Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Vereador de Belém parabeniza Grupo Liberal por entrevistas com pré-candidatos à Presidência

Josias Higino citou a entrevista com o presidente da República, Jair Bolsonaro, realizada nesta segunda (11)

Keila Ferreira

O vereador Josias Higino (Patriota) parabenizou o Grupo Liberal por ouvir os pré-candidatos à Presidência da República. Citando o que chamou de “espírito democrático”, Higino chamou a atenção para a mais recente entrevista realizada pela redação integrada de O Liberal, na última segunda-feira (11). “Com muita eficiência, o Grupo Liberal, usando os seus meios de comunicação, fez a entrevista do pré-candidato à reeleição, presidente Jair Messias Bolsonaro”, ressaltou, durante a sessão da Câmara Municipal de Belém desta terça-feira (12).

VEJA MAIS

‘Pelo poder se unem a qualquer coisa’, diz Bolsonaro sobre chapa Lula x Alckmin
Ele lembrou que o ex-tucano criticava o petista em anos anteriores

Jair Bolsonaro diz que há '90% de chance de Braga Netto ser candidato a vice' nas Eleições 2022
Ele destaca que o ex-ministro tem grande experiência e patriotismo acima de tudo

Bolsonaro não acredita que Congresso vote pautas importantes este ano
Ele comemorou o fato de deputados terem rejeitado urgência do projeto de combate a fake news

“Como sempre, o Grupo Liberal mostrando que o espírito democrático tem que passar e ser evidente no nosso Estado e se tornou até uma notícia nacional. Por isso, fica aqui o meu respeito ao Grupo Liberal, à família Maiorana, que tem se dedicado há décadas e décadas, levando sempre uma notícia de qualidade e eficiência”, completou.

Bolsonaro falou com exclusividade aos jornalistas Daniel Nardin, diretor de conteúdo, e Abner Luiz, da Rádio Liberal, na manhã desta segunda-feira (11). A entrevista foi transmitida ao vivo pelo site OLiberal.com, redes sociais (@oliberal) e Rádio Liberal FM, teve repercussão na imprensa nacional e está disponível nas multiplataformas de O Liberal.

Além do presidente da República, o Grupo Liberal já entrevistou o ex-governador Ciro Gomes (PDT), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o ex-ministro Sergio Moro (União Brasil), a senadora Simone Tebet (MDB), além dos tucanos João Dória e Eduardo Leite.

Moro desistiu da corrida ao Palácio do Planalto no final de março, quando anunciou sua saída do Podemos e filiação ao União Brasil. Ele deve concorrer a deputado federal pelo partido. Já Dória ganhou as prévias do PSDB para escolha do pré-candidato do partido e renunciou ao governo de São Paulo para concorrer, mas Eduardo Leite mantém pretensões de chegar ao Palácio do Planalto e também renunciou ao governo do Rio Grande do Sul. 

Política
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍTICA

MAIS LIDAS EM POLÍTICA