamente acionou a família e chamou uma ambulância”, disse a nota.

O comunicado afirma ainda que a criança foi levada para o Hospital Metropolitano, onde fez exames com o acompanhamento da família e da diretora da escola, e que nenhuma fratura foi constatada. No atendimento foi identificado um corte na testa, que foi suturado, e a criança foi liberada.

A Semec informou também que um boletim de ocorrência sobre o caso foi registrado na delegacia, que funciona no Hospital Metropolitano, como “fato atípico - acidente fortuito”. A estudante foi levada pela família a um hospital particular e novos exames constataram uma fissura na cabeça da criança, considerada pelos médicos esperada por conta da pancada sofrida. Segundo a mãe da estudante, ainda nesta tarde ela deverá ter alta médica.

De acordo com a secretaria, “a escola está recebendo todo o apoio necessário da Semec para acompanhar a criança e a família. Quanto à situação física do prédio da Escola Municipal Paulo Freire, a unidade passará em breve por obras de manutenção e reforma”.

Stefani Moura, tia da criança, disse à reportagem de O Liberal que a menina foi liberada do Hospital Metropolitano no mesmo dia do acidente. Entretanto, no dia seguinte começou a sentir fortes dores e, por isso, foi levada para um hospital particular. No local, foi constatado que a menina apresenta um trauma no crânio e um coágulo na cabeça. Apesar disso, ela foi liberada. A família decidiu retornar à unidade hospitalar para contestar a liberação.

“Ficamos sem entender como ela pôde ser liberada assim tão rápido, já que está com trauma no crânio e um coágulo na cabeça. Ele sentiu várias dores no sábado, então decidimos levá-la de novo para pegar mais esclarecimentos com o neurologista”, disse Stefani Moura. A mãe da menina a acompanhou no  retorno ao estabelecimento privado de saúde nesta segunda-feira (29). 

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM