Despedida de Jennyfer é marcada por tristeza e empatia

Até mesmo desconhecidos, comovidos pela brutalidade com a qual a vida da moça foi ceifada e a repercussão do caso, também se reuniram nas últimas homenagens

Byanka Arruda e Victor Furtado

Jennyfer Karem Monteiro, de 20 anos, foi velada nesta sexta-feira (24). Ela foi a segunda vítima morta e confirmada dos "Maníacos de Marituba". Uma jovem manicure, que saiu de casa para trabalhar e não voltou. Foi enganada, estuprada e assassinada. Vítima da cultura do estupro e do machismo estrutural. Desde o início da manhã, familiares, amigos e vários desconhecidos, — comovidos com a morte brutal da moça —, prestaram as homenagens finais. 

O velório foi em uma capela mortuária particular, na travessa Lomas Valentinas, no bairro do Marco. O enterro será em um cemitério, também particular, no município de Marituba. Por respeito a quem lamenta a morte de Jennyfer, a Redação Integrada de O Liberal não fará entrevistas.

Parentes e amigos mais próximos fizeram uma camiseta, com fotos e palavras de carinho e saudade de Jennyfer. Uma forma de eternizar os momentos vividos ao lado da jovem e da história pessoal que ela escrevia para si. No local, o clima é de muita dor, revolta, impotência e desespero. Mesmo quem não a conhecia pessoalmente, não conseguia evitar se colocar no lugar de quem a amava.
 

LEIA MAIS

- Assassinato de jovem esteticista comove e revolta população paraense

- Acusados de estuprar e assassinar jovem esteticista são capturados em Marituba

- São pelo menos sete as vítimas dos maníacos de Marituba

- Justiça de Marituba decreta prisão de suspeito de envolvimento em estupros e morte de mulheres

- Vítima de estupro não deve ser responsabilizada
 

Torcedores do Paysandu, time pelo qual a jovem torcia, também se fizeram presentes no velório. Deram apoio sentimental aos familiares e amigos da moça. O Clube do Remo, nas redes sociais digitais, também chegou a homenageá-la.

O depurado federal Éder Mauro (PSD-PA) também compareceu ao velório. A sobrinha de criação dele, Samara Mescouto, outra esteticista, foi a primeira vítima morta confirmada do caso dos "Maníacos de Marituba".

Outras informações em breve.

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

MAIS LIDAS EM BELÉM