Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Suspeito de estuprar mãe e filha morre durante intervenção policial em Moju

De acordo com a Polícia Militar, o homem agia na companhia de dois comparsas, que ainda não foram presos

O Liberal

​Um homem, identificado apenas pelo apelido “Neguinho”, morreu durante uma intervenção policial, na Vila Olho D’água, zona rural da cidade de Moju, região nordeste do Pará, na tarde desta sexta (29). As informações são dos sites Debate Carajás e Moju News.

VEJA MAIS

Yanomami de 12 anos morre após ser estuprada por garimpeiro, afirma líder indígena Em vídeo publicado nas redes sociais, o líder indígena conta que garimpeiros invadiram a comunidade

Em Belém, padrasto pega a pena máxima de 30 anos por estupro de adolescente A menina foi violentada dos 10 aos 12 anos 

Homem é baleado e morto durante intervenção policial em festa supostamente organizada pelo PCC Mikael de Jesus da Silva teria reagido à abordagem e atirado contra os policiais. Caso aconteceu no bairro Populares II, em Parauapebas.

“Neguinho” era considerado um dos criminosos mais perigosos da cidade. Ele era suspeito de cometer assaltos, invadir residências, além de tentar estuprar mãe e filha. Na sexta-feira, a Polícia Militar havia recebido denúncias de que o suspeito estava na companhia de outros dois comparsas na estrada vicinal da Vila Olho D’água.

Segundo a PM, ao chegar ao local, a guarnição foi recebida a tiros pelo trio. Houve reação, os policiais conseguiram alvejar “Neguinho”, mas os outros dois suspeitos empreenderam fuga para uma área de mata. Na noite desta quinta-feira (28),  “Neguinho” e seus comparsas teriam invadido uma residência, onde tentaram estuprar a mãe e uma garota de 6 anos.

Durante o assalto, o suspeito teria tentado tocar nas partes íntimas das vítimas. A criança chegou a ser ferida pelo suspeito. Na posse do indivíduo, foram apreendidos um revólver calibre 22, munição e um aparelho celular. Os dois comparsas dele ainda não foram presos.

Polícia
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

RELACIONADAS EM POLÍCIA

MAIS LIDAS EM POLÍCIA