Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Segurança morre durante tiroteio em shopping de luxo no Rio de Janeiro

A troca de tiros aconteceu após tentativa de roubo a joalheria do Village Mall, localizado na Barra da Tijuca (RJ)

Lais Santana

Um segurança morreu durante uma troca de tiros com assaltantes no início da noite deste sábado (25), no Village Mall, shopping de luxo localizado na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Testemunhas relataram que o tiroteiro ocorreu por volta das 18h, após tentativa de assalto a uma joalheria no complexo comercial. Cerca de doze bandidos participaram da ação, armados com pistolas e armas de cano longo. As informações são do portal G1.

Segundo alguns relatos houve até 30 tiros dentro e fora do shopping de luxo. Durante a ação, uma funcionária chegou a ser feita de refém na fuga dos criminosos, mas foi solta na sequência. 

Agentes da 16ªDP (Barra da Tijuca), da Delegacia de Homicídios da Capital e do Batalhão de Operações Especiais se dirigiram para o local. Até às 20h12 não havia informação sobre presos. De acordo com testemunhas, os bandidos fugiram em motos - pelo menos uma delas era de um cliente. Inicialmente, fontes da polícia informaram que duas pessoas teriam morrido, mas posteriormente corrigiram para apenas um óbito no tiroteio.

A Polícia Civil afirmou que o local foi isolado e foi feita perícia. Informações preliminares indicam que os bandidos chegaram a levar joias antes de fugir. As investigações estão em andamento para apurar a dinâmica do fato e identificar os envolvidos no crime.

VEJA MAIS

Viatura da PC capota e deixa duas pessoas feridas no nordeste do Pará
As vítimas foram um investigador da Polícia de Nova Esperança do Piriá e um preso, que não teve o nome revelado


Acusado teria matado jovem de 24 anos em Tomé-Açu por suspeitar que ela estava grávida dele
Preso, acusado diz que mantinha caso com jovem há cinco meses


Fumaça em restaurante de shopping na Doca assusta moradores da região
Segundo bombeiros, não havia nenhum foco de incêndio

Pânico e lojas fechadas

Nas redes sociais, frequentadores e clientes do estabelecimento relataram cenas de correria e disseram que alguns ficaram presos em lojas. "Grande movimentação, armamento pesado, muito tiro e correria", escreveu um usuário do Twitter que afirmou estar no local.
"O Village Mall é o último local no RJ que eu iria esperar um tiroteio. Tá feia a coisa", comentou outro.

Na porta do shopping, momentos depois do confronto, uma cliente contou a uma emissora de TV o que sentiu durante o tiroteio.
"A gente estava dentro de uma loja próxima a joalheria, quando a vendedora viu a correria e a gente foi ver o que era. Começaram a gritar que era tiro e a gente saiu correndo. Ficamos dentro do estoque da loja abrigado até falarem que a gente podia sair", contou. 

Polícia ainda está à procura de sete membros de bando que aterrorizou Viseu
Em coletiva hoje à tarde, três acusados do assalto à agência Banpará foram apresentados

Shopping de luxo

O VillageMall é um shopping de luxo localizado na Barra da Tijuca. O local, inaugurado em dezembro de 2012, possui mais de 90 lojas, entre grifes internacionais e grandes nomes do varejo nacional. O projeto arquitetônico inclui vidros e iluminação natural, além de grandes colunas.

Em nota, a administração do estabelecimento disse que "lamenta profundamente o ocorrido na tarde desse sábado, 25 de junho. O shopping informa que colabora com as autoridades competentes para esclarecimento dos fatos".

Grande Belém chega a registrar média de um incêndio por dia em 2018
Desde setembro, 52 famílias já perderam suas casas

 

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA