Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Suspeito de estuprar menina de 11 anos é espancado e preso no Guamá

Vítima teria sofrido a violência no início da noite desta quinta-feira (26)

O Liberal

Ângelo Círio Macedo Batista, de 41 anos, foi preso após ser acusado de ter estuprado uma menina de 11 anos. O homem foi detido pela própria vizinhança e também por familiares da vítima, que o entregaram à guarnição do sargento Nascimento e do cabo PM Mourão, ambos do 20º Batalhão da Polícia Militar (20º BPM). O caso ocorreu por volta das 19h, desta quinta-feira ( 25), na passagem Rossy, no bairro do Guamá, onde o suspeito mora.

Segundo narram os policiais, o acusado foi agredido pela população e Ângelo foi resgatado pelos próprios agentes de segurança pública, que o livraram que um linchamento público. 

VEJA MAIS

Famílias denunciam suposto abuso sexual em creche municipal de Santarém
A primeira denúncia foi feita na Deaca no dia 28 de abril, pela mãe de um aluno, da Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei), onde os casos supostamente teriam acontecido.

Pai é preso suspeito de abusar sexualmente da própria filha, em Breves
O homem foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil de Breves, onde está preso, à disposição da justiça; ele deverá responder pelo crime de estupro de vulnerável

Tio estupra sobrinha de 11 anos e se entrega à polícia, em Irituia
Ele confessou o crime e foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável majorado pelo grau de parentesco

"Ela contou que tomava banho de chuva, ele a puxou para dentro, trancou a porta e forçou o ato com ela, que começou a gritar e conseguiu se sair dele e foi para a rua. Segundo ela, o ato se consumou, segundo ela sim'', repetiu o sargento Nascimento, na Seccional Urbana de São Brás.

A menina e mãe foram encaminhadas à Seccional de São Brás. Em seguida, elas seriam levadas para a Divisão Especializada no Atendimento à Mulher (Deam), no bairro do Marco, em Belém. Conforme a Polícia Civil, o suspeito também seria apresentado à Deam, que ficará responsável pelo caso.

 Ângelo Círio já havia sido denunciado outras três vezes: duas por importunação sexual e uma por lesão corporal. Nenhuma das denúncias evoluiu por falta de provas. Ele negou tudo e disse que é perseguido na vizinhança desde que apareceu no noticiário pela acusação de importunação sexual.

Pai é preso acusado de estuprar e matar filha de um mês em Novo Repartimento
Caso aconteceu neste domingo (10) no sudoeste do Pará

Suspeito de estupro de vulnerável contra duas crianças é preso em Mosqueiro
Andrews Cunha Leal, de 44 anos, teria se aproveitado da amizade com a família das vítimas para praticar os abusos sexuais

"Desde que eu fui preso, qualquer briguinha, discussão, eles lá dizem que fui eu, a minha fama já é essa, eu estou preparado para isso já. Estou aqui, mas não toquei na menina e quero exames para provar isso (...). Eu nunca estuprei ninguém, foi acusação, só acusação'', afirmou o suspeito.

Ângelo mora com a mãe, que é quem sustenta a casa com benefício do INSS. O suspeito também contou que trabalhava como motorista, mas agora espera se aposentar porque ficou com várias sequelas de um acidente de trânsito, em que ele dormiu na direção do carro. Neste acidente, ele perdeu um braço e quebrou a cabeça em várias partes, conforme pode ser ver das diversas cicatrizes.

A mãe da menina tinha um semblante de profunda tristeza e os olhos inchados por ter chorado. Ela não quis conversar com os jornalistas. 

Bebê que morreu após dar entrada na UPA da Cidade Nova pode ter sido vítima de estupro, diz delegado​
O pai da criança procurou a unidade de saúde na tarde desta terça-feira (29) alegando que a criança teria se engasgado com uma moeda

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA