Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Taxista é assassinado a tiros em frente ao Terminal Rodoviário de Paragominas

A vítima estava no estacionamento em frente ao terminal rodoviário da cidade quando foi atingido pelos disparos

O Liberal

Um taxista foi assassinado a tiros na noite de segunda-feira (4), em Paragominas, região sudeste do Pará. A vítima foi identificada como José Pedro Vale Maia. Ele estava no estacionamento em frente ao terminal rodoviário da cidade quando foi atingido pelos disparos. Até o momento ninguém foi preso.

VEJA MAIS

Morte em Ananindeua: mototaxista é morto a tiros no residencial Beira Rio
Vítima estava sentada perto de um dos blocos do conjunto quando foi atacado. Morreu sentado

Homem é morto a tiros dentro de casa em Ananindeua; suspeitos fugiram
Os suspeitos, que conseguiram fugir do local, teriam exigido pertences e dinheiro da vítima

Homem é morto a tiros por dupla com rosto encoberto, no oeste do Pará
O crime aconteceu na madrugada de quinta-feira (30/06) em Alenquer, bairro Planalto

Testemunhas disseram que um homem em outro carro se aproximou de José enquanto estava encostado no veículo de trabalho. O taxista morreu ainda no local, antes da chegada das equipes médicas.

A Polícia Militar (PM) foi acionada para o caso, mas o autor dos disparos não foi localizado. A Polícia Científica do Pará (PCP) esteve no local para remover o corpo da via, que deve passar por necropsia. O caso segue em investigação pela PC.

Ajude a Polícia

Quaisquer informações que possam ajudar na solução do caso podem ser encaminhadas ao Disque Denúncia (181). A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer telefone. Também é possível mandar fotos, vídeos, áudios e localização para a atendente virtual Iara, pelo WhatsApp (91) 98115-9181. Em ambos os casos, não é necessário se identificar.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA