Acessar
Alterar Senha
Cadastro Novo

Yanomami de 12 anos morre após ser estuprada por garimpeiro, afirma líder indígena

Em vídeo publicado nas redes sociais, o líder indígena conta que garimpeiros invadiram a comunidade

Luciana Carvalho

Uma adolescente Yanomami de 12 anos morreu após ser estuprada por garimpeiros na Terra Indígena Yanomami, na região de Waikás, em Roraima. O crime foi denunciado pelo presidente do Conselho Distrital de Saúde Indígena Yanomami e Ye'kwana, Júnior Hekurari Yanomami. As informações são do portal Metrópoles.

Em vídeo publicado nas redes sociais, o líder indígena conta que garimpeiros invadiram a comunidade e levaram uma mulher, uma criança e uma adolescente de 12 anos. “Os garimpeiros a violentaram, estupraram e isso ocasionou o óbito. O corpo da adolescente está na comunidade”, disse Hekurari.

VEJA MAIS

Indígena carrega por 2h irmã grávida picada por cobra até o socorro em Terra Yanomami; veja
Outro indígena, de 23 anos, foi resgatado por um helicóptero após ser picado por uma cobra jararaca na Comunidade de Xokori

Operação Yanomami contra garimpo ilegal apreendeu 111 aeronaves
Balanço do Ministério da Justiça foi divulgado hoje

Ele também afirmou que o corpo de uma criança está desaparecido dentro do rio Uraricoera. Hekurari disse que vai até a região nesta terça-feira (26) para buscar o cadáver e encaminhar o corpo ao Instituto Médico Legal (IML).

“Comunico às autoridades, ao Ministério Público Federal, Polícia Federal, Exército. E amanhã também irei a comunidade buscar o corpo de uma mulher, uma adolescente, que os garimpeiros ocasionaram o óbito por violência. Estou muito triste que está acontecendo isso com meu povo”, disse.

(Luciana Carvalho, estagiária, sob supervisão de Keila Ferreira, Coordenadora do Núcleo de Política.)

Brasil
.

Desculpe pela interrupção. Detectamos que você possui um bloqueador de anúncios ativo!

Oferecemos notícia e informação de graça, mas produzir conteúdo de qualidade não é.

Os anúncios são uma forma de garantir a receita do portal e o pagamento dos profissionais envolvidos.

Por favor, desative ou remova o bloqueador de anúncios do seu navegador para continuar sua navegação sem interrupções. Obrigado!

ÚLTIMAS EM BRASIL

MAIS LIDAS EM BRASIL