Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Balneário no distrito de Outeiro é opção para quem procura lazer sem sair da capital

A Região Metropolitana de Belém é rica em lugares que oferecem tranquilidade e conforto para os veranistas

Camila Azevedo

A Região Metropolitana de Belém (RMB) abriga diversas opções de lazer que podem ser ótimas alternativas para quem quer aproveitar as férias dentro da cidade. Em Outeiro, a escolha pode ser um balneário que oferece o descanso desejado. O lugar garante contato direto com a natureza e passa a ser o destino de famílias que preferem a calmaria longe dos congestionamentos e grandes aglomerados, típicos das férias.
 
O Paraíso dos Reis, localizado no distrito, está distante apenas 32,1 km do centro da capital e é repleto de atrativos que atraem a população ao longo de toda a semana, principalmente aos sábados e domingos. O trajeto de cinquenta e sete minutos dá acesso a um açude de olho d’água natural dividido em espaço adulto e infantil, campo de futebol, malocas, boias, cardápio variado e vasta área arborizada, sendo esses apenas alguns dos elementos que fazem parte do local.

O balneário tem manutenção regular e o administrador geral do local, Jonathan Negrão, afirma que a tranquilidade é uma escolha diferenciada dentro de tudo que a ilha oferece. “É uma opção de lazer fora da praia. Outeiro, a gente já sabe, é cercado por praias, mas para quem busca um ambiente mais tranquilo, um espaço de lazer mais familiar, é o Paraíso dos Reis”, diz o gerente.

O balneário chega a receber cerca de 300 consumidores nos dias mais intensos de funcionamento. Porém, de acordo com Jonathan, as dificuldades trazidas pela interdição da ponte de Outeiro foram determinantes para que o movimento tivesse uma queda de 40% em relação a outros períodos de alta temporada. Os efeitos foram sentidos com mais força em maio e junho, resultando no fechamento do sítio nesses dois meses. Aos poucos, a crise vai sendo superada e o Paraíso vai ganhando um novo formato. 

VEJA MAIS

Igarapé: Ótima opção para quem quer fugir da agitação das praias neste verão
Um lugar para descansar, fugir da agitação e ainda tomar um banho super gelado para espantar o calor

Veranistas lotam praias de Outeiro no primeiro domingo após liberação parcial da ponte
Comerciantes da ilha, enfim, podem esperar melhoras nas vendas; previsão é que liberação total ocorra em setembro

Ponte de Outeiro: tráfego de veículos leves aumenta expectativa para comerciantes na ilha
Com as férias escolares, a presença de visitantes na ilha é maior em julho se comparado aos demais meses do ano

 

Uma taxa de R$10 reais é cobrada por pessoa, com estacionamento gratuito. A confeiteira Cláudia Silva, de 53 anos, aproveitou a folga e levou os netos para passear no balneário. Moradora de Marituba, a escolha foi aprovada e a diversão das crianças era perceptível. “Está bem bacana, tranquilo, a água é boa para as crianças. Eu dou preferência para ambientes assim, não sou muito chegada a praia, sol e barulho. Aqui é uma ótima opção, por isso fiz questão de vir”, conta.

 

Ainda há quem prefira as redondezas da cidade para descansar por questões de segurança, tanto nas estradas quanto com a própria residência. Socorro Mota, lojista de 62 anos, não deixou de passar um tempo com a filha e o neto por esses motivos. O balneário, então, se tornou um refúgio. "É muito bom aproveitar o momento de lazer e fugir da rotina, tá muito quente. Não tá dando realmente para viajar, o trânsito é muito ruim, tem pessoas bêbadas, temos medo de acidente, e não tem condições de sair e deixar a casa só, muito assalto, toda hora a gente tá vendo entrarem nas casas”, relata.

A enfermeira Kellen Matos visitou o Paraíso dos Pássaros pela primeira vez com as duas filhas, o marido, os sobrinhos, a sogra e o cunhado. Depois de 10 dias viajando pela Ilha do Marajó para pegar a baixa movimentação do início das férias, a família pretende ficar em Belém e continuar conhecendo balneários pelos arredores. “Como a gente não queria pegar muito sufoco, meu marido falou que teria essa opção e eu queria conhecer. Aqui é bem tranquilo, música ambiente, do jeito que a gente gosta, bem família. A gente que vem com criança prefere ambientes mais tranquilos”, explica.

A Izabela Nascimento (@izabelarn) pegou o bonde saindo de Marituba e deu um pulinho em três opções de lazer (Arquivo Pessoal)

Grande Belém é rica em opções encantadoras

A cidade de Santa Izabel guarda belezas naturais que são indispensáveis a quem não planeja longas viagens para aproveitar o sol de julho. A Vila do Caraparu fica a 10 km do centro da cidade, às margens do Rio Caraparu e possui arena, mercearias, bares e restaurantes. A água é gelada e limpa. As informações são da influencer Izabela Nascimento, que produziu conteúdos para o quadro ‘É Pará Isso’, do Grupo Liberal.

Outra ideia de balneário, ainda em Santa Izabel, é o Conceição do Itá, ideal para um piquenique em família. A entrada é gratuita e os veranistas podem levar o que quiserem.

VEJA MAIS

É Pará Isso: Rio Caraparu é a pedida no veraneio de Santa Izabel
Izabela Nascimento, embaixadora do É Pará Isso, mostra três opções de lazer do município vizinho

É Pará Isso: Santa Bárbara e suas opções de veraneio para quem curte a região de Mosqueiro
Izabela Nascimento preparou um roteiro de balneários em uma rota nas proximidades de Santa Bárbara

Já em Santa Bárbara, a uma distância de 50 km de Belém, a dica é a orla que fica na Vila de Maurícia. O local é cheio de vendas comerciais construídas sobre o Furo das Marinhas, com vista para a Ilha de Mosqueiro. 

O vizinho mais próximo da capital, Ananindeua, também esconde surpresas importantes. As 14 ilhas dispostas compõem a região insular da cidade. Destas, 9 são as mais conhecidas: Viçosa, João Pilatos, Santa Rosa, Mutá, Arauari, São José da Sororoca, Sororoca, Sassunema e Guajarina. Algumas dessas localidades são praticamente virgens, servindo como um verdadeiro centro de preservação, onde se pode ver toda a biodiversidade biológica da floresta Amazônica.

João Pilatos vem se destacando pelo potencial turístico observado. A infraestrutura oferece restaurantes, trilhas e passeios de barco.

Para visitar as Ilhas de Ananindeua, basta se dirigir ao Porto Canto da Ilha, que fica no bairro do Curuçambá. A passagem custa R$ 15 e a viagem demora cerca de 40 minutos.

 

Belém
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BELÉM

MAIS LIDAS EM BELÉM